terça-feira, 23 de junho de 2009

DEM QUER MANTER ALIANÇO COM PSDB

Com ida de ex-deputado federal para o DEM, tendência é intensificar a aliança com PSDB e PPS para 2010
O Democratas no Ceará está sob nova direção.

Ontem pela manhã, na Assembléia Legislativa, o empresário e ex-deputado federal Chiquinho Feitosa substitui Moroni Bing Torgan no comando da agremiação, com a missão de intensificar a aliança entre DEM, PSDB e PPS para o pleito de 2010, no âmbito do Estado.

O ato público que contou com a participação de empresários, representantes de outros partidos políticos e de filiados ao DEM em vários municípios cearenses. Entre estes o senador Tasso Jereissati (PSDB); o ex-governador Lúcio Alcântara (PR), o presidente regional do PPS, Alexandre Pereira, além do presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba, o deputado Artur Cunha Lima.

O senador Tasso Jereissati considerou o novo presidente do DEM uma das lideranças políticas mais promissoras do Ceará. Por se tratar de um articulador, com capacidade de agregar, disse que espera ser a participação de Chiquinho Feitosa na política cada vez maior. Assim como o deputado estadual Édson Silva (DEM), Tasso elogiou o trabalho de Moroni Torgan que resolveu deixar a política para se dedicar ao trabalho missionário da Igreja a qual pertence, em Portugal.

Em seu discurso, o novo presidente do DEM disse que ficou honrado com o convite da direção nacional para presidir a agremiação no Ceará, agradecendo o tratamento que recebeu dos antigos companheiros do PSDB, do qual foi filiado.
A nova comissão provisória estadual do DEM fará hoje a sua primeira reunião depois de empossada. Os dirigentes do partido pretendem realizar uma série de encontros regionais e querem reorganizar o partido em todos os municípios onde atua. O DEM desenvolve as suas atividades políticas em 124 municípios cearenses.
A exemplo do que acontece no plano nacional, no Estado do Ceará o DEM, o PPS e o PSDB também se articulam para a formação de uma aliança com vistas as eleições do próximo ano. Com a nova direção do DEM, tal articulação vai continuar, segundo os presidentes das três agremiações.
Nas declarações prestadas à imprensa, o ex-governador Lúcio Alcântara manifestou o desejo de disputar uma cadeira de deputado federal nas eleições do próximo ano, mas não descartou a possibilidade de disputar um cargo majoritário, dependendo das condições.

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter