segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

PASSEIO ALVINEGRO : GOLEADA IMPIEDOSA

Ceará atropela o Horizonte na semifinal do turno, vinga-se de 2008 e vai decidir o título com o Fortaleza


 
 
 
 
Superioridade: o Ceará não tomou conhecimento do perigoso Horizonte. Com uma atuação segura, especialmente após abrir o placar, acabou conseguindo a goleada.










O Ceará confirmou o favoritismo, goleou o Horizonte no Castelão e está na final do 1º turno. O Alvinegro fez jus à campanha irretocável na 1º fase e atropelou o time horizontino por 4 a 0, vingando-se com sobras da semifinal de 2008, quando o Horizonte o eliminou. Na quarta-feira, às 21h50, o Alvinegro decide o turno com o Fortaleza.
Respaldado pela liderança invicta na 1ª fase, o Ceará entrou em campo com a pressão do favoritismo. E isso parece ter influenciado no início de partida. Franco atirador, o Horizonte entrou mais à vontade em campo, buscando o gol desde o início. Só o Galo do Tabuleiro criou chances de gol até os 15 minutos. Aos cinco, quase abriu o placar com Lúcio Maranhão, de cabeça, mas o goleiro Fernando Henrique fez ótima defesa.
O Ceará, cauteloso nos minutos iniciais, só foi assustar o Horizonte aos 16, em finalização de Júnior que Jeferson espalmou. Já superior na partida, o Ceará abriu o placar aos 30 minutos. Após cruzamento de Vicente que desviou na zaga, Iarley tocou de cabeça para Júnior, que cabeceou sem chance para o goleiro Jeferson.
O gol tirou a tranquilidade do Horizonte, que passou a errar. Aos 34, e zagueiro Da Silva tentou sair jogando, tocou no pé de Júnior, que só não ampliou porque o goleiro tirou de carrinho.
E seis minutos depois, outra lambança, mas agora do Ceará. O volante Michel, em uma rara desatenção, perdeu a bola na entrada da grande área para Elanardo, que avançou e ao tentar driblar Fernando Henrique, caiu na área. No lance, o juiz deu cartão amarelo ao jogador por simulação.
Goleada
Assim como no primeiro tempo, Horizonte iniciou a segunda etapa atacando, mas quem marcou foi o Ceará. Aos nove, Iarley dominou na frente do marcador, e bateu forte para ampliar.
Mesmo com a vantagem, o Ceará não parou de atacar e poderia ter ampliado aos 22, quando foi marcado pênalti em Geraldo. Júnior perdeu a cobrança, defendida por Jeferson.
Mas o terceiro sairia três minutos depois, em uma bomba do volante Michel. Com o terceiro gol, o Alvinegro passou a se poupar, já sem Iarley, Geraldo e Júnior no campo.
Porém, aos 45, ainda deu tempo para o quarto gol do Vovô, com Nicácio, que ampliou o placar, fechando o passeio alvinegro no Castelão.
Ficha técnica
Ceará 4
Fernando Henrique, Fabricio, Erivelton e Cleber; Boiadeiro, Michel, João Marcos, Geraldo
(Sérgio Mota) e Vicente; Iarley (Osvaldo) e Júnior (Nicácio). Técnico: Dimas Filgueiras
Horizonte 0
Jefferson, Robert, Da Silva, Douglas e Gleibson (Isaac) ; Valter, Elanardo, Junior Cearense, Jack Chan (Willer); Lucio Maranhão e Siloé (Edgar). Técnico: Roberto Carlos
Competição: Campeonato Cearense - Semifinal do 1º turno.
Data: 27 de Fevereiro de 2011. Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE).
Árbitro: Wladyerisson Oliveira Assistentes: Arnaldo Rodrigues Sousa e Armando Lopes
Renda: R$ 214.180,00. Público: 16.460 pagantes. Gols: Júnior (30/1°T), Iarley (9/2°T), Michel (25/2°T) e Nicácio (45/2°T)
Cartões Amarelos: Boiadeiro (CEA), Da Silva, Válter e Elanardo (HOR)
FINALISTA
Jogadores do Ceará exaltam grande atuação da equipe
Ao fim da fase classificatória do primeiro turno, o Ceará colecionou boas estatísticas: líder invicto, melhor pontuação (29), melhor saldo de gols (15) e defesa menos vazada (7). Mas, para convencer totalmente, faltava bater o perigoso Horizonte na semifinal e garantir a vaga na decisão do turno.
E o Vovô conseguiu. Ao fim da partida de ontem, os jogadores alvinegros exaltaram, além da vaga, a atuação da equipe diante do Galo do Tabuleiro.
O goleiro Fernando Henrique, sempre seguro, ressaltou. "Foi o melhor primeiro tempo que o Ceará fez no ano". E completou. "Nós estávamos precisando de uma vitória assim, para acabar com qualquer dúvida que alguém ainda possa ter sobre o nosso time", avisa.
Já o zagueiro Fabrício exaltou o equilíbrio em campo demonstrado durante a campanha. "Estamos marcando bem e não sofrendo gols. E lá na frente estamos conseguindo fazê-los. Isso é devido ao equilíbrio do time", lembra.
Decisão
Sobre o Fortaleza, adversário na decisão do turno, os alvinegros mantêm o discurso cauteloso. "O Fortaleza vem crescendo nos últimos jogos. Será um clássico difícil. Temos que guardar energia para a grande decisão, já que atuamos em Cuiabá na quarta-feira e hoje diante do Horizonte", declarou Erivélton.
O zagueiro Cleber lembrou que, pela campanha, o Ceará fez por merecer estar na decisão contra o Fortaleza.
"Fizemos uma ótima campanha para chegar à decisão. Será um jogo difícil, mas temos que encarar o Fortaleza de frente e buscar a vitória", declarou o zagueiro do Alvinegro.
Saiba mais
Presença
Antes da partida, a diretoria do Ceará estava confiante quando à vitória e a presença de público. O presidente Evandro Leitão lançou um desafio. "O público de hoje do Ceará no Castelão será o dobro do jogo de ontem do Fortaleza". E faltou pouco. No sábado, o Fortaleza levou 8.273 pagantes ao Castelão, e o Alvinegro, 16.460.
Prestígio
O presidente do Vovô adiantou que, para a decisão do 1º turno, na quarta-feira, quer um árbitro local. "Precisamos prestigiar a arbitragem cearense, que vem melhorando de um ano pra cá". O Fortaleza pensa diferente e quer árbitro de fora para o jogo.
Contratações
O Ceará ainda vai contratar para o Estadual. Cinco reforços virão. Com a frustrada negociação com o atacante Mota, o Ceará busca dois atacantes, um meia, um volante e um zagueiro, que pode ser Diego Sacoman, fora dos planos do Corinthians.
Sinceridade
O jogador Elanardo, protagonista de um lance polêmico do jogo ainda no primeiro tempo, comentou a não marcação do pênalti pelo árbitro Wladyerisson Oliveira. "Não foi pênalti. Eu só fico na bronca pelo cartão amarelo que levei, pois escorreguei quando tentei driblar o goleiro, não tentei cavar", esclareceu o sincero atleta do Horizonte.
TRANSFERÊNCIA DE JOGOS
Questão ainda não está definida
A decisão da Federação Cearense de Futebol (FCF) de transferir três partidas da 10ª rodada do returno do Estadual para o próximo sábado, 5, será novamente colocada em pauta pelo presidente da entidade, Mauro Carmélio. "Segunda-feira (hoje), nós iremos conversar com os dirigentes de Ceará, Fortaleza e Horizonte - clubes que estão na Copa do Brasil -, assim como os seus adversários Crato, Tiradentes e Itapipoca para verificar as reais condições de jogo. Já que eles reclamaram tanto que a Federação toma decisões sem consultá-los, nós agora também passaremos a responsabilidade do término do campeonato para eles", explicou.
De acordo com Mauro, caso os dirigentes não aceitem a realização dos jogos para o próximo sábado, a FCF avaliará a possibilidade de tais partidas serem encaixadas em dias da semana como quarta, quinta, sexta ou domingo. O presidente da FCF ainda confirmou que, em conversa com o comandante geral da Polícia Militar, Werisleik Matias, a segurança para as partidas de sábado está garantida. A afirmativa de Carmélio vai de encontro ao que informou o comandante da Companhia de Eventos da capital, major George Benício, que confirmou que não terá efetivo suficiente por conta do Carnaval.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

PERIGO À VISTA: BOLHA DE CRÉDITO PODE ESTOURAR A LONGO PRAZO

O Capitalismo sempre precisou dos pobres para as vendas a prazo. Agora, as classes C e D são as mais assediadas


Shandra Aguiar defende a pesquisa e a barganha de preços antes de comprar, além de evitar o desperdício como principais características do consumidor consciente ou cidadão

"A gente se sente mal ao perceber que não valeu nada o tempo em que pagou tudo direitinho. Além das ameaças que ouvi por telefone, tive o meu cartão bloqueado". O desabafo é da professora Antel Viana Bezerra de Menezes que viu uma dívida saltar de R$ 2 mil para R$ 4mil e, depois, R$ 8mil pela obra e graça dos juros estratosféricos da financiadora do cartão de crédito, em menos de dois anos.
Há dez anos, usava o cartão e "pagava direitinho", conta. No ano passado, resolveu priorizar a compra da casa própria e se sentiu numa bolha. "Passei a pagar apenas o mínimo", lembra. Tentou negociar a dívida, recebendo proposta para pagar 16 parcelas e a dívida foi para R$ 8.400,00. Após acordo, via Procon, vai passar dois anos desembolsando R$ 300,00 ao mês, com um detalhe: o cartão está bloqueado.
O caso da professora não é raro e atire a primeira pedra quem nunca cometeu um deslize financeiro. A realidade é fruto da falta de educação financeira como afirmam os consultores da área. Como uma peça no jogo do crédito, a professora foi descartada, após sofrer assédio moral, via telefone.
Remédio amargo
Seguindo a filosofia de que remédio amargo é que cura, assim pode ser comparado o tratamento que as financeiras dão aos clientes, considerados especiais e tratados de maneira cordial, enquanto estão dando lucro. Hoje, com um cartão apenas, a professora promete: "Vou controlar melhor minhas contas". Seu drama pode ser vivido por muitos dos brasileiros que, a cada dia, são seduzidos pelas benesses do crédito fácil.
O cartão de crédito, considerado como um mal necessário, é apontado como um dos principais responsáveis pela expansão do crédito. Sobre o assunto, o consultor financeiro e especialista em Economia Doméstica e Direito do Consumidor, Cláudio Boriola é incisivo: "O cartão de crédito quer queria, quer não, provoca sempre um desembolso com incerteza na cobertura dos gastos não planejados".
O consultor explica que "o Capitalismo sempre precisou dos pobres para as vendas a prazo para que pudessem ser sugados sem perceber". Hoje, os cartões de crédito, as vendas a prazo e a "orgia de 50, 60 e 70% de desconto levam as pessoas ao endividamento".
No Brasil, "a farra do crédito começou após o mandato de ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, admite Boriola, que destaca o contexto socioeconômico do País naquele momento.
Na sua opinião, "a classe mais empobrecida, viu-se autorizada e facilitada a fazer gastos com as promessas governamentais de que, pagas as dívidas externas sobraria mais dinheiro para o consumo interno". No entanto, adverte que isso não é bem verdade, justificando: "quem faz sua casa sobre barrancos, futuramente, poderá advir as intempéries do tempo e do credito e, certamente, haverá a "tisnagem" da inadimplência.
Bolha de crédito
Por isso, Boriola não descarta a possibilidade de "uma bolha de crédito no País. "O risco existe. Pode ser a médio ou longo prazo. A facilitação do financiamento interno aos cidadãos, que procuram por fundos para aquisição de moradias, abertura de empresas, aquisição de veículos e, especialmente, aquelas pessoas que estão ainda na informalidade no âmbito do trabalho são componentes dessa "bolha de crédito", que poderá eclodir.
Conforme analisa Boriola, os atuais governantes que encontraram um lastro mais ou menos sedimentado, terem consciência de que riqueza se consegue com alta produtividade, trabalho e gastos sólidos. "No Brasil, ainda é uma expectativa esperançosa, de boa fé, mas poderá falhar", esclarecendo que não se constrói riquezas sem que haja um lastro forte de economia. Países que enveredaram por essa oferta de crédito acabaram sendo afetados, uma vez que os bancos funcionam como a economia de um povo.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

REFORMA POLÍTICA: VOTO MAJORITÁRIO PARA DEPUTADO É DUVIDOSO

O questionamento sobre a mudança no sistema de eleição dos legisladores é o motivo central das discussões


 
 
 
 
Professor Hermano Ferreira defende que a Reforma favoreça a participação do eleitor
 
 
 
 
 
A Reforma Política brasileira enfim entra na pauta das Casas Legislativas brasileiras. Cabe agora o questionamento do que os parlamentares estariam dispostos a modificar, tendo em vista que a discussão sobre o assunto evidencia uma série de conflitos de interesses.
O Congresso Nacional instalou, na última terça-feira, uma Comissão Especial para produzir o anteprojeto da Reforma, ou seja, uma proposta de mudanças no sistema político brasileiro em vigor. A Assembleia Legislativa do Ceará pretende realizar um seminário para discutir o assunto, abordado diversas vezes na Casa. Já a Câmara Municipal de Fortaleza instalou, na última quinta-feira, uma Comissão Especial para discutir e reunir sugestões sobre a Reforma Política.
Além disso, está previsto para o dia 11 de março um seminário entre vereadores do Ceará, deputados estaduais, federais e senadores cearenses para debater o assunto.
Apesar do longo tempo de espera para aferir resultados práticos nos parlamentos, a Reforma Política tem revelado boas chances de enfim sair apenas do discurso.
Isso porque, além da presidente Dilma Rousseff (PT) ter sinalizado a favor da alteração do modelo político que vigora hoje, a maioria das políticos tem considerado necessária a promoção de mudanças. Temas como voto distrital, regulação de partidos políticos e financiamento de campanha devem ser contemplados nas discussões.
Falta clareza
O cientista político Hermano Ferreira, no entanto, não vê com otimismo a Reforma que está sendo discutida. Para ele, falta clareza na definição dos objetivos que se pretende alcançar e, se forem considerados apenas os problemas pontuais, sem promover uma discussão ampla sobre o sistema político brasileiro, as mudanças podem acabar sendo prejudiciais.
A preocupação apontada pelo professor Hermano é de que a pluralidade dos parlamentos seja reduzida. Isso porque, conforme analisa, se for aprovado o sistema de voto majoritário para a eleição de deputados e vereadores, os partidos menores provavelmente terão menos chances de vitória nas urnas.
Indagado sobre o fato de que o voto majoritário acabaria com os chamados "puxadores de voto", Hermano afirmou que a população é que deve votar com mais critérios, não cabendo às cúpulas partidárias ou à Justiça Eleitoral apontar quem deve ser eleito ou não.
Segundo ele, o fortalecimento das agremiações partidárias seria o caminho para garantir maior pluralidade de ideias nas Casas Legislativas. "Receio que os partidos menores percam vez porque eles são extremamente importantes para a democracia", defendeu.
Ameaçadas
Para Hermano, uma das causas da Reforma Política estar sendo tratada pelos políticos como algo necessário e emergencial é o fato de que as grandes agremiações sentirem-se ameaçadas pelos partidos emergentes. No entanto, como analisa o professor, a Reforma pode acabar dificultando até mesmo o surgimento de novos partidos políticos.
De acordo com Hermano, o percentual de parlamentares advindos dos movimentos sociais tem sido ampliado a cada eleição, e a aprovação do voto majoritário para os candidatos às Casas Legislativas restringiria isso.
Hermano Ferreira defende que, ao invés de tratar temas pontuais como o voto distrital e o financiamento de campanha, a Reforma poderia ser ampliada no sentido de tentar favorecer a participação do eleitor e respeitar a soberania popular na escolha de seus representantes.
Comissão
"Não existe um sistema perfeito, mas a preocupação principal é se a vontade do eleitor está sendo respeitada e se os partidos estão sendo fortalecidos", acrescentou o professor.
A Comissão instalada pelo Senado Federal para elaborar o anteprojeto da Reforma Política é formada por doze parlamentares de oito partidos diferentes, sendo dois deles ex-presidentes da República e oito ex-governadores de Estado.
Hermano Ferreira opinou que a própria composição da Comissão formada para elaborar o anteprojeto da Reforma indica que a tendência é a proposição do voto majoritário para parlamentares e não mais proporcional, além de apontar que dificilmente deve haver financiamento público de toda a campanha eleitoral.
"O problema é que eu não vejo nessa Reforma nada que favoreça efetivamente a participação do eleitor. O meu medo está na possível dificuldade de renovação e de participação dos movimentos sociais nos parlamentos", declarou Hermano.
MULHERES
Professora admite que as mudanças abrem espaço
Para a socióloga Adelita Carleial, se a Reforma Política for realmente discutida e aprovada no Governo Dilma, as mulheres devem ser fortalecidas politicamente, apesar da participação feminina na Comissão criada pelo Senado com o intuito de produzir o anteprojeto da Reforma ser praticamente nulo. Apenas Ana Amélia Lemos (PP-RS) integra o colegiado e, assim mesmo, é na suplência.
"Com a presidente Dilma, as coisas passam por esse viés mesmo que ela não tenha bandeira de luta feminista. Acho que não é igual a se fosse um presidente homem, porque a posição do Governo é definida também pela condição humana", colocou a socióloga.
Adelita Carleial disse ainda que as mulheres deverão ter participação ativa no debate da Reforma através de suas bases de atuação e dos partidos, que estariam envolvidos na discussão. "Não tenho maiores preocupações com a ausência das mulheres nesse momento do debate porque elas estão em evidência nos partidos", explicou.
Para a socióloga, o próprio momento histórico contribui para que haja um fortalecimento da participação feminina na Política. "É uma onda e não tem quem freie nesse avanço", declarou, ao justificar que a participação oficial das mulheres ainda não é muito forte porque estariam ainda passando por um processo de afirmação e conquista de espaço.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

JOGOS NO CARNAVAL: SEIS POR MEIA DÚZIA

Federação desmarca a final do 1º turno no sábado de Carnaval, mas agenda três jogos para a inconveniente data


 
 
 
Decisão: a FCF modificou a data de 14 jogos em decorrência do calendário


 
 
 
 
Não teve jeito. Terá jogo do Campeonato Cearense no sábado de Carnaval. E não apenas um, como era prevista a final do turno, mas três, antecipados da 10ª rodada do returno Os jogos Fortaleza x Crato, Horizonte x Itapipoca e Tiradentes e Ceará serão realizados na inconveniente data.

A decisão controversa foi divulgada pela Federação Cearense de Futebol (FCF), após Ceará, Fortaleza e Horizonte avançarem na Copa do Brasil. A classificação do Vovô sem necessidade do jogo de volta no dia 2, quarta-feira, possibilitou a FCF antecipar a final do 1º turno do sábado de Carnaval para a data. A decisão do turno será às 21h50, no Castelão.
O presidente da FCF, Mauro Carmélio, justificou a medida. "A 10ª rodada estava marcada na data reservada para a Copa do Brasil. Como esse ganho do Ceará no dia 2, encaixamos a final do turno nessa data como queriam os clubes e a 10ª rodada foi antecipada para o dia 5. Isso deixa liberdade para nossos três representantes jogarem as oitavas de finais, caso cheguem lá", esclareceu o dirigente.
Outras modificações
Além dos jogos do sábado de Carnaval, outros 11 tiveram alterações em data, horário ou local. E Carmélio alertou que novas alterações podem ocorrer. "Há necessidade de haver um ou dois remanejamentos, devido a duas datas compatíveis com a Copa do Brasil, caso os clubes cearenses avancem".
O secretário geral da entidade, Marcos Augusto, criticou a fórmula do campeonato aprovada pelos clubes. "Quando aprovaram essa horrorosa fórmula, sabiam que iam acontecer problemas. No ano passado, teve jogo antecipado e jogos na terça, quinta e domingo. Não podemos fazer mágica em adequar 28 datas nas 23 disponíveis. Temos que aproveitar as datas que aparecerem. Apresentamos quarto fórmulas, com 22 datas, mas só Maranguape e Ceará aceitaram. Os outros dez aprovaram esse Estadual longo".
Carmélio esclareceu que neste ano o período dos Estaduais é menor que 2010, ano de exceção pela disputa da Copa do Mundo. "Ano passado tivemos facilidade de um período de Copa, e a CBF nos deu mais condições de datas. Além dos nossos clubes sendo eliminados cedo na Copa do Brasil. Mas este ano o calendário está apertado e só não mudamos a fórmula do campeonato devido ao estatuto do torcedor, que não permite a mudança em dois anos", lembra.
Veto
Mas a Federação garantiu que a fórmula atual do Campeonato Cearense, e até o número de clubes participantes estão com os dias contados. A ideia da entidade é não aprovar mais fórmulas com mais datas que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) dispõe para os Estaduais. "Em setembro começaremos a trabalhar o Estadual de 2012. E não aceitaremos nenhuma fórmula que ultrapassem as datas dos estaduais reservadas pela CBF. Está em estudo até reduzir o número de clubes de 12 para 10 para 2013. Mostrarei aos filiados sobre a inviabilidade de se jogar um campeonato com 12 participantes. Tecnicamente e financeiramente seria um avanço um certame com menos clubes. A segunda divisão cresceria", adiantou Augusto.
Garantia
Sobre os três jogos marcados para o sábado de Carnaval, Marcos lembrou que a Polícia Militar vetou apenas a realização de grandes jogos. "A PM nos fez a solicitação para não fazer a final do turno no dia 5. Como o ofício se referia a apenas um jogo grande, marcamos os outros jogos. Coincidiu com o que a Policia queria, não há nenhum problema", assegurou o dirigente .
DESAPROVAÇÃO
Dirigentes estão na bronca com decisão da Federação
A decisão da antecipação de três partidas da 10ª rodada do Campeonato Cearense para o sábado de Carnaval não foi bem aceita por alguns dos dirigentes das equipes que irão enfrentar Fortaleza, Ceará e Horizonte.
Para o presidente do Crato, Antônio Manoel Alves, sua equipe será lesada por conta de tal modificação. "Com a alteração, temos dois jogos em um intervalo de cinco dias na Capital. E não temos condições de ficar hospedados nesse período. As despesas são grandes".
De acordo com Antônio, o clube encaminhará um comunicado a Federação pedindo para que a alteração das datas das partidas não aconteça.
Já o presidente do Itapipoca, Eldir Assunção não vê problemas na alteração da tabela de jogos. "O Regimento Geral de Competições prevê que a Federação pode modificar as datas dos jogos quando for necessário. Então, nós compreendemos a justificativa deles e não apresentamos nenhum tipo de divergência", frisou Assunção.
Desconhecimento
De acordo com o dirigente do Tiradentes, sub-tenente Fernandes - que até à noite de ontem ainda não tinha conhecimento sobre a modificação, "a Federação não pode ficar modificando partidas que só acontecerão daqui a um mês, partindo de suposições. Tem que chamar os dirigentes, ver a situação das equipes", disse Fernandes. Assim como o presidente do Tigre da PM, o mandatário do Horizonte, Paulo Wágner foi pego de surpresa e não sabia da alteração. Ele ainda deve avaliar o assunto.
O gerente de futebol do Ceará, Fred Gomes criticou a ação da FCF. "A Federação já sabe o cronograma da CBF. Ela não pode contar com a eliminação ou classificações antecipadas dos clubes em competições nacionais para adequar a tabela do Estadual. Antecipar jogos do returno no sábado de Carnaval é apagar o acerto sobre a decisão do turno. Essa medida é errada. Com três jogos simultâneos, incluindo um do Ceará e outro do Fortaleza, temo pela segurança na Capital", comentou.
O presidente do Fortaleza, Paulo Arthur, disse que entendia a posição da Federação, no sentido de não ter muitas datas disponíveis para os jogos. "Não vou dizer que seria o ideal jogar no sábado de Carnaval, mas a FCF não dispõe de datas. Nossa torcida deve comparecer, porque é no Pici e fica perto de todo mundo", disse ele.

NO BOM JARDIM: PM PRENDE GRUPO ARMADO E EVITA DUPLO ASSASSINATO

Quatro homens foram presos, no começo da noite de ontem, na Rua Oscar Araripe, no Bom Jardim, dentro de um veículo portando armas e drogas. De acordo com a Polícia, eles iriam executar duas pessoas residentes no bairro quando foram interceptados por equipes do Serviço Reservado da 4ª Companhia do 6º BPM (Conjunto Ceará) e do Ronda do Quarteirão.

 
 
Os quatro acusados da trama estavam armados com pistolas de calibre 380. Havia também drogas e um capuz


   
De acordo com o major PM Océlio Alves, comandante da 4ªCia/6ºBPM, os policiais do Reservado obtiveram a informação de que bandidos estavam a bordo de um veículo Renault Clio Sedan se preparando para cometer um duplo homicídio na área do Grande Bom Jardim. Ao conseguir a localização do automóvel, os PMs à paisana pediram apoio aos colegas do Policiamento Ostensivo Geral (POG) e do Ronda do Quarteirão para abordar os suspeitos.
Pistolas
Depois de realizar uma busca inicial no veículo os PMs nada encontraram. Entretanto, após uma nova varredura, duas pistolas calibre 380, crack, munição e uma balaclava (máscara) foram localizadas.
Segundo a Polícia, o material estava escondido atrás do painel do automóvel. Junto com as armas, os militares encontraram uma foto retirada de um site de relacionamentos, contendo imagens das pessoas que supostamente seriam mortas.
Os suspeitos foram identificados como, Roberto Teixeira Batista,31; Carlos André Braga da Silva, 35; Rafael Silva Barbosa, 25; e Ricardo Nascimento de Lima, 21. Os dois primeiros já respondem por outros crimes.
O comandante-geral da PM, coronel Werisleik Pontes Matias, esteve no local da ocorrência. Para o oficial, as prisões representam o fiel cumprimento das determinações do secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), coronel Francisco José Bezerra. "Estamos unindo um eficiente trabalho de inteligência com o policiamento ostensivo para reduzir a criminalidade. O nosso objetivo maior é garantir tranquilidade à população prendendo criminosos".

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

INTERNET DE ALTA VELOCIDADE JÁ ESTÁ DISPONÍVEL EM 88% DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS

O número de acessos em banda larga fixa e móvel cresceu 53% entre janeiro de 2010 e janeiro de 2011

Os serviços de acesso à internet de alta velocidade oferecidos por prestadoras privadas já estão disponíveis em 4.897 cidades brasileiras, o que representa 88% do total de municípios do país. Esses municípios concentram 185 milhões de habitantes, ou seja, cerca de 97% da população brasileira.
De acordo com levantamento da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), o número de acessos em banda larga fixa e móvel cresceu 53% entre janeiro de 2010 e janeiro de 2011. No período foi registrada uma adição de 12,4 milhões de novos acessos, e o número total chegou a 36,1 milhões no mês passado.
Os acessos por meio do Serviço Móvel Pessoal (SMP), que inclui modems de conexão à internet móvel e terminais de terceira geração (3G), como os smartphones, cresceram 85%. Em relação à competição, o estudo mostra que 1.551 municípios contam com pelo menos duas prestadoras de serviços de acesso à internet de alta velocidade. Nos grandes centros, há pelo menos três prestadoras de serviços e em 174 municípios há pelo menos cinco prestadoras.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

R$ 545: SENADO DEVE APROVAR SALÁRIO MÍNIMO HOJE

A maioria dos senadores aceitou o pedido de urgência para a votação do projeto de reajuste


 
Líderes do governo estimam que terão até 57 votos - são precisos apenas 41. A oposição já reconhece a derrota


 

 
O governo aprovou, ontem, urgência para a votação do projeto que reajusta o salário mínimo de R$ 545 no Senado. Isso significa que o texto vai ser analisado diretamente pelo plenário da Casa hoje, sem a necessidade de passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o que atrasaria a análise.
Os governistas conseguiram o apoio da maioria da Casa para aprovar o pedido de urgência no plenário, mas a votação foi simbólica (sem registro no painel de votação).
A ordem da presidente Dilma Rousseff é votar o projeto sem mudanças no texto aprovado pela Câmara para que possa sancioná-lo no fim de fevereiro. O governo quer fazer vigorar o novo valor do salário mínimo em março.
A base de apoio da presidente do Senado está tranquila para a aprovação do valor proposto pelo governo. Líderes governistas calculam que vão ter entre 54 e 57 votos dos aliados. São necessários apenas 41 votos para a aprovação do projeto.
A oposição reconhece que será derrotada diante da ampla maioria governista na Casa. "Esse é o jogo, faz parte da dinâmica do parlamento", disse o líder do PSDB, senador Álvaro Dias (PR). A oposição protestou contra a aprovação da urgência.
Acusações
O senador Jarbas Vasconcellos (PMDB-PE) acusou o governo de não cumprir o regimento interno do Senado, que exigiria votação nominal da urgência no plenário.
O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) argumentou, porém, que no momento da votação havia senadores da oposição presentes no plenário - mas nenhum deles protestou contra a votação.
Jarbas e o senador Itamar Franco (PPS-MG) fizeram duras críticas à maioria governista na Casa. Segundo os senadores, a base de apoio da presidente Dilma Rousseff (PT) não quer que a oposição "tenha voz" no Senado. Apesar de integrar o PMDB, partido aliado da presidente Dilma, Jarbas acompanha a oposição nas votações realizadas na Casa.
Senadores aliados que ameaçaram votar contra o governo foram enquadrados. O caso mais emblemático é o de Paulo Paim (PT-RS). Desde o início das discussões ele propunha o valor de R$ 560,00. No entanto, por pressão do PT, ele recuou e já admite votar na proposta do governo.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

SEXTA CULTURAL EM RITMO DE CARNAVAL

Secretaria de Cultura realiza mais uma Sexta Cultural dia 04 de março em ritmo de Carnaval 2011.
A Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude, com o apoio da Prefeitura de Meruoca e Secretaria de Cultura do governo do estado, realizam mais uma Sexta Cultural que acontecerá dia 04 de março, a partir das 19:00h, na Praça Monsenhor Furtado, em clima de carnaval.

Estarão se apresentando na Sexta Cultural as seguintes atrações:
Apresentação do grupo de dança: Swingão Quebra Tudo
Banda Doce Loucura
Dj TS e Dj Spancer
Feira de artesanato
Encontro dos blocos de carnaval de Meruoca
Sexta Cultural.
Uma realização da prefeitura de Meruoca - Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude Apoio Cultural: Governo do Estado do Ceará - Secretaria da Cultura

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

SANCIONADA A LEI QUE OFICIALIZA TAXISTAS EM MERUOCA

Prefeito Fonteles sanciona a LEI que regulamenta o serviço de transporte remunerado de passageiros por meio de táxi em Meruoca
Projeto de Lei N. 773/ 2010, que regulamenta o Serviço de Transporte Remunerado de Passageiros por Meio de Táxi no Município de Meruoca, recebeu a sanção do Prefeito Fonteles, criando de forma oficial esse transporte remunerado.
De acordo com o Projeto, o serviço de Táxi remunerado será permitido somente à pessoa física e consiste o transporte de pessoas entre quaisquer ponto do território municipal. Esse transporte de Táxi deverá ser de até quatro passageiros, realizado em veículos adequado e conduzido por condutor devidamente credenciado, licenciado e detentora de autorização para a exploração do serviço, além de ser motorista profissional para exercer a atividade de condução de veículo.
Para o candidato a condutor de táxi exercer a função, deverá atender os seguintes requisitos:
* Maior de 18 anos; Habilitado com no mínimo dois anos de experiência na função; Apresentar Identidade, CTPS, CPF, Título de Eleitor e Comprovante de Residência; certidão Negativa Criminal; Ser proprietário do veículo e registro de Licenciamento de veículo no Ceará e em Meruoca, além de residir no município por no mínimo um ano e possuir o alvará municipal.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

PREFEITO SE REUNIU COM SECRETÁRIOS PARA TRATAR DAS INAUGURAÇÕES E ORDENS DE SERVIÇO EM MERUOCA

Prefeito Fonteles reunirá nesta segunda-feira(21), secretários municipais e assessoria de imprensa para tratar das inaugurações e ordens de serviço no município
Prefeito Fonteles-PT, esteve se reunindo com os secretários municipais e com a assessoria de imprensa, para tratar da reinauguração da Praça José Vidal, que acontecerá no dia 26 de fevereiro, e anunciar as próximas, e também as ordens de serviço para outras obras no município.
De acordo com informações, o prefeito Fonteles disse que pretende com essa reunião acertar com os secretários um cronograma de inaugurações, das muitas obras que estão prontas e outras que está faltando pouco para serem concluídas. Fonteles também anunciará a contratação de mais profissionais para a Assessoria de Imprensa do Município, para que a gestão municipal possa ser muito mais divulgada ainda. Fonteles também pretende conversar com os secretários e a imprensa, sobre o Site da Meruoca, e a rapidez na informação de todas as secretárias, bem como lançar uma revista do município, mostrando os feitos de sua administração.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

EM FASE DE ACABAMENTOS E DETALHES, A IGREJA MATRIZ JÁ TEM DATA DE INAUGURAÇÃO

A Igreja Matriz de Alcântaras que está em fase de acabamento e detalhes, já atrai muitos visitantes e curiosos.
Já foram aplicados os vitrores das laterais inferiores, piso, portas, teto, conclusão de uma torre e outros detalhes.
Na última Missa Dominical próxima passada, o Padre Edmilson, anunciou a data prevista para sua inauguração, que será dia 20 de outubro de 2011, por ocasião da Abertura dos Festejos de N.Sra do Perpétuo Socorro, a data foi recebida com festa e alegria pela assembléia.
Neste momento ainda, o Padre aproveitou para levar a público alguns valores como a compra das luminárias da mesma que custarão R$ 15.000,00. E ainda aproveitou para lançar uma nova campanha que é para a aquisição dos bancos. Sugere-se que os bancos sejam doados pelas Capelas e pelas famílias, cada banco custa R$ 800,00 e são num total de 32.

EXECUÇÃO SUMÁRIA: HOMEM FUZILADO DENTRO DO CARRO

João Mariano da Costa, 38, o ´Chinês´, acusado de tráfico de drogas, não teve tempo de reagir ao ser perseguido pelos assassinos. Ao volante do Renault Clio, de placas KLA-1832 (CE), ele tombou no banco do passageiro, depois de ser baleado duas vezes na cabeça. O crime ocorreu na tarde de ontem, no cruzamento da Rua Farias Lemos com a Avenida Ministro José Américo, no Parque Iracema (Grande Messejana).


 
 
Corpo ficou debruçado no banco do passageiro. A Polícia já tem pistas para identificar o responsável pelo crime


  Segundo a Polícia, a namorada da vítima, cujo nome não foi divulgado, estava no banco do passageiro do automóvel no momento da execução, mas não foi atingida e, em seguida, fugiu do local. Segundo levantamentos realizados por policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e militares da 2ª Companhia do 5º BPM (Messejana), o principal suspeito é o cunhado de João, identificado apenas por Bruno.
Testemunhas relataram ter presenciado o momento em que o automóvel guiado pela vítima parou no cruzamento e, em seguida, um veículo Polo, com três pessoas a bordo emparelhou com o Renault Clio. Instantes depois foram ouvidos vários estampidos.
Agonizando
As primeiras pessoas que apareceram ao local do crime ainda encontraram a vítima agonizando, contudo, ela morreu antes da chegada do Samu.
Logo depois do assassinato, a informação sobre os suspeitos foi repassada às equipes do Policiamento Ostensivo Geral (POG) e do Ronda do Quarteirão. Três jovens foram detidos em um veículo semelhante, em Messejana, mas de acordo com o diretor adjunto da DHPP, delegado Franco Pinheiro, eles não tinham ligação com o caso.
O major PM Lourival Lima, comandante da 2ª Cia/5ºBPM, compareceu à Rua Farias Lemos e afirmou que todas as patrulhas, inclusive as equipes do Serviço Reservado, estavam realizando diligências para tentar localizar e prender os acusados. Os policiais da DHPP estiveram na residência da jovem, situada na Parque Iracema e também no apartamento de Mariano, localizado no bairro Paupina.
Nos dois locais, os inspetores e o delegado Franco Pinheiro obtiveram a informação de que ela havia passado rapidamente, apanhado alguns objetos e saído novamente. "Ela é a testemunha-chave e nós já temos uma linha de investigação. Estamos tentando localizá-la", afirmou o diretor da DHPP.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

ZONA NORTE: MANIFESTAÇÃO MOBILIZA ALTERNATIVOS

Detran diz que continuará as fiscalizações nas vias para garantir direito para a cooperativa licitada


Na CE-362, entrada de Senador Sá, os donos de veículos alternativos queimaram pneus e exibiram faixas e cartazes contra as fiscalizações do Detran. Eles querem direito ao tráfego


Um protesto de donos de transportes alternativos fechou por duas horas a CE-362, na entrada deste Município e principal rodovia da região Norte, na manhã de ontem. Eles não conseguiram participar da licitação estadual para o setor, o que motivou a manifestação.
Com cartazes, faixas e fogos de artifícios, eles fecharam a rodovia com veículos e queimaram pneus, ocasionando uma grande fila de carros que tentavam seguir viagem, com destino às cidades de Granja e Sobral. "Vejo a necessidade deles fazerem o protesto. Sou usuária e tenho dificuldade de chegar ao trabalho por conta do número insuficiente de veículos hoje disponível", disse Gláucia Pereira, que trabalha no Hospital de Granja e que ficou presa na manifestação.
Francisco Aparecido Albuquerque, dono de veículo de transporte alternativo, lamenta não poder mais fazer o transporte e reclama da fiscalização. "Hoje, qualquer viagem que a gente faz é abordado por fiscais do Detran e da Polícia Rodoviária Estadual. Até um parente que a gente precisa levar a um hospital, por exemplo, não pode mais", disse Aparecido, que fazia a condução de passageiros entre as cidades de Uruoca, Senador Sá e Sobral.
Sustento da família
Outro que reclamava da situação era José Aurimar de Freire, que há mais de 12 anos trabalhava no sistema. "Minha família esta passando necessidade. Era daqui que tirava o sustento".
O assessor de imprensa do Detran, Paulo Ernesto, reconhece a insatisfação de muitos profissionais dos transportes alternativos, porém, esclarece que não é permitida a prática do transporte clandestino nas linhas intermunicipais que circulam pelas rodovias estaduais, onde foi realizada a licitação pública.
A Cootman foi a vencedora da licitação pública, realizada em 2009, para a permissão do serviço de transporte complementar rodoviário intermunicipal em Senador Sá, Uruoca, Sobral, Martinópole e Massapê.
Pleito
27 cooperativas operaram no transportes de vans no Município de Senador Sá, na Zona Norte do Estado. Os motoristas reivindicam espaço para trabalhar.

ASSEMBLEIA VETA PEDIDO DE INFORMAÇÕES SOBRE VIAGEM DE CID

40 dos 42 deputados votaram contra o requerimento de Heitor Férrer. O resultado sinaliza mais 4 anos de tranquilidade para Cid na Assembleia



Dep. Heitor Ferrer (PDT)único deputado que faz oposição, de fato, ao Governo Cid













A Assembleia Legislativa votou contra o requerimento do deputado Heitor Férrer (PDT) que pedia explicações ao governador Cid Gomes (PSB) sobre viagem de férias no jatinho do empresário Alexandre Grendene, um dos financiadores de sua campanha à reeleição em 2010 e cuja empresa, a Grendene, recebe incentivos fiscais do Estado.
Pela primeira vez, desde que assumiram o atual mandato, no início do mês, os deputados estaduais lotaram o plenário da Casa. Foi o primeiro teste das bases aliada e opositora em votação a favor ou contra os interesses de. A presença maciça dos parlamentares garantiu a quase unanimidade votos contra o requerimento.
De pé figuraram os parlamentares que reprovavam o requerimento, diante de Heitor, único sentado em plenário, em sinal da defesa de sua solicitação. Para não afirmar que foi somente ele, o ex-vice-governador, deputado Francisco Pinheiro (PT), esqueceu-se de se levantar para sinalizar seu voto contrário. Ele ergueu-se em seguida, constrangido, em risos. À exceção do único voto a favor e da abstenção do deputado Moésio Loiola, que disse estar dividido, todos foram contrários a pedir explicações ao governador.
O próprio colega de partido de Heitor, deputado Ferreira Aragão - que é líder do PDT na Assembleia - orientou que a bancada, formada ainda pela deputada Patrícia Saboya, votasse contra a proposta. Patrícia, sentada ao lado de Heitor, foi a primeira a sair do plenário, após votar contra. O plenário esvaziou-se após a votação.
Acusações
Os discursos desfavoráveis ao pedido de explicações ao governador “centraram fogo” a Heitor Férrer. Wellington Landim (PSB) disse que ele foi “infeliz”. Carlomano Marques (PMDB) atribuiu ao pedetista atitude “de homens da Idade Média”. Tin Gomes (PHS), parente do governador, disse que o deputado queria puxar para si “os holofotes da imprensa, as páginas de jornal”. Exaltado, o líder do Governo na Casa, Antônio Carlos (PT) protestou, aos gritos, na tribuna, contra o requerimento. “Todos têm direito a ter férias”, disse, antes da votação, pedindo o voto contrário dos parlamentares.
A Heitor coube a resignação. “Fica o juízo de valor de quem está nos assistindo. Me foi negado o direito constitucional de fiscalizar os atos do Poder Executivo. Mas foi também, com a rejeição do meu requerimento, que assinou a confissão de culpa do senhor governador em ter violado a lei. E não é a primeira vez”, disse, após sofrer a derrota, isolado, mais uma vez. Heitor afirmou que deverá encaminhar documentação ao Ministério Público.
Por quê
ENTENDA A NOTÍCIA
Heitor Férrer, único deputado que faz oposição, de fato, ao Governo, entrou com requerimento na Assembleia pedindo explicações sobre a viagem de Cid argumentando que poderia ter havido improbidade administrativa.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

VITÓRIA DO GOVERNO: DEPUTADOS APROVAM NOVO MÍNIMO DE R$ 545

Planalto quer colocar o projeto em votação no Senado já na próxima quarta; texto determina reajuste por decreto

 
A sessão na Câmara também foi marcada por protestos. Na hora da votação, manifestantes de centrais sindicais, que defendiam o valor de R$ 560, deram as costas ao plenário
 

A presidente Dilma Rousseff obteve sua primeira vitória no legislativo, ontem, mantendo o valor de R$ 545 para o salário mínimo.
Na última votação, que derrubou o valor de R$ 560 proposto pelo DEM e pelas centrais sindicais, foram 361 votos contra, 120 favoráveis e onze abstenções. Na votação anterior, da emenda do PSDB de R$ 600, foram 106 votos favoráveis, 376 contrários e sete abstenções.
O texto aprovado ontem estabelece ainda a política de valorização do salário até 2015, com base na regra de aplicação da inflação mais o índice de crescimento da economia de dois anos antes.
Segundo o governo, um total de 47,7 milhões de pessoas recebem o salário mínimo, entre trabalhadores formais e informais (29,1 milhões) e beneficiários da Previdência (18,6 milhões).
Por essa regra, o Ministério da Fazenda prevê mínimo de R$ 616 em 2012. Desde o dia 1º de janeiro, o salário mínimo é de R$ 540, no ano passado era R$ 510, valor estipulado por medida provisória. Caso a aprovação no Senado ocorra ainda em fevereiro, os R$ 5 a mais passam a vigorar em março, sem retroagir para janeiro.
O texto diz ainda que nos próximos anos, os valores serão determinados por decreto, sem passar pelo Congresso.
O PDT foi o único dos partidos aliados que não defendeu formalmente os R$ 545, mesmo com a pressão do Planalto sobre o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, presidente licenciado da legenda.
Senado
A proposta ainda deve passar pela aprovação do Senado. O governo quer colocar o projeto em votação na próxima quarta-feira, para que seja sancionado rapidamente pela presidente.
O líder do governo, senador Romero Jucá (PMDB-RR), disse que vai sugerir audiência conjunta de comissões da Casa para ouvir o ministro da Fazenda Guido Mantega Fazenda. Os governistas esperam aprovar os R$ 545 sem sobressaltos na Casa.
Tiririca erra
Segundos depois de dizer que apoiaria o governo e seu partido na discussão sobre o salário mínimo, o deputado Tiririca (PR-SP) votou a favor dos R$ 600, apresentado pelo PSDB.
Questionado, ele disse que tinha votado não. Informado que na listagem oficial da Câmara tinha saído sim, afirmou: "Ih, então eu votei não e saiu sim". Ele foi sorteado para discursar na última segunda-feira, mas preferiu adiar sua estreia.
´AJUDA´
Oposição não oferece resistência à proposta
O governo contou com partidos cordatos na votação do salário mínimo na Câmara. As maiores legendas de oposição e aliados abriram mão de algumas regras de tramitação para facilitar a vida do Palácio do Planalto em contraste com as últimas votações do ex-presidente Lula.
Ação rotineira em outras votações, nenhum partido pediu para votar de forma separada o valor de R$ 545, o que deixaria expostos os deputados que votassem o menor valor.
O deputado Paulo Bornhausen (DEM-SC), por exemplo, não fez questão que o seu projeto de salário mínimo de R$ 600 fosse anexado ao texto do governo, como poderia ter feito.
O governo contou também com ajuda do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS). Ele deu tratamento de comissão especial ao projeto, sem reclamações. Dessa forma a proposta teve apenas um relator, o deputado Vicentinho (PT-SP). Se não fosse assim, o projeto teria três relatores no plenário, o que poderia causar tumulto.

NA INTERNET: CID DIZ QUE QUER CIRO NO SENADO

Governador quer eleger o sucessor e ficar fora da política por um tempo. Ele defende os cortes no Orçamento


 


 
Cid Gomes na conversa com os internautas disse que o cinturão digital já está parcialmente em operação


 
 
 
 
 
 
 
 
 
O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB) disse, ontem, em conversa com internautas, no fim da tarde, que não será candidato nas eleições de 2014, quando termina o seu segundo mandato, pois está interessado é na eleição de Ciro Gomes para o Senado. Ele disse também ter pretensões de ficar no PSB e da disposição de apoiar um candidato do PT à Prefeitura de Fortaleza, no próximo ano, dependendo, porém do nome que for apresentado pelo partido.
Sobre a eleição do novo presidente da Assembleia Legislativa, o governador, ao ser questionado quanto à sua interferência na eleição da Mesa, não estaria ferindo a democracia, disse ter agido como presidente do PSB e que Roberto Cláudio foi escolhido por todos os deputados do partido, ressaltando as qualidades dele e acrescentando que será um nome de "muito futuro na política do Ceará".
Cid Gomes respondeu várias perguntas dos quase 400 internautas que acompanharam a sua participação na Internet. Quase todos os questionamentos foram relacionados à administração estadual.
O governador aprovou a decisão da presidente Dilma Rousseff (PT) em fazer cortes no Orçamento da União para este ano, afirmando que os congressistas inflaram a previsão orçamentária para a apresentação de emendas e que, na posição dela (presidente), teria feito o mesmo.
Todo Governo, no seu início, deve fazer cortes no Orçamento para garantir juntar dinheiro para os projetos que terão de ser desenvolvido no curso da administração. Cid Gomes não fez referência aos valores que deveriam ser encaminhados para o Ceará, como reportado por parlamentares do nosso Estado.
Segundo ainda o governador, a decisão da presidente em fazer os cortes no Orçamento teve a finalidade de mostrar para o mercado a disposição do Governo brasileiro de enfrentar o problema da inflação.
Acquario
Ao ser questionado sobre algumas obras estaduais, Cid Gomes disse que o Acquario vai colocar o Ceará dentre os locais mais significativos para o turismo e que a obra já está sendo tocada. Ele falou da importância do Centro de Eventos para o setor turístico do Estado, notadamente quando dos períodos entendidos como de baixa estação.
Embora evitando responder algumas indagações que ele dizia ser "provocação", Cid Gomes disse que autorizou os reitores das universidades Uva e Urca a realizarem concurso público para preenchimento de pouco mais de 60 vagas de professores e que nada há de concreto sobre a federalização dessas universidades que funcionam no Interior do Estado.
Ele reafirmou o compromisso de concluir as obras do Estádio Castelão, no início de 2013, e que pediu à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para sediar a Copa das Confederações em Fortaleza, naquele ano, e está otimista quanto à aceitação do pedido.
O governador não gostou das insistentes perguntas sobre a Defensoria Pública do Estado, embora tenha respondido a indagações sobre salários, aumento do quadro e outras vantagens para dizer que todos os compromissos assumidos com aquele órgão foram cumpridos.

COREAÚ: ABANDONO EM TERMINAL RODOVIÁRIO

O que era para ser cartão postal de Coreaú, não passa de um local em ruínas. População pede solução para o problema


 
 
Terminal Rodoviário Alferes Raimundo Leopoldo, localizado no Município do Coreaú


 
     
 


17 anos após sua inauguração, o Terminal Rodoviário Alferes Raimundo Leopoldo, em Coreaú, encontra-se em total estado de abandono. Há meses que o local não é mais utilizado por estar em ruínas. Até o teto da instalação já caiu. Mesmo com processo licitatório para reforma finalizado e empresa contratada para o serviço desde agosto de 2010, até hoje nada foi feito no local e a população pede providências.
Em 15 de março de 1994, era inaugurado pelo então governador do Estado do Ceará, Ciro Gomes, o terminal rodoviário de Coreaú. Durante a solenidade, acontecia, em Fortaleza, o sequestro de dom Aloísio Lorscheider, no Instituto Penal Paulo Sarasate. Ao saber do acontecido, o governador nem esperou o fim da inauguração e seguiu para a Capital.
O fato é que, atualmente, o terminal se tornou um péssimo cartão de visita bem na entrada da cidade. Está sem condições de uso devido à falta de manutenção e reparo na parte física, o que ocasionou o desmoronamento do teto e degradação das instalações internas e externas. Os ônibus param em um local improvisado ao lado da Secretaria de Ação Social do Município.
A Prefeitura de Coreaú levou o problema ao Governo do Estado. A reportagem tentou contato com a construtora da obra, mas até o fechamento desta edição não obteve retorno.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

REVOGAÇÃO: JUSTIÇA SOLTA ACUSADO DE UMA CHACINA E ´SAIDINHAS



Advogado Airton Amorim havia ingressado com o pedido de revogação da prisão preventiva de seu cliente


 
 
 
 
   
A Justiça colocou novamente em liberdade um dos bandidos considerados mais perigosos da Capital. Envolvido em uma chacina na qual três jovens foram mortos, no bairro Tancredo neves, além de participação no ataque a uma indústria de laticínios e em vários casos de ´saidinha´ bancária, o assaltante e homicida Silas Ferreira de Aquino foi libertado da prisão e já está de volta às ruas de Fortaleza.
A revogação de sua prisão foi assinada pelo juiz José de Castro Andrade, titular da 3ª Vara do Júri da Capital. O alvará de soltura foi expedido em favor do acusado na última quarta-feira (9), mas somente na segunda-feira passada ele deixou a cadeia na companhia de seu advogado, Aírton Amorim.
Duplo
Silas foi denunciado pelo Ministério Público por diversos crimes. O mais grave deles foi uma chacina ocorrida no dia 31 de janeiro do ano passado, quando foram mortos dentro de uma residência, no bairro Tancredo Neves, os jovens Jackson Rodrigues, 21; Júnior Rodrigues, 23 (irmãos); e Francisco Claudenilson Bernardo Pita, 19. Conforme apurou a Polícia, Silas foi um dos executores do crime e, ao ser preso em julho último, por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), foi acusado também de praticar várias ´saidinhas´ bancárias.

MANIFESTAÇÕES IRRITAM DEPUTADOS NA VOTAÇÃO DO MÍNIMO

Sindicalistas que ocupam as galerias vaiam os parlamentares que defendem a proposta do governo, de R$ 545,00, e aplaudem quem pede um valor maior para o salário mínimo
As vaias e os protestos dos centenas de sindicalistas que ocupam as galerias da Câmara dos Deputados na sessão de votação do salário mínimo, na tarde desta quarta-feira, 16, provocam irritação dos deputados.
Leia mais sobre este assunto:

Com bandeiras da Força Sindical, da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), os sindicalistas vaiam os parlamentares que defendem a proposta do governo, de R$ 545,00, e aplaudem quem pede um valor maior para o salário mínimo.
Por volta das 16h, a irritação chegou aos microfones. "É preciso tomar alguma providência, isso aqui não é a casa da mãe Joana", reclamou um parlamentar.
O líder do PPS, Rubens Bueno (PR), saiu em defesa dos sindicalistas. Ele pediu que a frase fosse retirada dos autos e defendeu o direito de manifestação de quem acompanha a sessão. Enquanto isso, nas galerias, os sindicalistas puxaram um coro defendendo a "democracia".

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

CAMADAS MAIS POPULARES: TV POR ASSINATURA MAIS ABRANGENTE

A pesquisa identificou ainda que os filmes nacionais já agradam a mais de 50% de todas as camadas sociais.

De todos os brasileiros que afirmaram pretender ter acesso à TV por assinatura, nos próximos 12 meses, 65% deles pertencem à classe C



As camadas mais populares do País já representam 50% dos brasileiros com acesso à TV por assinatura. Em se tratando da nova classe média, o potencial de crescimento é ainda maior, pois apenas 24% da classe C possui canal fechado. Os dados são do Instituto Data Popular.
O mesmo estudo aponta que 13% dos brasileiros desta camada social pretendem ter TV paga nos próximos 12 meses, ou seja, a classe C representa 65% de todas as pessoas que afirmaram desejar ter acesso a canal por assinatura neste ano.
Outro indicativo do levantamento é que as classes média e baixa preferem assistir aos filmes dublados para português. Neste caso, são 76% da C e 80% da D e E. Por outro lado, os filmes legendados não são preferência para os emergentes, apenas 7% das classes D e E preferem esses filmes, contra 15% da C e 40% das A e B.
Sobre as produções feitas no Brasil, mais de 50% de todas as classes apreciam esses filmes. Porém, são as camadas mais altas da sociedade que preferem o cinema brasileiro ao que é produzido no exterior. Enquanto 66% das classes A e B gostam de filmes nacionais, 59% da C gostam dessas produções e 57% das classes D e E.
Data Popular
Criado em 2001, o instituto tem como foco a produção de conhecimento sobre o mercado consumidor emergente no Brasil. A empresa atua no desenvolvimento de pesquisas e análises para entender como se comporta o este mercado. Seus estudos avaliam a relação com produtos e marcas para apontar melhores formas de comunicação e interação das empresas com esses consumidores.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

RESGATE: DIRETORA DO IPPOO VAI SER INTERROGADA

O inquérito que apura a fuga de dez detentos está em tramitação na delegacia de Itaitinga. Já há indícios de facilitação.




Delegado Sidney Furtado apura a denúncia de que presos tinham regalias no presídio, inclusive acesso à internet .



A diretora do Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira (IPPOO) II, Ruth Leite Vieira, deverá ser ouvida nos próximos dias no inquérito que apura a fuga cinematográfica de dez presos daquela unidade prisional, na tarde do último sábado (5).
O caso está sendo investigado pelo delegado Sidney Ribeiro Furtado, titular da Delegacia Metropolitana de Itaitinga (DMI), em parceria com a delegada Sâmia Dias, do Departamento de Inteligência Policial (DIP).
De acordo com Ribeiro, a diretora do presídio poderá esclarecer algumas questões ainda sem respostas, como a denúncia de que os detentos que escaparam, a maioria, de alta periculosidade, tinham regalias na penitenciária, inclusive com acesso à internet e aparelhos celulares. Além disso, o delegado considera "inadmissível" o fato de os presos estarem com pistolas no momento do resgate.
Outras questões ainda sem explicação, devem ser objeto da investigação, como ressalta o presidente do inquérito. "Das 16 câmeras de segurança instaladas, menos da metade estava funcionando. Por que presos tão perigosos e já condenados estavam no IPPOO II e ainda abrigados no Primeiro Pavilhão, local com acesso mais fácil a recepção?", indaga Ribeiro.
Para o delegado, não há dúvidas de que houve facilitação, contudo, ele afirmou ainda não ser possível dizer quem contribuiu para a fuga, se agentes, funcionários administrativos ou policiais militares. "Já temos informações de como o armamento pode ter entrado no presídio, mas ainda estamos apurando qual delas foi utilizada".
Depoimentos
Além da diretora, todas as pessoas que visitaram parentes dos detentos estão sendo intimadas a comparecer à delegacia. Até ontem, 11 pessoas já haviam sido ouvidas, entre agentes penitenciários, policiais militares e advogados.
Além de Alexandro de Sousa Ribeiro, o ´Alex Gardenal´, também escaparam, Marcos Rogério Machado de Morais, o ´Rogério Bocão´; Antônio Reginaldo Araújo, Edésio Batista das Neves Sobrinho; Edson Barbosa Andrade Silva; Fernando Carvalho Pereira; Francisco Mauro Jean de Lima; Rosielio Chaves Vieira, Francisco das Chagas Rodrigues; e Francisco Edwerton Amaro Honório. Alguns criminosos respondem pelo furto ao Banco Central, outros por sequestros e assaltos.

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter