terça-feira, 27 de abril de 2010

MARTINOPÓLE:FAMÍLIAS FICAM SEM ABASTECIMENTO D´ÁGUA

Abastecimento de água em Martinópole ficou prejudicado com os serviços realizados pela Cagece. Mesmo com a regularização, moradores reclamam da qualidade da água
Mesmo realizado de forma emergencial, o serviço de troca de canos deixou a população de Martinópole sem água
Um serviço de recuperação na tubulação do sistema de abastecimento d´água deste município, executado pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), tem deixado a população sem condições de abastecimento. O trabalho iniciado há quase um mês não avança e tem deixado os moradores revoltados com a situação. "Sabemos que os operários estão com boa vontade de executar o serviço, mas deveriam ter feito por etapa", disse o morador Obadias Lopes Jonas, que inclusive pede a suspensão da cobrança enquanto o sistema não volta à normalidade.
"Para que a gente não fique sem água dentro de casa, estamos indo até a sede da Cagece", disse a dona de casa Francisca Maria Alves, que mora na Rua 26 de Março, uma das mais prejudicadas. Outros moradores de localidades mais distantes do Centro também enfrentam dificuldades com a falta d´água.
Eles residem nos bairros da Cohab, João Paulo II e Jubina. Francisco das Chagas Moura, conhecido como "Seu Lula", diz que depois que o caos se instalou na cidade, é obrigado a fazer um percurso de três quilômetros para conseguir água.
A solução, segundo ele, seria a colocação de um carro-pipa para atender essas comunidades. "Até um poço que tinha próximo a localidade onde moro, e que servia para a gente se abastecer, a Cagece resolveu fechar", reclama Valdízia Luis Santos Aquino. A localidade que ela se refere é o Barrocão, onde residem cerca de 20 famílias.
Qualidade
Antônio Feijó Farias reclama não só da interrupção do serviço, como também denuncia que a água fornecida não é de boa qualidade. Quando o motor apresenta defeito, a cidade também fica sem água.
"Deveria o órgão ter um outro equipamento para entrar em operação quando esse apresentar defeito", disse. A aposentada Maria Sampaio reclama que, por causa da falta d´água, está sentido dores no corpo. "Como sou uma pessoa doente, estou sofrendo com fortes dores pelo corpo. Acredito que é devido aos baldes d´água que estou carregando", disse a aposentada.
Emergencial
A gerencia regional da Cagece, em Sobral, responsável pela execução do serviço, adiantou que o trabalho foi feito de forma emergencial. "A tubulação ali existente era de cano fabricado de aço carbônico e vinha apresentando problemas. Por isso houve a necessidade da troca imediata da tubulação", disse o gerente da Unidade de Negociação da Bacia do Coreaú e Acaraú, Silvestre Gomes Coelho.
O abastecimento das localidades é feito pelo Açude Jardim, distante oito quilômetros da sede. A água, segundo Silvestre, chega de forma bruta e somente depois que receber o tratamento adequado é fornecida aos moradores de Martinópole.
O gerente da Unidade acrescentou, também, que há cerca de seis anos foi feita uma recuperação em parte da rede de tubulação que leva água para o reservatório. "Houve a troca da tubulação antiga por canos de 200mm de diâmetro, mas ficou faltando 1,8 metros e foi exatamente esse trecho que apresentou problema", disse Silvestre.
Ele assegurou que o abastecimento de água foi normalizado desde o último sábado e, esta semana, outras localidades terão de volta o abastecimento.
Enquete
Dificuldades
"O mais chato é que, mesmo com a falta d´água, a Cagece continua fazendo a leitura e nos cobram pelo serviço"
FRANCISCO RODRIGUES FRANÇA
43 anos
Comerciante

"Estou sentindo fortes dores nas costas. Acredito que é de tanto carregar os baldes com água na cabeça"
FÁTIMA SAMPAIO
53 anos
Aposentada

MAIS INFORMAÇÕES
Companhia de Água e Esgoto do Ceará - Rua Tabelião Ildefonso Cavalcante, 935, Centro
(88) 3677.4715

CIRO FORA: MAS PSB NÃO OFICIALIZA APOIO A DILMA

executiva oficializou a decisão e agora vai procurar o PT para bater o martelo sobre Dilma
A missão da Executiva do partido agora é tentar "calar" Ciro e evitar ataques a candidata petista e a Lula
Como pacificar Ciro Gomes?
Este é o grande dilema que o PSB sofre desde o final da tarde de ontem, quando o presidente do partido, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, confirmou oficialmente que a legenda não terá candidatura própria à Presidência da República. A decisão, contrária à candidatura de Ciro foi esmagadora dentro do PSB. Dos 27 diretórios estaduais, somente sete votaram pela candidatura do deputado cearense à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os outros 20 optaram pela via mais segura, que é apoiar a candidatura de Dilma Roussef, do PT.
Também dentro do diretório nacional a derrota de Ciro foi feia, com 21 votos contra a candidatura própria e apenas dois favoráveis.
Eduardo Campos, em entrevista coletiva após a reunião da Executiva, que durou mais de cinco horas, disse estar convicto que Ciro vai apoiar a decisão do partido. O governador pernambucano disse que Ciro recebeu a notícia com tranquilidade, mas afirmou que ele e Roberto Amaral iriam encontrar-se com Ciro ainda na noite de ontem, ou hoje pela manhã, no Rio de Janeiro, onde o deputado cearense se encontra. "A Executiva Nacional avalia como correta e consequente a participação do PSB no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. E dever das forças populares contribuir para a continuidade deste projeto", afirmou em nota a direção socialista.
"A pré-candidatura de Ciro não foi em vão. Ele é um administrador vitorioso, ministro, governador, deputado que engrandeceu o debate republicano", afirmou Campos. Ele se recusou a explicar qual o papel Ciro terá dentro do processo eleitoral. Além do encontro com Ciro no Rio, a Executiva já marcou para terça-feira uma reunião com o Diretório Nacional do PT. "Conversei com o presidente do PT (José Eduardo Dutra) por telefone, após falar com Ciro Gomes. Marcamos uma reunião para terça-feira e depois, no dia 17 de maio, a Executiva do PSB vai se reunir novamente e deve oficialmente externar o apoio do partido à candidatura da ministra Dilma. Este é o caminho natural", afirmou Eduardo Campos.
Ao ser indagado sobre o papel de Ciro daqui para frente e como o deputado cearense pode apoiar a candidatura de uma chapa que tem um partido com a vice-presidência, que ele classifica de "quadrilheiro", Eduardo Campos disse que Ciro tem uma forma muito direta e franca de falar, e sempre foi assim, mas que acompanhará o partido em sua decisão.
"Não há hipótese alguma de Ciro ir para a oposição. A conversa com ele não se trata de enquadrá-lo. Se trata de dialogar, de saber ganhar e perder". Eduardo disse ainda que não houve "barganha" para que a candidatura de Ciro fosse retirada. "Foi uma questão de visão política. As eleições não estão definidas. A aliança da oposição representa um desafio real aos socialistas e outras forças populares. O PSB está pronto para ampliar sua presença nos governos estaduais e no Senado e duplicar sua representação na Câmara", disse Campos.
Afago
"A pré-candidatura de Ciro não foi em vão. Ele é um administrador vitorioso"
Eduardo campos
Presidente Nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB) e governador de Pernambuco
REPERCUSSÃO
Deputado acata, mas diz que partido comete erro
Em nota publicada em seu site pessoal, com o título "ao rei tudo, menos a honra", o deputado Ciro Gomes disse que a decisão da cúpula do PSB é um erro tático em relação ao melhor interesse do partido e uma deserção dos deveres para com o País.
"Não é hora de repetir os argumentos claros e até óbvios, mas de aceitar a decisão da direção partidária. É hora de controlar a tristeza de ver assim interrompida uma vida pública de mais de 30 anos dedicada ao Brasil e aos brasileiros e concentrar-me no que importa: o futuro de nosso País!"
O deputado observou que uma democracia não se faz com donos da verdade e que, "se minhas verdades não encontram eco na maioria da direção partidária, é preciso respeitar e submeter-se à decisão".
Observou, no entanto, que seu entusiasmo e o nível de engajamento, irá depender dos encaminhamentos. No final agradeceu aos partidários e ao povo cearense pelo apoio de todas as horas, renovando o compromisso de seguir lutando.

terça-feira, 20 de abril de 2010

BRIGA NO PDT DA CAPITAL: GRUPO RECORRE AO JUDICIÁRIO

Márcio Lopes é acusado de querer continuar presidindo o partido
Filiados denunciam que o atual presidente descumpriu a ordem judicial que ordenou a realização da convenção 
Integrantes do Partido Democrático Trabalhista (PDT), em Fortaleza, travam uma disputa aberta pelo comando da legenda na Capital. A convenção do diretório municipal, marcada para ontem, na Câmara Municipal, foi cancelada e o caso foi parar na Justiça que determinou a sua realização. No final da tarde, alguns pedetistas foram à sede do partido para denunciar o descumprimento da ordem judicial de realizar a convenção.
O atual presidente da sigla, ex-vereador Márcio Lopes está sendo acusado de fazer manobras para continuar à frente do partido através de uma comissão provisória que seria nomeada pelo presidente regional da agremiação, André Figueiredo, apontado como seu aliado nessa empreitada de evitar que houvesse disputa no diretório do partido na Capital.
Márcio Lopes, baixou editais convocando e cancelando a convocação dos filiados para participarem da convenção que elegeria o novo diretório, o conselho de ética e o conselho fiscal do partido. O mandato do atual diretório termina amanhã, terça-feira. A convenção aconteceria dia 25, mas no dia 19 um novo edital foi baixado cancelando a realização do evento.
Um grupo de filiados, insatisfeito com o cancelamento, no último sábado, pela manhã, foi à Justiça Estadual e a juíza de plantão, Sílvia Nóbrega, concedeu liminar determinando que seja marcada uma nova data para a convenção e concedendo o prazo de 24 horas para que o presidente do partido, Márcio Lopes, se manifeste.
A disputa na convenção era algo difícil de ser evitado. Márcio Lopes confessa que tentou construir uma chapa única porque a disputa interna em um ano de eleições não é bom para o partido, mas não conseguiu. Integrantes de uma chapa que estaria disposta a disputar o comando da legenda avaliam o cancelamento da convenção como uma manobra. Esse grupo formou uma chapa e tentou registrá-la no dia 16, mas esta não foi recebida sob o argumento de que a convenção seria cancelada, como realmente aconteceu por meio de um edital publicado no dia 19.
Disputa
Embora apresentando versões diferenciadas, o que dizem os interlocutores de cada grupo é que a disputa estava marcada para a convenção. O ex-presidente do partido, Araújo de Castro, informou ao Diário do Nordeste que foi procurado por um grupo de antigos companheiros insatisfeitos com a atual administração porque não se reunia para debater as questões internas. Este grupo o convenceu a participar de uma chapa que seria apresentada para disputar o comando da agremiação.
O presidente da executiva, Márcio Lopes, informou que cancelou a convenção municipal por orientação do secretário-geral da executiva estadual, Francisco das Chagas Soares. Tal medida foi adotada por indício de fraude porque detectou um movimento de filiação muito acima do normal. Foram mais de 100 filiações e isso poderia desequilibrar o pleito, argumenta Márcio Lopes.
Ele disse que não se trata de nenhum ato ditatorial, mas uma medida cautelatória, para que as novas filiações sejam avaliadas e as regulares terão assegurado o direito ao voto. Márcio diz que não tem nada contra os novos filiados e estaria cometendo uma injustiça se não permitisse a eles o direito ao voto. Márcio disse ainda que vai cumprir a decisão judicial e marcar uma nova data para a convenção.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

DILMA REBATE CIRO E AFIRMA ESTAR PREPARADA

Dilma Rousseff não descartou de subir no palanque de Anthony Garotinho no Rio de Janeiro
Em resposta a Ciro, pré-candidata listou os cargos que já ocupou e destacou que participou de "grandes lutas
A pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, afirmou ontem que tem todas as credenciais para disputar a sucessão nacional. Ela listou os cargos que já ocupou no governo ao comentar críticas do deputado Ciro Gomes (PSB-CE).
Na semana passada, Ciro disse que o pré-candidato José Serra (PSDB) era mais preparado porque já foi governador, prefeito e ministro.
"Eu respeito, tenho admiração, tenho amizade pelo Ciro Gomes. A opinião dele é opinião dele. No que se refere à posição do Ciro Gomes, não tenho o que comentar. Da minha parte acho que tenho todas as credenciais para ser candidata à Presidência", afirmou a petista.
Dilma concedeu entrevista durante o encontro estadual do PT, na quadra da Portela, na zona norte do Rio de Janeiro. Ela lembrou que já foi secretária de Fazenda de Porto Alegre, secretária de Minas e Energia do Rio Grande do Sul, ministra de Minas e Energia e ministra-chefe da Casa Civil.
Além de comentar os cargos já ocupados anteriormente, Dilma ressaltou que participou de todas as grandes lutas políticas do país, como a resistência à ditadura, as Diretas, o movimento pela Anistia e o ressurgimento da democracia.
"Tenho militado no PDT por um tempo e agora nos últimos 12 anos, 10 anos no PT. Então eu tenho a minha experiência política. Dirigi a Casa Civil e lá coordenei os programas de governo do presidente Lula. É assim que vou me apresentar", afirmou a pré-candidata.
Sobre a definição de quem deve apoiar no Rio, Dilma disse que o palanque do governador Sérgio Cabral (PMDB) é o único do PT no Estado.
Dilma não descartou a possibilidade de subir no palanque do pré-candidato a governador Anthony Garotinho (PR. "No que se refere a outros palanques, a coordenação da minha campanha e todos os partidos da base aliada vão decidir as condições, se vai haver algum outro palanque", afirmou. "Assim que se caracterizar as coligações que nós falamos, vai haver uma reunião entre todos e uma decisão a respeito", acrescentou a pré-candidata do PT, ao lado de Sérgio Cabral.
Na manhã de ontem, a pré-candidata se reuniu com artistas no Rio de Janeiro. O encontro foi organizado pelo compositor Wagner Tiso e foi realizado em um hotel em Ipanema, zona sul do Rio.
Além de Tiso, estiveram presentes artistas como Cristina Pereira, Hugo Carvana, o arranjador e compositor Rildo Hora, o artista plástico Xico Chaves e o cineasta Silvio Tendler.
Dilma disse aos artistas presentes ao evento que sua aproximação com a cultura se dá através dos olhos, em referência ao fato de apreciar artes plásticas, teatro e literatura, entre outras formas de arte.
Logo após o encontro, a pré-candidata seguiu para a quadra da Portela, onde foi realizado o encontro nacional do PT. O evento contou com a presença do governador Sérgio Cabral (PMDB), que teve seu nome vaiado por militantes do PT, e do presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra. O evento marcou também o lançamento da candidatura de Lindberg Farias (PT-RJ) ao Senado.
Na noite do último sábado, Dilma se encontrou com o pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, na comemoração dos 80 anos da economista Maria da Conceição Tavares. Os adversários ficaram juntos na festa por 40 minutos 

terça-feira, 6 de abril de 2010

A Secretaria de Saúde de Meruoca estará realizando no Complexo de Feiras e Eventos, o I Encontro de Fluoretação da água, nesta quinta-feira(08), a partir das 8:00hs, com a presença de representantes da Cagece.
Segundo a Secretária de Saúde do Município, Ana Laura, este evento servirá para que os técnicos possam explicar como está a fluoretação da água que os meruoquenses bebem. Disse também, que neste primeiro encontro, espera a participação da população para que tomem conhecimento do que está sendo feito na água que vem sendo servido para a população.
Finalizou Ana Laura, dizendo ao repórter Luiz Carlos Silva, da Assessoria de Comunicação, que as Agentes de Saúde de Meruoca, participarão deste I Encontro com a Cagece, e depois levarão as informações para as comunidades, orientando-as como devem proceder para beberem uma água de qualidade e sem risco de contaminação.


domingo, 4 de abril de 2010

ll CICLO-CESC MERUOCA 2010

Prefeitura de Meruoca e SESC realizam passeio ciclístico em comemoração ao Dia Mundial do Trabalho.
A Prefeitura Municipal de Meruoca, através da Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude e do Serviço Social do Comércio – SESC, realiza o II CICLO-SESC Meruoca, passeio ciclístico que ocorre neste sabado, 1º de Maio, feriado consagrado ao Dia do Trabalhado.
Para os interessados em participar do passeio com a família e os amigos, é só comparecer à Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude levando um quilo de alimento não perecível. Os alimentos arrecadados serão doados  para  instituições de caridade da região.
O empolgante passeio terá início na  bifurcação da Ce entre Meruoca e Alcântaras, a partir das 9h. Durante o evento, serão distribuídos bicicletas e brindes através de sorteios.
na Praça Monsenhor Furtado, as autoridades falarão sobre o passeio e deixarão suas mensagens aos trabalhadores meruoquenses.
À noite, haverá festa com as Bandas:
FORRÓ  REAL

sábado, 3 de abril de 2010

SANCIONADO PROJETO DE LEI QUE INSTITUI O PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO FISCAL (REFIS)

prefeito de Meruoca, Fonteles, enviou ao legislativo e foi devidamente aprovado na Casa do Povo, o Projeto de Lei que instituiu o Programa de Recuperação Fiscal-REFIS.



Informações repassadas pelo gestor municipal, o REFIS facultará ao contribuinte a possibilidade de liquidar seus débitos tributários, à vista, com dispensa da multa e dos juros moratórios e desconto de 10%(dez por cento) sobre o valor principal do tributo atualizado monetariamente. Fonteles comentou ainda, que poderá ser concedido parcelamento do valor principal do tributo atualizado, sem incidência de juros ou multa, bem como sem o desconto, cuja parcela mínima a ser paga deverá ser de R$ 50,00 (cinqüenta reais), observados os seguintes limites:
I – Até 4 (quatro) parcelas mensais e sucessivas, para débitos cujos valores não ultrapassem R$ 1.000,00 (um mil reais);
II – Até 6 (seis) parcelas mensais e sucessivas, para débitos cujos valores ultrapassem o limite de R$ 1.000,00 e não ultrapassem R$ 3.000,00 (três mil reais);
III – Até 8 (oito) parcelas mensais e sucessivas, para débitos cujos valores ultrapassem o limite de R$ 3.000,00 e não ultrapassem R$ 6.000,00 (seis mil reais);
Para facilitar as negociações, o prefeito disse, que o parcelamento com valor superior a R$ 6.000,00 será apreciada e decidida pela Secretaria de Finanças, em conjunto com a Procuradoria Geral do Município.
Finalizou o prefeito Fonteles, informando que maiores informações sobre o REFIS, poderão ser obtido na Secretaria de Finanças do Município, no horário de 8:00 às 14:00hs.
Maiores informações sobre o REFIS e outras Leis sancionada pelo prefeito Fonteles, está disponível no site da Meruoca, no seguinte endereço: http://www.meruoca.ce.gov.br/

sexta-feira, 2 de abril de 2010

COORDENAÇÃO DO VII FESTIVAL DE INVERNO PRORROGA AS INSCRIÇÕES DO FESTIVAL LOCAL DE MERUOCA PARA O DIA 22 DE ABRIL

Os compositores e cantores da Região do Vale do Acaraú, terão até o dia 22 de abril, para inscrever suas músicas no Festival Local, que será a novidade do VII Festival de Inverno de Meruoca
Os compositores e cantores da Região do Vale do Acaraú, terão até o dia 22 de abril, para poderem inscrever suas músicas para o Festival Local, que será a novidade do VII Festival de Inverno de Meruoca, que acontecerá nos dias 3,4 e 5 de junho de 2010.
Os cantores e compositores que fizerem a inscrição do Festival Local, estarão concorrendo a quantia de R$ 1.000,00 estipulado pela Comissão Organizadora do Festival de Inverno.
Para fazer a inscrição do Festival Local, procure a Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude de Meruoca, na Avenida Carlos Davi - Complexo de Feiras e Eventos, Piso Superior, Bairro centro, CEP 62.230-000 das 08:00h às 14:00h com Augusto Cesar, pelo telefone (88) 9928-0115.
As inscrições podem ser feitas também no SESC-Sobral, com Ineuda ou Tony Newman, através do telefone (88) 3611-0954.
Em Fortaleza: Associação Cultural Solidariedade e Arte – Solar, localizada na avenida da universidade, 2333, Benfica, CEP 60.020-180, fone (85) 3226-1189, das 08:00h às 12:00h e das 14:00h às 17:00h com o Sr. Arnóbio Santiago.
É bom lembrar, que o VII Festival de Inverno está com suas atrações fechadas de forma oficial, trazendo para Meruoca as seguintes Bandas, que animarão os turistas e amantes da boa música:

Quinta-feira - 03 de junho
Davi Duarte
Banda Rebelyon
Banda Xote de Elite

Sexta-feira - 04 de junho
Memórias do Sertão
Banda O Verbo
Dorgival Dantas

Sábado - 05 de junho
Pingo de Fortaleza
Ítalo e Renno

quinta-feira, 1 de abril de 2010

VII FESTIVAL DE INVERNO DA SERRA DE MERUOCA TEM ATRAÇÕES DEFINIDAS


Definida a VII Programação do Festival de Inverno da Serra da Meruoca
A Coordenação do VII Festival de Inverno da Serra da Meruoca, divulgou a programação oficial do evento que acontecerá nos dias 03, 04 e 05 de junho de 2010, na Praça Monsenhor Furtado – Centro de Feiras Eventos localizado no centro de Meruoca. As inscrições para a fase competitiva – modalidades regional e geral já se encontram abertas e podem ser feitas até o dia 15 de abril (modalidade regional) e 08 de maio (modalidade geral) pessoalmente na Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude de Meruoca, na Avenida Carlos Davi – Complexo Múltiplo-Uso, Piso Superior, Bairro centro, CEP 62.230-000 das 08:00h às 14:00h com Augusto Cesar.
Em Fortaleza: Associação Cultural Solidariedade e Arte – Solar, localizada na avenida da universidade, 2333, Benfica, CEP 60.020-180, fone (85) 3226-1189, das 08:00h às 12:00h e das 14:00h às 17:00h com o Sr. Arnóbio Santiago.
Programação do VII festival de Inverno da Serra da Meruoca
QUINTA-FEIRA – DIA 03 DE JUNHO
             DAVI DUARTE


Davi Duarte
Banda Rebelyon
Banda Xote de Elite







SEXTA-FEIRA – DIA 04 DE JUNHO



Memórias do Sertão
Banda O Verbo
Dorgival Dantas







SÁBADO – DIA 05 DE JUNHO




Pingo de Fortaleza
Ítalo e Renno
Cidade Negra





Maiores informações sobre o Regulamento e inscrição, pelo site: www.meruoca.ce.gov.br

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter