quinta-feira, 28 de abril de 2011

ASSEMBLEIA VAI DISCUTIR DIVISAS ENTRE ESTADOS

Os problemas sobre a indefinição de divisas em diversas regiões do Nordeste são temas de disputas há vários anos

A Assembleia Legislativa formou uma Comissão Especial para diagnosticar a indefinição de divisas entre o Ceará e os estados do Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraíba. O ato que criou o grupo foi publicado no Diário Oficial do Estado no último dia 14 de abril. Essa não é a primeira vez que o Legislativo cearense forma um grupo para discutir os limites intermunicipais. Na legislatura passada, o então presidente da Casa, Domingos Filho (PMDB), teve a mesma iniciativa.
Os problemas de litígio entre o Ceará e seus vizinhos não apareceram agora. Em 2009 e 2010, a Assembleia tratou, através da Mesa Diretora, dessa questão e, agora, a discussão terá continuidade. O presidente da comissão criada neste mês, deputado Neto Nunes (PMDB), afirma que os maiores problemas estão entre Ceará e Piauí.
O Piauí, afirma o deputado, já possui uma comissão que está tratando dos litígios e a proposta do Estado vizinho é recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para resolver a questão. Mas para Neto Nunes, esse não é o caminho. Segundo ele, há também a sugestão de fazer plebiscitos, mas alega que tal mecanismo seria muito dispendioso. Na opinião do peemedebista, o melhor é entrar em consenso.
Contudo, não será tão fácil definir as divisas interestaduais através de acordo. Ele explica que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) traçou uma linha divisória entre Piauí e o Ceará, mas essa divisão não é bem aceita. Por isso, o Estado do Piauí reivindica territórios do Ceará e vice-versa.
Território
"O Piauí quer tomar 66% do território de Poranga, para emancipar um novo distrito do Estado. Além disso, quer entrar em 32% do território do município de Croatá, 21%; de Tianguá; 19%, de Ipueiras e 16%, de Carnaubal. O Piauí alega que o Ceará entrou 23% no município de Cocal ", exemplificou.
Ele também citou o caso de Icó, município do Ceará, e São Miguel, no Rio Grande do Norte. Segundo Neto Nunes, São Miguel disponibiliza transporte escolar para os alunos de Icó no intuito deles serem matriculados na cidade pernambucana. O motivo, aponta, é garantir mais recursos do Fundo da Educação Básica (Fundeb).
Entre Ceará e Rio Grande do Norte, na divisa das cidades de Tabuleiro do Norte e Apodi, Nunes diz que a Petrobrás detectou poços de petróleo, o que gerou uma disputa para definir a quem esses poços pertencem, se aos cearenses ou potiguares.
Em relação aos limites intermunicipais onde Assembleia, IBGE e Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) estão fazendo um atlas georreferenciado, Neto Nunes disse que já foram definidas as divisas entre nove cidades. São elas: Jati e Penaforte; Quixeré e Limoeiro do Norte; Tejuçuoca e Itapajé; e Mosenhor Tabosa, Santa Quitéria e Boa Viagem. O deputado informou que os prefeitos dessas cidades serão chamados para irem até a Assembleia com o objetivo de homologar o acordo delimitando os limites entre os municípios.
Pacífica
Para o deputado Francisco Pinheiro (PT), o certo é resolver os problemas de forma pacífica, pois atesta que quem mais sofre com essa indefinição é a população, que muitas vezes fica prejudicada nos serviços básicos, como saúde. Ele diz que o correto é consultar as pessoas das áreas de litígio e questionar a quem elas acham que pertencem para, então, buscar um consenso entre as autoridades.
O deputado Nenem Coelho (PSDB) alega que interesses políticos dificultam a solução para os litígios, devido às bases eleitorais localizadas próximas as divisas entre um estado e outro. A comissão é composta por Sérgio Aguiar (PSB), Antônio Granja (PSB), Idemar Citó (PR), Hermínio Resende (PSL), Moésio Loiola (PSDB), Sineval Roque (PSB) e Welington Landim (PSB).

FLAMENGO TERÁ DIREITO A APENAS 10% DOS INGRESSOS NO JOGO CONTRA O CEARÁ

Somente 10% da carga de ingressos serão de destinadas ao torcedor do Flamengo para a partida contra o Ceará, pelas quartas de final da Copa do Brasil, quando o Alvinegro for o mandante do jogo. De acordo com o diretor administrativo do Alvinegro, Sérgio Costa, o Vozão fará valer o direito assegurado no artigo 81 do Regulamento Geral das Competições (RGC).
“Não existe isso de ter que dividirmos ingressos com nenhum time, seja ele quem for. Contra o Flamengo, daremos os 10% de ingressos que eles têm direito e os outros 90% serão destinados ao nosso torcedor”, afirmou o dirigente em entrevista ao Portal Verdes Mares.
Confiante na força da torcida alvinegra, o diretor argumentou que o torcedor do Ceará já provou que não precisa dividir ingresso com nenhum time para lotar um estádio. “Contra esse mesmo Flamengo, já lotamos o Castelão, quem dirá o o Domingão. Nosso torcedor é participativo e apoia seu time, diferente de outras torcidas do nosso estado, que precisa se submeter a este tipo de recurso para melhorar sua renda”, alfinetou.
Mando de campo
Sobre onde o Ceará mandará seu jogo contra o Rubro-negro carioca, Sérgio Costa comentou: “Caso o estádio Presidente Vargas não esteja liberado nos jogaremos no (estádio) Domingão. Nós não vamos sucumbir a nenhum tipo de pressão pois reconhecemos nosso direito e sabemos da força do nosso Clube”, concluiu.
Saiba mais
O artigo 24 do regulamento da Copa do Brasil pontua que:
As partidas da Copa somente poderão ser jogadas em estádios que
obedeçam a capacidade de público conforme se segue:
1. Até a quarta fase, inclusive, não há capacidade mínima exigida;
 2. Para as partidas das fases semifinal e final os estádios deverão ter capacidade mínima de 15.000 espectadores sentados e sistema de iluminação adequado para partidas noturnas.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

ELEIÇÕES SUPLEMENTARES: CANDIDATOS DE OPOSIÇÃO REGISTRAM CANDIDATURAS EM ALCÂNTARAS

O PSB e PMDB lançaram os nomes de Francisco Eliésio Fonteles e Joaquim Ximenes de Carvalho para os cargos de Prefeito e Vice-prefeito para as eleições suplementares do município de Alcântaras.
 A convenção que homologou os nomes dos candidatos ocorreu no Avenida Clube, onde houve uma grande movimentação na noite de terça-feira 26 de abril.
Natural e residente de Sobral, Eliésio Fonteles, irmão do prefeito de Meruoca, disputou a prefeitura de Alcântaras duas vezes, as duas contra Raimundo Manduca, onde foi derrotado. Com a cassação dos eleitos em 2008, ação de impugnação movida pela coligação PSB, PMDB e PT, agora tem um nova chance de disputar a prefeitura de Alcântaras.
Natural e residente de Alcântaras, Joaquim é o principal herdeiro político do ex-prefeito Quinca Tibúrcio (in memoriam), é vereador pelo PMDB, sendo o mais votados nas eleições de 2008. É atualmente o mais novo político exercendo mandado em Alcântaras, além de primo, é também desafeto político do prefeito em exercício Antônio Marcos, que também é candidato.

CONGRESSO NACIONAL: DEPUTADOS DO CE OCUPAM LIDERANÇAS

Após indicação de aliados, José Guimarães assumiu a vice-liderança do Governo de Dilma na Câmara Federal

Arnon Bezerra é o novo coordenador da bancada federal e vai debater a situação das BRs que cortam o Ceará

O deputado federal José Guimarães (PT) foi confirmado como vice-líder do Governo na Câmara Federal. O anúncio foi feito na reunião da bancada petista, ontem pela manhã, segundo o próprio parlamentar, antes da reunião da bancada cearense, que elegeu o deputado federal Arnon Bezerra (PTB) como o novo coordenador do grupo cearense, cargo antes ocupando por Guimarães.
Para o petista, a função de vice-líder vai permitir mais aproximação com os diversos ministros do Governo Dilma Rousseff, facilitando, nas oportunidades reclamadas, mais espaços de defesa dos interesses do Estado do Ceará.
O governador Cid Gomes (PSB), que está retornando hoje ao Ceará de viagem que empreendia ao exterior, ontem mesmo foi comunicado da escolha de Guimarães para a vice-liderança do Governo.
Guimarães garante que a sua indicação para o cargo vai render ao Ceará mais benefícios, pois acredita que a presença de um representante do Estado nas discussões do Governo Federal vai resultar em mais "prestígio" para a bancada federal. "Isso vai ampliar a projeção da nossa bancada, até porque eu estarei perto das decisões", ressaltou.
Reunião
Já a escolha de Arnon Bezerra para a liderança da bancada federal do Ceará ocorreu com a presença de 17 dos 22 vereadores e sem a participação de nenhum dos três senadores. Disputando com o deputado federal Padre Zé Linhares (PP), Arnon ganhou, durante votação secreta, o apoio de 12 colegas e garantiu que a decisão foi "amistosa".
Todavia, alguns deputados revelaram que o clima do encontro foi tenso e várias críticas foram apontadas sobre a condução do grupo nos últimos anos. "O que eu vi, até hoje, foi um individualismo e mais nada. Vamos ver se agora a bancada trabalha mais unida", declarou o deputado federal Genecias Noronha (PMDB).
O deputado federal Danilo Forte (PMDB) também reclamou da atuação do grupo e cobrou que, a partir de agora, com a escolha do novo coordenador, seja construída maior "coesão".
A escolha de Arnon já era esperada e, segundo aliados, o nome já tinha o aval, inclusive, de Cid Gomes. Além disso, a maior parte da bancada anunciava apoio informal ao parlamentar desde o início do ano.
Portanto, ontem, durante a reunião, os deputados Gorete Pereira (PR) e Mauro Benevides (PMDB), que pleiteavam o cargo, retiraram suas candidaturas. O novo líder anunciou que o primeiro tema a ser colocado em reunião, na próxima semana, é situação das BRs que cortam o Ceará.

RESTOS A PAGAR: CANCELAMENTO PODE SOMAR R$ 3 BI

A ministra do Planejamento disse em audiência pública, ontem, que o montante total envolve R$ 9,8 bilhões

Miriam Belchior também falou que ainda não há prazo para nomeações de aprovados em concurso


O cancelamento de restos a pagar de orçamentos anteriores que será realizado pelo governo federal deverá ficar entre R$ 1,5 bilhão e R$ 3 bilhões. A presidente Dilma Rousseff (PT) vai anunciar até sexta-feira a solução para o tema, mas a tendência é que os restos a pagar de 2009 sejam prorrogados pelo menos até o final de agosto e que o cancelamento atinja somente convênios dos anos de 2008 e 2007 que ainda não estejam em execução.
Decreto assinado ainda pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinava o cancelamento de restos a pagar destes três anos que não fossem liquidados até 30 de abril. A questão tem provocado polêmica no Congresso porque cerca de metade dos restos a pagar dizem respeito a emendas parlamentares. Segundo a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, o montante em discussão é de R$ 9,8 bilhões. Destes, R$ 5,2 bilhões (53% do total) dizem respeito a essas emendas.
Audiência
A ministra participou ontem de audiência pública no Congresso, mas não quis adiantar em público qual será a solução para o problema. Segundo ela, o "pente fino" que foi passado nestes convênios foi concluído ontem e somente hoje a questão será levada à presidente Dilma.
Durante a audiência, a ministra foi muito pressionada sobre o tema. Deputados e senadores destacaram a importância das emendas parlamentares para levar obras a pequenos municípios e pediram que o prazo para cancelamento seja prorrogado.
O relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias, Marcio Reinaldo Moreira (PP-MG), que já classificou como calote o cancelamento dos restos a pagar, destacou que existem obras quase concluídas que estão em risco.
A prorrogação dos convênios de 2009 é praticamente exigida porque, em muitos casos, não houve evolução da obra, pois 2010 foi ano eleitoral. Já em 2008 e 2007, a maioria concorda que só obras já em andamento merecem receber recursos.
Concursos
A ministra reforçou a suspensão de nomeações de aprovados em concursos públicos e a realização de novas seleções. Quem teve o nome incluído entre vagas disponíveis terá que ter paciência. "Estamos tomando conta dos (concursos) que estão vencendo imediatamente, outros estão ficando para depois, peço paciência", disse ela. Perguntada se existe um prazo para nomeações, ela foi enfática. "Quando tivermos um prazo vamos anunciar", disse.

CENTRAIS SINDICAIS PEDEM VOTAÇÃO DA REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO

Representantes das centrais sindicais se reuniram nesta quarta-feira com o presidente da Câmara, Marco Maia, em café da manhã, realizado na residência oficial.
O presidente da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), disse que os sindicalistas apresentam uma agenda de votações relativas ao 1º de Maio. O principal item é a redução da carga horária máxima semanal de 44 para 40 horas, sem redução salarial. “Nossa economia está crescendo e esta medida só trará benefícios para o Brasil”, disse Os sindicalistas listaram também a proposta do fim do fator previdenciário e a regulamentação da terceirização. Segundo Marco Maia, existe a possibilidade de acordo entre os líderes para a votação desses dois últimos itens.

JOÃO PAULO II: CANONIZAÇÃO DEVE SER RÁPIDA

Será preciso apenas a confirmação de um milagre e a decisão de Bento XVI para que o ex-papa se torne santo
A partir de domingo, João Paulo II será conhecido como Beato. O precesso de canonização foi iniciado em 2005.



O falecido papa João Paulo II se tornará santo rapidamente, logo após ser beatificado no domingo (1º), ainda que precise ser identificado um milagre atribuído a ele, explicou um ex-conselheiro.
"O trabalho já está pronto para a canonização", disse o cardeal suíço Georges Cottier à agência de notícias religiosa I.Media.
"Nós precisamos apenas de um milagre e de uma decisão do papa (Bento XVI)", disse Cottier, de 89 anos, que foi teólogo da casa papal de João Paulo II por 15 anos até a morte do pontífice polonês, em 2005.
"Não estou surpreso com a velocidade do processo", disse, descrevendo João Paulo II como "um homem de Deus".
A partir de domingo, João Paulo II ficará conhecido como "beato", um título que exige a confirmação de um primeiro milagre, no caso dele, a recuperação de uma freira francesa do mal de Parkinson, que os médicos não conseguiram explicar.
Milagre
A freira, Marie Simon-Pierre, disse que o falecido papa atendeu a suas preces.
Segundo as regras estritas da Igreja Católica Romana sobre a canonização, o procedimento não é normalmente iniciado até cinco anos depois da morte do candidato a santo.
Mas o próprio João Paulo II conseguiu acelerar o processo para a religiosa albanesa madre Teresa, que foi beatificada em 2003, apenas seis anos depois de sua morte.
Seu próprio dossiê foi iniciado logo após a sua morte, em 2005, quando em seu funeral seus simpatizantes exibiam faixas com os dizeres "Santo Subito" (Santidade imediata). Cottier afirmou, ainda, que alguns cardeais "assinaram uma carta pedindo ao futuro papa que começasse o processo de beatificação o mais rápido possível".
Sangue papal
Uma ampola com o sangue do papa João Paulo II será exposta aos fiéis no dia da cerimônia de sua beatificação.
O sangue foi extraído de Karol Wojtyla nos seus últimos dias de vida como medida de provisão para eventuais transfusões que fossem necessárias. Como não houve necessidade de realizar o procedimento, a amostra ficou guardada em quatro recipientes.
Dois deles foram conservados no Hospital Menino Jesus pelas freiras da instituição, e os outros dois ficaram sob a responsabilidade do secretário particular de João Paulo II, o cardeal Stanislaw Dziwisz, atual arcebispo da Cracóvia.
Serão expostos os exemplares que foram guardados no hospital. Um será colocado à veneração dos fiéis e, depois, será levada ao Escritório de Celebrações Litúrgicas do sumo pontífice, e o segundo será enviado ao Hospital Menino Jesus.
O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, disse ontem que a cidade terá um forte esquema de segurança para a cerimônia de beatificação de João Paulo II, embora os riscos de incidentes sempre existam.

terça-feira, 26 de abril de 2011

TENTATIVA DE ROUBO TERMINA COM UMA MORTE EM SOBRAL

Um homem foi morto na tarde desta terça-feira (26), em Sobral, após tentar roubar a arma do vigilante de uma escola, no bairro Junco. De acordo com a Delegacia Regional de Sobral, dois homens tentaram tomar o revólver do vigia, mas ele reagiu e houve uma luta corporal. Um dos acusados morreu baleado.
O caso aconteceu por volta de 13 horas. O Diário do Nordeste Online apurou que o homem morto, Jean de Sousa Barros, o "Dê", é piauiense e estaria foragido em Sobral. Ele havia sido preso ano passado, em Parnaíba (PI), acusado de roubos, e anteriormente havia sido recolhido a uma unidade carcerária de Parnaíba, a 336 quilômetros de Teresina.
"Era fugitivo", confirma PM
"Esse cara que morreu era fugitivo de Parnaíba. Estava há três meses em Sobral, na casa da irmã dele", informou ao Diário do Nordeste Online o comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Gilvandro Olivieira. De acordo com o comandante, a bala atingiu a cabeça do acusado.
O outro homem envolvido na tentativa de roubo acabou fugindo, conforme o oficial.
Vigilante não corre risco
O vigilante chegou a ser ferido com facadas em uma das pernas e em um braço, e foi socorrido à Santa Casa de Sobral, mas não corre risco de morte.

LANÇADOS OS PRIMEIROS NOMES PARA AS ELEIÇÕES SUPLEMENTARES EM ALCÂNTARAS

O PRP, PC do B, PR, PPS e DEM, realizaram nesta segunda-feira 25/04 uma convenção municipal com vistas às eleições suplementares marcadas para o dia 05 de junho. Depois de quase 11 anos, Antônio Matias volta a disputar um cargo político, desta vez vice-prefeito de Antônio Marcos.
Foram homologados os nomes de Antônio Marcos Ximenes Carvalho (PRP) para o cargo de Prefeito e Antônio Nonato de Sousa (PC do B) para o cargo de Vice-prefeito. Antônio Matias é pai do vereador Toni Matias também do PC do B e foi vereador durante seis mandados consecutivos, também foi um dos 05 vereadores que tiveram a legenda do PPS negados nas eleições de 2004.
Na convenção desta segunda-feira, os filiados e demais pessoas presentes ouviram os discursos de Miguel  Silva representando o diretório Estadual do PC do B, vereador Toni do Matias, e da vereadora Toinha Sergino, os vereadores do PRP Airton da Carmolândia, José do João Luís, e o Presidente da Câmara em exercício José Maurício, além ainda do ex-prefeito Raimundo Manduca e o ex-vice-prefeito Joaquim Benício.
Antônio Marcos destacou a organização administrativa da prefeitura realizada nos últimos 8 meses, e que segundo ele de acordo com um instituto de pesquisa e avaliação interna, lhe renderam 61% de aprovação  decorrentes do trabalho desenvolvido a frente da prefeitura.
A primeira chapa apresentada ficou assim: Prefeito Antônio Marcos (PRP), Vice-prefeito Antônio Matias (PC do B).
Nesta terça-feira 26/04 mais duas chapas deverão serem lançadas, onde será realizada a convenção do PSB e a outra do PSOL.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

SECRETARIA DE CULTURA DE MERUOCA E SESC PROMOVEM PASSEIO CICLÍSTICO NO DIA 1º DE MAIO

As Bandas Zé Mazenir e Toca do Vale animarão os presentes a omemoração do Dia 1º de Maio, Dia do Trabalhador.
A Prefeitura de Meruoca, Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude, aliado em mais uma parceria com o SESC Sobral, estarão promovendo no dia 1º de Maio, dedicado ao Trabalhador, mais um passeio ciclístico que reunirá os meruoquenses que gostam de pedalar, saindo do entroncamento Meruoca-Alcântaras, por volta das 7h30min e com chegada prevista para a Praça Monsenhor Furtado, quando haverá sorteio de vários brindes aos que participarem do evento.
De acordo com a Secretária de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude, Ana Karina, para os que desejam participar, devem comparecer a sede da Secretaria de Cultura e levar um quilo de alimento não perecível, para serem doadas as instituições beneficentes. Lembra ainda, que os participantes receberão camisas que identificarão os ciclistas e esses terão direito a concorrer esses brindes.
O prefeito de Meruoca, Fonteles, anunciou que estará participando do passeio ciclístico ao lado dos trabalhadores, e espera muitos meruoquenses para esse dia de atividade física salutar para uma boa saúde. Fonteles informa ainda, que na parte da noite os trabalhadores meruoquenses e visitantes, estarão se divertindo na Praça Monsenhor Furtado, com o Forró do Trabalhador, quando as Bandas Zé Mazenir e Toca do Vale animarão os presentes na comemoração do Dia 1º de Maio, Dia do Trabalhador.

terça-feira, 5 de abril de 2011

EX PRESIDENTE LULA DEIXOU CONTA DE R$ 75 BILHÕES QUE AINDA NÃO QUITADA

O governo Lula deixou conta de R$ 75 bilhões que ainda não foi quitada pela administração de Dilma
O governo Dilma sinalizou com o cancelamento de parte das despesas de Lula que financiariam obras do PAC
Prorrogar a validade de obras e serviços contratados durante o governo Luiz Inácio Lula da Silva e ainda não pagos pela administração Dilma Rousseff, como vem sendo negociado na Esplanada dos Ministérios, não resolve a situação dos prefeitos, adiantou ontem o presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski. Ele defende o bloqueio das votações no Congresso como forma de pressionar o governo a honrar os contratos.
As declarações são mais um lance da disputa que se trava nos bastidores do governo e vem lotando de prefeitos gabinetes de políticos e ministros. Em números, essa disputa envolve uma conta de cerca de R$ 75 bilhões deixada pelo governo Lula e ainda não quitada até o início de abril, após três meses do governo Dilma Rousseff. Os dados estão no Siafi, o sistema de acompanhamento de gastos da União.
Para fazer valer o ajuste fiscal anunciado em fevereiro e não paralisar novos investimentos, o governo sinalizou com o cancelamento de parte das despesas contratadas pelo governo Lula e deixadas sem pagamento. O cancelamento dos chamados "restos a pagar" poderá ultrapassar R$ 30 bilhões.
No último dia de seu governo, o presidente Lula adiou a validade de parte das contas ainda não quitadas até 30 de abril. As contas referentes ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e ao Ministério da Saúde têm validade indefinida. As demais deveriam ser canceladas no final deste mês.
Os prefeitos alegam que parte das obras e serviços objeto de convênios com a União já foi iniciada. Um ano antes das novas eleições municipais, eles temem também que o cancelamento de uma obra represente danos aos projetos políticos.
A orientação do Planalto e do Ministério do Planejamento aos demais ministérios foi selecionar as obras e serviços prioritários, cujos pagamentos seriam honrados. Dados do Tesouro mostram que, no primeiro trimestre, Dilma quitou R$ 7,9 bilhões de contas pendentes de investimentos contratados na administração Lula. Assim, o pagamento de novos investimentos autorizados pela lei orçamentária de 2011 ficou limitado a R$ 306 milhões.

BANCADA FEDERAL ESPERA ENCONTRO COM CID PARA DEFINIER CORRDENADOR

A escolha do coordenador da bancada federal cearense, 22 deputados e três senadores, depende de uma reunião com o governador Cid Gomes. A informação é do deputado federal Artur Bruno (PT) que avalia esse processo como demorado, pois a escolha já deveria ter ocorrido. Ele admite como muito importante a influência do governador nessa escolha.
O representante petista justifica a participação do governador porque o coordenador da bancada é o parlamentar utilizado para servir como ponte entre os interesses do Estado, a bancada e o Governo Federal. Trata-se portanto, argumenta, de um articulador para viabilizar junto à esfera federal a liberação de recursos para a realização de obras e ações no Estado.
Embora não exista um prazo estabelecido para o mandato do coordenador da bancada, o deputado Artur Bruno entende que a escolha já deveria ter ocorrido, seja para reconduzir o deputado José Guimarães (PT), seja para escolher outro nome, pois já estamos no quarto mês da atual legislatura.
Na sua avaliação, Guimarães está desenvolvendo um bom trabalho, mas a questão não é essa, mas da escolha que considera tardia. Além do deputado José Nobre Guimarães que pode ser reconduzido para essa função, também se apresentaram dispostos a coordenar a bancada os deputados José Arnon (PTB) e Gorete Pereira (PR).
Em janeiro deste ano o governador Cid Gomes reuniu-se com a bancada para tratar da questão dos cargos federais e na ocasião ficou definido que a escolha do coordenador seria em outro encontro. Este ainda não aconteceu, mas espera o representante petista que o governador encontre espaço em sua agenda para tratar dessa questão o quando antes.
No que se refere à indicação de nomes para ocupar cargos federais admite haver uma certa demora, mas faz questão de lembrar que se trata de um Governo de continuidade, não havendo razões para pressa. Inicialmente foi composto o ministério e agora é que começam a ser nomeados os ocupantes de cargos do chamado segundo escalão administrativo. Somente em uma outra etapa é que devem ocorrer as nomeações para os órgãos federais com representação nos Estados.
Para Artur Bruno o que vem acontecendo no Ceará também está ocorrendo em outros Estados. Na sua avaliação pessoal a presidente da República, Dilma Rousseff, está avaliando os nomes oferecidos e, com cautela, vai providenciar a escolha, devendo alguns nomes serem mantidos nas funções que exercem e outros serão substituídos.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

PREFEITO FONTELES ANUNCIA LICITAÇÃO PARA A CONSTRUÇÃO DO NOVO CENTRO DE ABASTECIMENTO DE MERUOCA

O prefeito Fonteles, em seu discurso no 9º aniversário da Feira Livre de Meruoca, anunciou para o início do mês de maio, a Licitação para a construção do Novo Centro de Abastecimento da Agricultura Familiar e em seguida a ordem de serviço.
Fonteles comentou ainda, que essa obra está avaliada em mais de R$ 1.040,000,00 (um milhão e quarenta mil reais), investimentos conseguidos com o Governo do Estado e contrapartida do Governo Municipal.
Confira as fotos do 9º aniversário da Feira Livre de Meruoca, com registro da fotógrafa Tássia Mendes.

 

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter