sábado, 17 de setembro de 2011

Sobral realiza Setembro Dom José

A "Princesa do Norte" está em festa por memória a um do seus maiores empreendedores

O Setembro Dom José em homenagem a memória de Dom José Tupinambá da Frota prossegue em Sobral. Numa promoção do Instituto Cultural Dom José o evento vai até o dia 25. Com o tema "O Operário de Deus", o evento começou com a III Corrida Rústica, no último dia 10, que saiu do pátio da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e chegou na Praça Quirino Rodrigues, passando pelas principais ruas da cidade.
Hoje tem a exposição "Vida e Obra de Dom José", no Becco do Cotovelo, a partir das 10 horas. São exibidos banners com a obra e história da figura considerada um dos fundadores da "Princesa do Norte" e lidera a lista de seus maiores empreendedores. Na ocasião, acontece também o Programa de Saúde da Família de Sobral, que atenderá a população com medição da pressão arterial e campanha de combate ao tabaco.
O ponto alto do Setembro Dom José acontecerá no dia 25, às 9 horas da manhã, com a aposição de uma coroa de flores no busto de Dom José. Esta programação será feita por membros do Centro Cultural Dom José, na Praça São João, e marcará os 52 anos de morte do homenageado.
No dia anterior, às 17 horas, tem a carreata do Clube do Fusca e carros antigos de Sobral. A carreata percorrerá o circuito histórico da cidade, com largada do pátio interno da UVA e chegada no Arco do Triunfo.
Às 19 horas, ainda do dia 24, no Plenário Cinco de Julho, da Câmara Municipal de Vereadores, ocorre a entrega do troféu Dom José a seis personalidades locais. Os agraciados são o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB); o deputado estadual Moésio Loiola (PSDB); e os sobralenses João Alberto Deodato, Luciano de Arruda Coelho, Zezinho Ponte e Luís Mathius Bezerra. Na oportunidade, serão comemorados os 25 anos de fundação do Centro Cultural Dom José.
Na Câmara de Vereadores de Sobral foi aprovado o selo personalizado de Dom José, numa proposta do vereador Adauto Izidoro Arruda, em comemoração ao aniversário de nascimento do homenageado, em 10 de setembro de 1882.
Dom José foi bispo diocesano de Sobral por 43 anos (1916 a 1959) e vigário da cidade por oito anos (1908 a 1916). Foi o fundador dos colégios Sobralense e Santana, do Patronato Imaculada Conceição, do Museu Diocesano e da Santa Casa de Misericórdia.
Museu
A obra de Dom José pode ser conferida no Museu Diocesano que leva seu nome. Lá tem mais de 30 mil peças como louças, pratarias, liteiras, mobílias e acessórios que retratam um rico painel da sociedade sobralense nos séculos XIX e XX.
Fundado em 29 de março de 1951 e inaugurado oficialmente em 10 de março de 1971, o Museu Dom José possui ainda um acervo de coleções raras de meio de transportes, como liteiras e cadeiras de arruar; porcelanas e cristais da Boêmia, Baccarat, Limoges, e louças da Companhia das Índias Ocidentais; pratarias, artesanato regional, arte indígena variada e peças arqueológicas que suscitam a curiosidade dos estudiosos que buscam sítios da região.
Encontra-se também no acervo do espaço de arte expressiva coleção de arte sacra, notadamente imaginária, cálices, oratórios, castiçais e demais objetos de culto que confirmam, por sua variedade e quantidade, o elevado sentimento de religiosidade do povo sobralense, característica mantida ainda hoje.
MAIS INFORMAÇÕES:
MUSEU Dom José Avenida Dom José, 878
Centro - Sobral
Telefone: (88) 3611.3525

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter