quinta-feira, 31 de maio de 2012

Recomendação à AL: TCE aprova contas de Cid com ressalvas

Alguns conselheiros reclamaram do fato de o Governo não seguir as recomendações feitas pelo Tribunal de Contas
O Tribunal de Contas do Estado (TCE) recomendou que a Assembleia Legislativa aprove com ressalvas as contas anuais do Governo Cid Gomes (PSB) referentes ao exercício de 2011. Conforme o relatório apresentado pela conselheira Soraia Victor, na sessão de ontem, as falhas observadas na prestação de contas não são suficientes para gerar sua rejeição, mas evidenciam a necessidade de o Governo do Ceará adotar providências e seguir as recomendações feitas pela Corte.
A relatora Soraia Victor afirma que a recomendação de aprovação com ressalvas é uma forma de mostrar que o TCE está atento à fiscalização

Quase todos os conselheiros da Corte seguiram o voto da relatora, de maneira que apenas o conselheiro Pedro Timbó votou contra. Dentre os principais problemas identificados, estão a baixa execução de programas relacionados à saúde pública e ao combate às drogas, além do crescimento do número de terceirizados na administração estadual. Ao todo, foram propostas pelo menos 62 recomendações ao Governo do Estado do Ceará.
Uma das questões destacadas pela relatora Soraia Victor foi a baixa execução orçamentária de projetos relacionados à saúde, embora os gastos do Governo na área tenham crescido em relação a anos anteriores. Além disso, outro ponto ressaltado foi a total ausência de execução financeira para determinadas ações de combate às drogas, tratadas como prioritárias nas metas traçadas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).
Sobre essa questão, o relatório aponta que é imprescindível que o TCE reitere as recomendações feitas desde a apreciação das contas de governo referentes ao exercício de 2009 no sentido de que sejam efetivadas as execuções dos recursos alocados para políticas públicas voltadas ao combate às drogas.
Já no que se refere à terceirização, a relatora Soraia lembrou que vem demonstrando preocupação sobre essa questão desde a apreciação das Contas de Governo de 2007. Conforme informou, de 2010 para 2011, houve um aumento de 16% nas despesas do Governo do Estado com terceirizados.
Terceirização
A conselheira Soraia Victor argumentou que o TCE já se manifestou categoricamente contra a terceirização de atividade fim, orientando sempre para a realização de concurso público. No entanto, a relatora observa que, em 2011, o Governo do Estado reduziu o ingresso de servidores concursados em detrimento do aumento da terceirização, contrariando as diversas deliberações feitas pelo Tribunal.
Conforme Soraia Victor, a situação da terceirização ilícita tem se agravado em entidades ligadas à Secretaria de Saúde, tendo em vista que o montante gasto com terceirização teria superado em mais de 100% o valor aplicado ao quadro de efetivos.
Durante a apresentação do relatório sobre as Contas do Governo Cid referentes ao exercício 2011, Soraia Victor frisou várias vezes algumas falhas no SIC, que teriam dificultado a avaliação sobre vários aspectos. Segundo a relatora, as informações não estão adequadas, por isso a necessidade das recomendações e das ressalvas.
"Na realidade, não tem diferença nenhuma em termos práticos (das contas aprovadas com ressalvas). As contas foram aprovadas, mas mostramos que o Tribunal está atento. Estamos adotando a mesma coisa que o TCU já faz", declara Soraia Victor, salientando que o parecer prévio das Contas de Governo trata apenas de questões macro, não analisando os gastos isoladamente.
Apelo
Conforme o relatório apresentado ontem, pelo menos 32 recomendações são remanescentes de exercícios anteriores. Diante disso, o conselheiro Alexandre Figueiredo fez um apelo às autoridades do Governo do Estado no sentido de que atendam as recomendações do Tribunal. Segundo ele, a maioria delas são simples, bastando "boa vontade" para resolver. "Se elas estivessem pelo menos diminuindo, mas as recomendações estão aumentando. Quero fazer um apelo inclusive ao corpo técnico do TCE para uma maior interação com o Estado", declarou.
Já o Auditor Itacir Todero defendeu que o Tribunal deve ter um olhar mais criterioso ao apreciar as Contas de Governo, já que nem todas as recomendações são atendidas. Ele destacou que R$ 242 milhões foram repassados pelo Governo a entidades sociais, havendo uma necessidade de maior fiscalização.
A conselheira Soraia Victor disse que o número de recomendações tem aumentado, por isso é preciso maior controle sobre os gastos do Governo. "O que queremos é que o Ceará cumpra, mas as recomendações, ao invés de diminuírem, vem aumentando. O que gera uma pergunta do Tribunal: por que essas recomendações não são atendidas?", questionou Soraia, que disse estar otimista com a presença do secretário de Planejamento, Eduardo Diogo, e do controlador-geral do Estado, João Melo.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Palestras marcaram a semana da Agrofloresta na Serra da Meruoca

 A Semana da Agrofloresta na Serra da Meruoca, aconteceu nos dias 22 a 25 de maio de 2012.

No período de 22 a 25 de maio, aconteceu no Centro de Feiras e Eventos da Meruoca, a Semana da Agrofloresta na Serra da Meruoca, quando foram debatidos vários assuntos, como o mercado da cafeicultura, manejo de SAFs-sistemas agroflorestais, mecanismos de Desenvolvimento Limpo e pagamentos por serviços ambientais.
O ciclo de debates foi uma realização do Instituto Carnaúba, contando com a participação de homens do campo e desejosos de verem no município um sistema Agroflorestal sem agressão à natureza.
Durante o evento houve a realização de curso de 20/há, para os participantes, dando destaque para "Formação de Agentes Agroflorestais. Aconteceu ainda a visita de campo na comunidade de Santo Elias, por duas turmas e no final, feira com produtos da Agricultura Familiar, lançamento de Vídeo, revista e apresentações culturais.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Meruoca participa do Dia do Desafio nesta quarta-feira (30), enfrentando Borborema-SP

A Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude, através do Departamento de Esportes, está mobilizando os meruoquenses para fazerem atividades físicas nesta quarta-feira (30), quando acontecerá o Dia do Desafio em todo o mundo
A cidade de Meruoca vem participando do Dia do Desafio desde que foi convidada, e a mobilização é geral, desde os alunos da Rede Municipal de Ensino, comerciantes, profissionais autônomos, professores, funcionários públicos e atletas de equipes de futebol de campo e salão.
Em 2011, o responsável pelo Departamento de Esportes, Vilebaldo Mendes Abreu, conseguiu mobilizar 2.746 pessoas ou 20%, para realizarem atividades físicas pelo menos 15 minutos, e registrar através do telefone gratuito do SESC 0800 285 3105. Vale praticar qualquer tipo de atividade física como caminhada, ciclismo, corrida, exercícios em empresas, gincanas, natação, entre outras modalidades.
Como forma de incentivo, a Secretaria de Educação de Meruoca, está com uma camisa e um boné para ser sorteado entre os participantes de cada escola. Neste ano, os meruoquenses estarão disputando para ver quem faz mais atividades físicas, com a cidade de Borborema em São Paulo, que tem uma população de 14.532 habitantes.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

NegóciosBritânica Diageo compra cachaça Ypióca por R$ 900 milhões

Marca é uma das mais tradicionais do Estado, tendo 166 anos de existência
O grupo britânico de bebidas Diageo anunciou nesta segunda-feira (28) acordo para comprar a fabricante brasileira de aguardente Ypióca por cerca de R$ 900 milhões (300 milhões de libras/469 milhões de dólares), aumentando presença em mercados emergentes enquanto briga por um maior espaço em tequila. O valor da transação foi antecipado, com exclusividade, pelo colunista Egídio Serpa na edição do último dia 17 de maio.
A produtora do uísque Johnnie Walker e da vodca Smirnoff, que tem planos de ter metade das suas vendas em mercados emergentes até 2015, anunciou nesta segunda-feira acordo para comprar a marca Ypióca de sua família controladora, além de parte dos ativos de produção e distribuição da bebida.
A Ypióca é a terceira maior marca do mercado de cachaça e líder de um segmento de rápido crescimento dessa bebida, o premium. A companhia, fundada em 1846 e com sede em Fortaleza, emprega cerca de 3,2 mil funcionários e tem cinco fábricas no país. A cachaça responde por cerca de 80 por cento da indústria brasileira de bebidas destiladas.
"O Brasil é atrativo, um mercado de rápido crescimento para a Diageo com demografia favorável e crescente renda disponível. A aquisição da Ypióca nos dá a marca premium líder na maior categoria local de bebidas destiladas", disse o presidente-executivo da Diageo, Paul Walsh.
Emergentes
A Diageo, assim como outros grupos internacionais de bebida, tenta se fazer presente em países emergentes para compensar a demanda instável na Europa.
O grupo há muito tempo negocia com a dona da Jose Cuervo para ter uma parte da marca líder de tequila, avaliada em mais de 3 bilhões de dólares. Algumas fontes dizem que as negociações esfriaram por causa de problemas relacionados ao controle da marca.
A companhia londrina recentemente investiu em negócios como a Mey Icki (Turquia) e ShuiJingfang (China) para aumentar as vendas nos países emergentes, que atualmente respondem por quase 40 por cento do total da Diageo.
Lucro
A Diageo disse que a aquisição da Ypióca deve ser neutra para o lucro no primeiro ano de controle e cobrir o custo de capital até o quinto ano após o negócio, o que analistas dizem estar em linha com os negócios recentes. O grupo britânico não deu números exatos de lucro para a companhia brasileira.
"Nós consideramos positivo esse tipo de negócio em países emergentes, dando a liderança em marca premium local e sinergia em distribuição a médio prazo para as bebidas destiladas internacionais da Diageo", disse a analista do UBS, Melissa Earlam.
Ela estima que a Diageo tenha pago 19 vezes o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) pelo negócio e estima uma margem Ebitda de 25 por cento nas vendas anuais de 60 milhões de libras.

sábado, 26 de maio de 2012

CE 241 RECEBERÁ SINALIZAÇÃO

APÓS REPORTAGEM RODOVIA SERA SINALIZADA HORIZONTALMENTE

CE 241 - Chegada de Alcãntaras-CE
A CE 241 - Trecho Alcântaras/Entrocamento Meruoca deverá receber sinalização vertical nos próximos dias.
A rodovia estadual que foi recapeada pela Empresa R.Furlane em em janeiro de 2012 foi mostrada durante uma reportagem de um jornal televisivo cearense que evidenciou a falta sinalização da via durante a cobertura das condições da CE 440 que liga os municípios de Meruoca a Massapê e que não possui acostamento.
A estrada que há cinco meses recebeu o revestimento asfáltico encontra-se sem as faixas de contorno ( amarelas e brancas) que ficam no cento e nas bordas da estrada respectivamente, o que torna perigoso o tráfego nortuno, onde muitos condutores podem confundir a real largura da pista pode ndo resultar em acidentes.
As faixas amarelas bem como as brancas servem de sinalização horizontal e são obrigatórias segundo o CTB ( Código de Transito Brasileiro). As faixas são utilizadas em vias com unico/duplo sentido(s) de circulação e indicam o seguinte:
  • Amarela descontinua: permite a ultrapassagem
  • Amarela continua única:proibe a ultrapassagem
  • Amarela continua dupla: proibe a ultrapassagem em ambas as vias.
  • As faixas brancas normalmente são utilizadas em via de sentido unico de direção e informam que as tracejadas permitem a mudança de faixa e as continuas proíbem mudar faixa de circulação.
No caso das CEs a faixa branca regula os acostamentos, sendo que quando continua proibe a parada e estacionamento de veiculos nestas vias. A CE 241 recebeu marcação em seus 19km onde deverá ser pintada as faixas e também teve suas margens roçadas na manhã desta quarta-feira,23.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

CPI DO CACHOEIRA:: Aliado de bicheiro nega acusações

O ex-vereador disse que não entregou dinheiro de Carlinhos Cachoeira ao governador de Goiás Marconi Perillo

Único a falar ontem à CPI do Cachoeira, o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Goiânia Wladmir Garcez surpreendeu ao ler sua defesa na abertura da sessão. Ele disse que é amigo de diversos parlamentares, governistas e de oposição e contou que ele mesmo quis comprar a casa do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), por R$ 1,4 milhão, e pediu dinheiro para o ex-diretor da Delta Centro-Oeste, Cláudio Abreu, para fazer a compra.
Também com depoimentos marcados para ontem, o sargento da reserva da Aeronáutica Idalberto Matias, o Dadá, e o sargento da Policia Militar Jairo Martins de Souza não se pronunciar e foram logo liberados.
Segundo Garcez, ele teria recebido três cheques de Cláudio Abreu, apontado como braço-direito de Cachoeira. Porém, disse que não conseguiu dinheiro para pagar o empréstimo e, assim, repassou a casa para o empresário Valter Paulo. "O professor Valter me deu R$ 10 mil como comissão pela venda da casa. Dizem que o professor seria ´laranja´ do Carlinhos, mas o professor Valter poderia comprar a própria Delta", afirmou Garcez.
Ele negou que tivesse entregue dinheiro no Palácio do governo de Goiás, conforme indicam interceptações telefônicas feitas pela PF. "Nunca houve a história de entrega de dinheiro no palácio do governo de Goiás. Essas gravações foram montadas. Nem sequer fui atendido nesse dia pelo governador".
Garcez lembrou que é amigo do senador Paulo Paim (PT-RS), do subsecretário da Secretaria de Relações Institucionais, Olavo Noleto, e do governador Marconi Perillo, e até do ex-governador de São Paulo Mário Covas, que já morreu. Ele disse também que era funcionário da Delta e de Carlinhos Cachoeira. Recebia R$ 5 mil do contraventor e R$ 20 mil da Delta para a prestação de serviços de consultoria.
Apesar de inicialmente concordar em responder algumas perguntas, Garcez acabou irritando os senadores por ficar calado. Ao final, Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) disparou.
"Caiu a carapuça do contraventor. Ele não vai dizer mais nada. Encerro minhas perguntas", disse o senador.
Logo em seguida, o depoente foi dispensado e o clima esquentou entre governo e oposição. O deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) criticou os questionamentos feitos pelo relator Odair Cunha. Segundo ele, as perguntas feitas a Garcez prestaram um "papel de política mesquinha". O tucano reclamou de perseguição ao PSDB.
STF autoriza fim de sigilo de dados
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, autorizou ontem que a CPI do Cachoeira derrube o sigilo de parte das informações que reuniu até o momento. A exceção são aquelas relativas a gravações de conversas telefônicas.
Lewandowski analisou um requerimento feito pela CPI sobre a possibilidade de acabar com o segredo de suas informações. Segundo ele, as interceptações telefônicas são sigilosas por força de lei e, por isso, não podem ser divulgadas.
O restante do material, como documentos, depoimentos ou relatórios, poderão ser tornados públicos, ficando a cargo da CPI tomar essa decisão.
Segundo o ministro, não há qualquer sigilo para os integrantes da CPI e para os investigados por ela. A lembrança foi feita para evitar que ocorra uma chuva de habeas corpus no STF de pessoas chamadas a depor, pedindo o adiamento de sessão sob a alegação de que não tiveram o acesso ao material da comissão.
Foi isso que ocorreu com Carlinhos Cachoeira, principal alvo da comissão, que conseguiu no STF adiar o depoimento após sua defesa não conseguir acessar informações.
Lewandowski manteve o sigilo do inquérito sobre as supostas relações entre Cachoeira e o senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO), por entender que, se tornado público, poderia prejudicar as investigações.
O ministro enviou ao presidente da CPI, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), áudios relativos à Operação Monte Carlo. São nove DVDs com cerca de mil horas de conversas.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

CPI: Cachoeira fica calado no depoimento

Os ministros da Quinta Turma do STJ decidiram, por 3 votos a 1, manter o contraventor goiano na prisão


Diante da negativa do empresário Carlinhos Cachoeira de responder às perguntas dos parlamentares, a CPI do Cachoeira encerrou a reunião que tentava obter o depoimento do empresário. Ele usou o direito constitucional de ficar calado, já que é investigado pela comissão. Durante a sessão, o empresário deu as mesmas repostas às perguntas que lhe foram feitas e chegou a se incomodar com a insistência.
Cachoeira foi inclusive xingado pelos parlamentares. O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) o chamou até de "marginal". O presidente da CPI, Vital do Rêgo (PMDB-PB), decidiu tentar marcar uma nova data para o depoimento, depois que Cachoeira falar na Justiça.
Ao sair da sessão, o advogado do empresário, Márcio Thomaz Bastos, afirmou que seu cliente pode auxiliar nas investigações, mas ainda acredita que a Justiça irá suspender parte das provas reunidas contra ele pela Polícia Federal na Operação Monte Carlo. "A intenção dele é contribuir, mas é preciso que ele contribua sem que seu direito de defesa seja ferido", disse.
O advogado ressalvou que Cachoeira pode guardar silêncio. "Ele pode não falar nunca, se quiser, é um direito que ele tem", disse Bastos.
Ex-ministro da Justiça, Thomaz Bastos afirmou que o depoimento poderia ocorrer depois que Cachoeira seja julgado no processo oriundo da Monte Carlo, que corre na Justiça em Goiânia (GO). "Espero estudar as provas para dar a ele uma orientação segura".
Prisão
Os ministros da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiram, por 3 votos a 1, manter na prisão o empresário Carlos Cachoeira. Ele foi preso em fevereiro, como resultado da Operação Monte Carlo da Polícia Federal, que investigou a exploração ilegal de jogos em Goiás e constatou a atuação de uma rede criminosa envolvendo autoridades e empresários.
O julgamento do habeas corpus de Cachoeira começou na semana passada, mas foi interrompido por um pedido de vista do desembargador convocado Adilson Macabu, que alegou estar com "inquietações jurídicas".
Na ocasião, o placar já estava em 3 votos a 0 pela manutenção da prisão de Cachoeira e havia poucas chances de algum ministro mudar de posição. Na retomada do julgamento ontem, Macabu disse que não há motivo para manter Cachoeira preso neste momento do processo. Em vez da prisão, Macabu propôs que Cachoeira fosse proibido de sair de Goiânia, onde mora, se apresentasse periodicamente a um juiz e que entregasse o passaporte à Justiça, para não poder deixar o país.
Faltou
Testemunha de defesa do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) no Conselho de Ética do Senado, o advogado Ruy Cruvinel alegou "motivos pessoais" para recusar o depoimento ao colegiado, marcado para ontem. Em ofício encaminhado ao conselho, Cruvinel disse que "em consideração à sua família" recusaria o convite para optar por sua privacidade".
Processo
3 votos a 1 foi o resultado do julgamento do Superior Tribunal de Justiça que definiu a manutenção da prisão do empresário Carlinhos Cachoeira

Princesa do norte´: Abandono de praças e quadras

A cidade que já se destacou devido à beleza, tem praças hoje que passam por problemas como a falta de manutenção e de segurança. As quadras esportivas também se encontram na mesma situação.

Em frente ao Theatro São João, um dos cartões de visita de Sobral, a praça que leva o mesmo nome encontra-se suja e com as plantas morrendo. De acordo com os taxistas que fazem ponto no local, desde o fim do convênio entre Prefeitura e Sistema Autônomo de Água e Esgoto, o estado da praça tem piorado.
O taxista Augusto Guedes afirma que nenhum funcionário aparece regularmente para realizar a limpeza e, quando aparece, varre apenas a calçada e deixa a grama coberta de folhas. Na fonte, o lixo se acumula ao fundo. Em alguns pontos a grama já não existe. Os transeuntes reclamam do mau cheiro.
Segundo ele, os alunos que vão para a parada do ônibus na praça, jogam pedras e lixo na fonte, que ainda tem peixes.
"É ruim pra gente, ver uma praça que foi reformada há pouco tempo ir ficando desse jeito. Volta e meia tem até gente tomando banho na fonte à noite. Um funcionário aparece às vezes com uma mangueira curta, que não dá pra aguar tudo o que precisa", comentou o taxista.
Sem iluminação
No Bairro do Junco, a situação não é diferente. De acordo com os moradores do bairro, a praça com quadra anexa está tomada pelo lixo. Preferindo não se identificar, um morador falou que a iluminação precária e a falta de segurança no local atraem dependentes químicos.
Outra moradora disse que não deixa seus filhos brincarem na praça, pois ela teme pela segurança deles. Toda a estrutura apresenta rachaduras e em alguns cantos já caíram partes da construção. Ela afirma que "na quadra, quando há jogo, sempre há brigas". Residente há 25 anos no Bairro Sinhá Saboia, João Paulo de Sousa também teme pela segurança dos seus parentes. De acordo com ele, o consumo de drogas é feito durante o dia e quase todos os dias há troca de tiros na quadra Mestre Severo, onde moradores de outras ruas jogam lixo.
Na Quadra de Esportes da Cohab II, o problema se repete. As traves e grades de segurança foram removidos há cerca de seis meses para a realização de um evento, de acordo com o comerciante Antônio Félix Xavier. Ele reclama que bolas do futebol atingem constantemente seu comércio, danificando produtos e causando transtornos.
Outro morador, João Paulo, comenta que a única manutenção que a quadra possui é o retoque da pintura. Segundo ele, quem joga na quadra, normalmente sai com os pés machucados devido à precariedade do piso. De acordo com o coordenador de Equipamentos do Município, Antônio Dias Lima Filho, as quadras da cidade estão sendo restauradas. Conforme informou, as quadras que necessitam de pequenos reparos estão sendo feita em mutirão, enquanto outras como a do Bairro Sinhá Saboia e Cohab II estão em processo de licitação para uma reforma geral. A previsão dada por ele é que até o meio do ano as obras se iniciem.
Quanto à quadra da Praça do Junco, o coordenador afirmou tratar-se de um caso especial. Devido ao tempo da obra, a quadra não se apresenta dentro dos parâmetros necessários. Atualmente, há um estudo visando transformar o local em uma academia popular, no entanto, ainda sem previsão. Hoje, a Prefeitura possui seis quadras em processo de licitação, algumas delas acompanhadas de praças.
Em relação à Praça do Theatro São João, o local faz parte do Programa Compromisso Verde, da Prefeitura, no qual empresas privadas adotam uma praça e ficam responsáveis pela recuperação, conservação e irrigação do local. Mas, no momento, esta não está adotada.

Caminhada contra o abuso da criança e adolescente

No dia contra os abusos de crianças e adolescentes, Meruoca se mobilizou para chamar a atenção de seus munícipes.
A Secretaria de Inclusão e Promoção social realizou na última sexta-feira(18), passeata pela ruas e avenidas de Meruoca, para chamar a atenção dos munícipes contra os inúmeros abusos que acontecem no seio da família, e que vem sendo combatido com seriedade e responsabilidade pela Secretaria, Conselho Tutelar e Ministério Público.
A luta pela conquista do Estatuto da Criança e do Adolescente, começou na redemocratização do Brasil ao longo da década de 1980. Em 13 de julho de 1990, é promulgada a Lei no. 8.069 – o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Essa lei representa uma mudança de paradigma na área da infância e da juventude, incorporando uma nova concepção de criança e adolescente.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Terremoto na Itália mata sete e deixa 3 mil desabrigados

O abalo sísmico fez com que o primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, encurtasse uma viagem aos Estados Unidos


Sete mortos, 50 feridos e três mil desabrigados. Este foi o saldo do terremoto registrado ontem no norte da Itália e que alcançou os 6 graus de magnitude na escala Richter, disse o responsável de Defesa Civil da região Demetro Egli.
Na fábrica de Bondeno, na província de Ferrara, região de Emilia Romanha, morreu um trabalhador marroquino de 29 anos, que terminava seu turno às cinco da madrugada. Uma viga despencou na sua cabeça depois que o teto da construção caiu. Os outros trabalhadores não sofreram ferimentos.
Nicola Cavicchi, que tinha decidido substituir uma colega, e Leonardo Ansaloni, que terminavam seu turno às seis da manhã, trabalhavam no departamento de cocção da fábrica de cerâmica de San Agostino quando o telhado caiu em cima deles e morreram, disse o representante do sindicato local Victor Battagia.
Uma mulher alemã, Gabi Ehsemann, de 37 anos, que estava na Itália por motivos de trabalho, morreu em San Alberto de San Pedro em Casale, Bolonha, provavelmente por causa de uma crise provocada pelo medo durante o terremoto.
Uma mulher de mais de cem anos de San Agostino também morreu devido à comoção causada pelo tremor. Um trabalhador da Tecopress, uma fundição em Dosso, bairro de San Agostino, foi encontrado morto. A sétima vítima foi uma mulher de 86 anos - Anna Abeti, moradora de Vigarano Mainarda, que sentiu-se mal e teve um derrame.
Removidos
Na localidade de Mirandola, província de Ferrara, os doentes em estado grave do hospital local foram removidos, assim como os idosos de um asilo. O terremoto de 6 graus de magnitude na escala Richter registrado às 2h03 deste domingo (horário local, 11h03 de sábado em Brasília) na região de Emília-Romanha (norte da Itália) foi sentido também em outras localidades como Toscana, Vêneto, Lombardia, Tretino-Alto Ádige e Friuli Venezia Giulia.
O tremor, que teve seu epicentro a 5 quilômetros a leste da localidade de San Felice sul Panaro, segundo o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália, foi precedido por outros dois, um de intensidade 4,1 e outro, de 2,2 graus. Em várias cidades, muitas pessoas saíram para as ruas em pânico ao sentir o tremor, que durou cerca de 20 segundos. Segundo o Serviço de Vigilância Geológica dos Estados Unidos (USGS), o tremor foi registrado a uma profundidade de 10,1 quilômetros. Os italianos reviveram o terremoto de Abruzzo (centro da Itália) que, no dia 6 de abril de 2009, teve uma magnitude de 5,8 graus na escala Richter, provocou a morte de 308 pessoas, 1.600 feridos e milhares de deslocados, devastando povoados da região e o centro histórico da cidade de Áquila.
Um novo tremor, de 5,1 graus na escala Richter, foi registrado neste domingo às 10h18 ( horário de Brasília) na Itália como réplica do terremoto que atingiu o país na noite de sábado, provocando novos desabamentos, apontaram especialistas do Instituto de Geofísica italiano. Foi registrada apenas uma pessoa ferida, um bombeiro que foi levado ao hospital em estado grave pós ter sido atingido pelo desabamento da Torre do Relógio de Finale Emilia.
Evacuação
Por conta do primeiro tremor de terras, na noite de sábado, três mil pessoas foram deslocadas ontem na Itália. A maior parte dos deslocados encontra-se na província de Modena, e outros 500 foram evacuados na província de Ferrara, enquanto réplicas continuam sendo sentidas, algumas de forte intensidade.
Segundo o jornal "Il Corriere della Sera", o tremor causou um prejuízo de 250 milhões de euros à associação de fabricantes de queijo parmesão. O primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, vai encurtar a viagem aos Estados Unidos, onde participa da reunião de cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).
Monti voltará ao país para acompanhar a situação depois de um ataque a uma escola e do terremoto, incidentes que deixaram mortos e feridos. "Em virtude dos graves eventos, ele só participará do primeiro dia de trabalho da cúpula da Otan", disse uma porta-voz.
Vítimas
6 Graus na escala Richter foi a magnitude do terremoto que deixou sete mortos e 50 feridos, no último sábado, na região norte da Itália
Abalo sísmico causa prejuízos
A região do nordeste da Itália sofreu "notáveis danos ao patrimônio cultural", depois do forte terremoto da madrugada deste domingo, informou em nota o ministério para os Bens Culturais. "Depois de uma primeira avaliação, (observou-se que) os danos foram notáveis", diz o comunicado, ao fazer um primeiro balanço do terremoto, que causou a morte de pelo menos seis pessoas, deixou dezenas de feridos e destruiu monumentos históricos da região de Ferrara, cidade declarada Patrimônio Mundial da Humanidade em 1995.
Importantes monumentos de Ferrara, com uma estrutura urbanística que remonta ao século 14, sofreram danos, entre eles a praça Savonarola assim como a fachada do Castelo Estense, emblema da cidade.
O Prédio da prefeitura de Sant´ Agostino, próximo à cidade de Ferrara, foi danificado. Também foram registrados deslizamentos e rachaduras em várias igrejas importantes, entre elas a de São Carlo e de Santa Maria in Vado. Na pequena localidade de Poggio Renatico, na região de Ferrara, a torre do relógio do Castelo Lambertini, sede da prefeitura, foi derrubada.
A Itália conta com um patrimônio artístico inestimável, cuja fragilidade ficou evidente durante os terremotos de setembro e outubro de 1997 em Umbria e Marcas, duas regiões do centro.
Nessa ocasião, a basílica de São Francisco de Assis, famosa pelos afrescos de Giotto, desabou e teve que ser submetida a uma importante e cara restauração. Uma hora depois do terremoto, sentido em todo o nordeste da Itália, houve uma réplica de 4,9 graus no norte da província de Modena, que provocou desmoronamentos de algumas fábricas em Bondeno.
A Defesa Civil informou ainda que o sismo derrubou a igreja de San Felice sul Panaro, na província de Modena. Na cidade de Mirandola, província de Ferrara, os pacientes em estado grave de saúde foram transferidos do hospital local, assim como os idosos de uma casa de repouso. Além disso, foram detectados graves danos materiais em Ferrara, onde se reportaram à polícia e proteção civil desmoronamentos de numerosas casas e prédios históricos.

Código Florestal: Manifestantes pedem veto integral a Dilma

A campanha "Veta, Dilma" virou uma febre nas redes sociais. Famosos, como Gisele Bündchen, participam


Uma manifestação em São Paulo pediu ontem para a presidente Dilma Rousseff vetar integralmente a reforma do Código Florestal, aprovada na Câmara em abril.
Ela tem até o dia 25 para sancionar ou vetar o texto, na íntegra ou em partes. Segundo a Polícia Militar, cerca de 1.500 pessoas participaram do ato que começou às 10h em frente ao Movimento às Bandeiras, no Ibirapuera, e faz parte da campanha "Veta Tudo, Dilma!", organizada pelo Comitê Brasil em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável e pelos movimentos Floresta faz a Diferença e Mangue Faz a Diferença.
O texto do deputado federal Paulo Piau (PMDB-MG), aprovado no último dia 25, desagradou ao Planalto. Dilma considerou que trechos importantes do texto aprovado pelo Senado foram suprimidos pelo peemedebista. Por causa disso, o Planalto chegou a estudar um veto na íntegra ao texto.
O governo está de olho também nos dividendos eleitorais da rejeição ao texto de Piau. A campanha "Veta, Dilma" virou uma febre nas redes sociais. Anteontem, a modelo Gisele Bündchen postou uma foto na internet com um cartaz com a mensagem "Veta tudo, Dilma!"´, sobre o Código Florestal.
Além disso, a repercussão internacional negativa da reforma do código tem preocupado Dilma, que precisa atrair o maior número possível de chefes de Estado à Rio+20, em junho.
Mobilização nacional
A mobilização foi promovida pela Fundação SOS Mata Atlântica, com apoio dos comitês em Defesa das Florestas nacional e paulista, coalizões formadas por centenas de organizações da sociedade civil brasileira.
O diretor de Políticas Públicas da Fundação SOS Mata Atlântica, Mario Mantovani, afirmou que a aprovação do Código Florestal vai na contramão da opinião pública. "Chegamos a 1,8 milhão de assinaturas contrárias a esta aprovação. Portanto, a mobilização não é geograficamente localizada, é uma campanha nacional e internacional, uma atitude de cidadania".
Presidente reúne vários ministros
Os possíveis vetos ao novo texto do Código Florestal foi tema de reunião que presidente Dilma Rousseff teve sábado a noite com vários ministros, no Palácio da Alvorada. Ao longo da semana passada, Ela e a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, já haviam se reunido três vezes para tratar do tema.
A presidente Dilma tem até o dia 25 deste mês para sancionar ou vetar - parcial ou totalmente - o texto do novo Código Florestal, aprovado pela Câmara dos Deputados. O texto do Congresso Nacional chegou à Casa Civil no último dia 7.
Na reunião, no Palácio da Alvorada, estiveram presentes as ministras do Meio Ambiente, Izabella Teixeira; da Casa Civil, Gleisi Hoffmann; da Comunicação Social, Helena Chagas; e os ministros Pepe Vargas, do Desenvolvimento Agrário; Mendes Ribeiro, da Agricultura; e Luís Inácio Adams, da Advocacia-Geral da União.
O texto do novo Código Florestal aprovado pelos deputados desagradou ambientalistas e não era a versão que o Palácio do Planalto esperava aprovar. Durante a tramitação no Senado, o governo conseguiu chegar a um texto mais equilibrado, mas a bancada ruralista na Câmara alterou o projeto e voltou a incluir pontos controversos.
Entre os pontos polêmicos da nova redação está, a possibilidade de anistia a quem desmatou ilegalmente e a redução dos parâmetros de proteção de áreas de preservação permanente (APPs). O veto presidencial pode ocorrer por razões políticas, quando o projeto ou parte dele é contrário ao interesse nacional, ou por motivos jurídicos, quando for inconstitucional.
Limite
25 de maio é o prazo final para a presidente Dilma Rousseff sancionar ou vetar - parcial ou totalmente - o texto do novo Código Florestal

domingo, 20 de maio de 2012

PRÉVIAS DO PT: FILIADOS DECIDIRÃO QUEM SERÁ O CANDIDATO A PREFEITO EM MERUOCA

Filiados do Partido dos Trabalhadores responderão: João Coutinho, ou Fonteles?
O presidente do Partido dos Trabalhadores de Meruoca, João Coutinho, reuniu os filiados do partido e o prefeito municipal, Fonteles, na noite de sábado (19), para dizer que haverá prévias dentro da legenda para escolher o candidato a prefeito, e que colocará seu nome para a disputa. João Coutinho disse ainda que os filiados do PT decidirão quem será o candidato até o próximo dia 03 de junho, e depois marcará a convenção do PT de Meruoca.
Antes da reunião na sede petista, João Coutinho teve um encontro em uma churrascaria do município com o prefeito Fonteles, e disse que estaria colocando o seu nome para a apreciação dos filiados do seu partido.
Fonteles na mesma conversa com o ex-prefeito, afirmou que não abrirá mão de sua reeleição e buscará os votos necessários para conseguir ser indicado pelos membros do Partido dos Trabalhadores.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Campanha de Prevenção Contra as Doenças Renais

A Prefeitura de Meruoca, Secretaria de Saúde e o PSF de São João, realizarão no dia 25 de maio a "Campanha de Prevenção contra as doenças renais".

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Caso Cachoeira: Defesa tem acesso a dados

Um advogado do contraventor teve acesso, ontem, à sala onde se encontram os documentos sigilosos


O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), que preside a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga as relações do contraventor Carlinhos Cachoeira, enviou ontem, um comunicado ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello informando a liberação de documentos da investigação à defesa do empresário. Os parlamentares não querem atrasar mais uma vez o depoimento de Cachoeira, marcado para a próxima terça, 22.
Ontem mesmo, o advogado Augusto de Arruda Botelho, que defende o bicheiro, esteve pela primeira vez, na sala reservada onde estão os documentos em sigilo judicial sob responsabilidade da comissão. Na terça, os parlamentares que integram a CPMI aprovaram o acesso de advogados do contraventor aos documentos sigilosos, a fim de que pudessem formular a defesa.
A advogada Dora Cavalcanti disse que juntamente com Botelho vão se reunir para analisar o material consultado por ele. "O nosso objetivo não é obstruir os trabalhos da CPI, mas precisamos analisar se temos todo o material para a defesa", afirmou Dora Cavalcanti.
O depoimento de Cachoeira estava previsto para a terça-feira, mas o contraventor foi beneficiado por uma decisão liminar do ministro Celso de Mello concedendo a ele o direito de não comparecer à CPI enquanto seus advogados não tivessem acesso a dados que estão em posse do colegiado. Agora, o Supremo não precisará mais julgar o mérito do habeas corpus.
Prisão mantida
O contraventor permanece preso desde 29 de fevereiro. Na terça, a votação do pedido de liberdade por meio de habeas corpus feito por sua defesa foi suspensa na Quinta Turma do STJ.
Três dos cinco ministros já haviam votado a favor da manutenção da prisão de Cachoeira. A ministra Laurita Vaz, de Goiás, declarou-se impedida de se manifestar. Por fim, o desembargador convocado Adilson Vieira Macabu pediu vistas para analisar melhor o processo, o que provocou a suspensão.
Por escrito
O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou ontem que considerou "razoável" o pedido feito a ele pela CPI do Cachoeira de explicações por escrito, em cinco dias úteis, sobre a demora na abertura de inquérito para apurar o elo do contraventor com parlamentares.
Na terça a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito criada para investigar o envolvimento do bicheiro Carlinhos Cachoeira com agentes públicos e privados aprovou requerimento com cinco perguntas a Gurgel. Antes, integrantes da comissão pretendiam convocar o procurador.
O requerimento com as cinco perguntas pede ao procurador para explicar o fato de não ter tomado providências ao receber, em 2009, o inquérito da Operação Vegas, que investigava prática de jogo ilegal e, na ocasião, já mencionava políticos.

CE deve ter 3 mil políticos inelegíveis

O número, informado pelo MP, corresponde à quantidade de gestores que tiveram suas contas rejeitadas pelo TCM

Pelo menos três mil pessoas em todo o Ceará poderão ficar inelegíveis durante as eleições municipais de outubro próximo, pois tiveram suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A informação foi repassada pelo procurador regional eleitoral, Márcio Torres, que realizou encontro, ontem, à tarde no Ministério Público Federal, quando apresentou um questionário para representantes de vários partidos, na intenção de formatar um pacto entre as legendas, visando o cumprimento de eleições limpas, da Lei Ficha Limpa e das cotas de gêneros.
Os partidos deverão responder as perguntas e enviá-las ao Ministério Público Eleitoral até o dia 8 de junho, dois dias antes do início das convenções municipais, que devem ser realizadas até o final daquele mês. "A ideia é realizar um grande pacto acerca desses temas, onde o questionário visará que os partidos se posicionem. O intuito é que os partidos não encaminhem candidatos, aquelas pessoas que estejam apenadas na Lei do Ficha Limpa, ou seja, que tenham tido suas contas desaprovadas por crimes de decisão de órgão colegiado, lícitos eleitorais ou em trânsito julgado", ressaltou o procurador Márcio Torres.
Segundo ele, o Ministério Público está montando um banco de dados com todos os cadastros de pessoas com hipótese de inelegibilidade, que será passado para os promotores eleitorais, para que esses impugnem aquelas possíveis candidaturas registradas. De acordo com Torres, em todos os municípios do Ceará, até o último levantamento, apenas com os informações prestadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), já chega a mais de 3 mil o número de possíveis gestores apenados com a Lei do Ficha Limpa. A esses números, precisa-se somar ainda, conforme disse, os registros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e do Tribunal de Contas da União (TCU).
Desaprovadas
Estas pessoas, segundo disse Márcio Torres, já tiveram suas contas desaprovadas, e o questionário apresentado ontem aos partidos políticos visa, justamente, atentar essas agremiações para a condução correta do processo eleitoral, não permitindo que estes personagens apresentem suas candidaturas, que, possivelmente, serão impugnadas. Durante o encontro de ontem, dezesseis partidos enviaram seus representantes, no entanto, apenas os presidentes do PSC e PSOL compareceram à reunião com o procurador.
"Os representantes dos partidos é quem tem o poder de filtrar seus candidatos. É m compromisso de sair do discurso e partir para a aplicação prática. Ao lado da chamada autonomia partidária, tem se observado a efetividade da coibição de abusos, que com certeza a sociedade compartilha", salientou Márcio Torres.
A procuradora de Contas do TCM, Leyliane Feitosa, que esteve representando o órgão durante o encontro, afirmou que cabe aos partidos políticos o dever de cumprir com as obrigações da legislação eleitoral, assim como cabe aos órgãos fiscalizadores a realização de investigações, pois a população está ocupada com seus afazeres cotidianos. "Se os partidos não dão bom exemplo, como podem cobrar? Mesmo não sendo tão querida, eu darei parecer da forma como as contas me forem apresentadas. Mas também não acho que a sociedade deva ficar só na espera, tem que cobrar mais", disse.
Orientar
A intenção do questionário, no que diz respeito à propaganda eleitoral, é orientar os partidos políticos a apresentarem o modo como irão orientar e coordenar as propagandas em espaços públicos. Segundo Márcio Torres, em 2010, o que se viu foi "uma verdadeira ocupação do espaço público", com poluição sonora e visual nas praças e logradouros das cidades onde ocorreram eleições para governador, deputados e senadores. "A intenção é que os partidos não realizem propaganda com carro de som, mas se achar que deve fazer, que façamos um pacto em torno da não realização da propaganda por esse meio publicitário", ressaltou o procurador.
De acordo com Márcio Torres, é proibido a realização desses eventos próximos a escolas, hospitais e igrejas, o que não é respeitado. No entanto, Márcio Torres afirma que o Ministério Público não possui instrumentos de fiscalização para coibir tais ações desrespeitosas de algumas agremiações. A chamada "Eleição Limpa" foi o ponto defendido por ele, quando das suas explicações. "Em 2010 o que vimos foi a ocupação de muros de 10 a 100 metros com nomes de candidatos, o que polui a cidade", reclamou.
Representantes do PRB apresentaram um documento, aprovado pela Executiva Nacional do partido, que diz que os pretensos candidatos pela legenda têm que apresentar até cinco dias antes das convenções partidárias, certidões dando conta de sua legibilidade. No caso de ausência deste documento, a pessoa não terá sua candidatura aprovada pela agremiação.
Cota
Outro ponto tratado durante a reunião com as siglas partidárias, diz respeito à cota de gênero, prevista na Lei 9.504/97, que estabelece que, nas eleições proporcionais, cada partido ou coligação preencherá o mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidaturas de cada sexo.
De acordo com o procurador regional eleitora substituto, Alexandre Meireles Marques, nos casos em que forem constatados o não estabelecimento dessas porcentagens, o Ministério Público deverá impugnar toda a chapa, pois a proporção precisa ser mantida, de acordo com a determinação legal. "Vamos impugnar e levar à Justiça se isso não for cumprido. O Ministério Público também está atento àqueles que colocarem os gêneros apenas para dar cotas, usando essas pessoas como laranjas", ressaltou Alexandre Meireles.
Em 2010, conforme lembrou o procurador Márcio Torres, várias candidatas abriram contas bancárias, mas não realizaram qualquer movimentação. As contas dessas pessoas foram aprovadas, mas com ressalvas, pois ficou claro par ao Ministério Público que se tratavam de candidaturas fantasmas com o único objetivo de preencher as cotas.

R$ 55 MIL PARA A "PARADA GAY" DE SOBRAL


O Governador Cid Gomes já fez a sua doação para o 4º Encontro da Diversidade Humana ou simplesmente a Parada Gay, que acontecerá no dia 26 em Sobral. O valor em forma de convêncio será de R$ 50 mil que será paga em parcela única. Para complementar o orçamento ainda haverá o repasse da contrapartida no valor de R$ 5, 3 mil, totalizando R$ 55.300,00. O dinheiro servirá para divulgar o Governo do Estado do Ceará.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Praça Caetano Marques nova área de lazer do centro de Meruoca

O prefeito de Meruoca, Fonteles, em seu discurso de entrega da Praça Caetano Marques a população, destacou mais essa área de lazer que foi reformada em sua administração.
Fonteles destacou a mudança ocorrida no centro da cidade com o Passeio Público e Praça Caetano Marques, melhorando o aspecto urbanístico e dando uma nova feição ao coração central de Meruoca.
A Praça Caetano Marques e o Passeio Público, recebeu completa reforma, custando mais de R$ 300 mil reais aos cofres públicos e dando mais espaços para que a população possa conversar, namorar, se confraternizar e marcar encontros.



terça-feira, 15 de maio de 2012

PREFEITA LUIZIANNE LINS AFIRMA QUE CIRO GOMES SÓ SABE INCITAR CONCHAVOS, E É UM PERDEDOR PARA ELA

A prefeita Luizianne Lins-PT(foto) ao ser entrevistada para falar sobre os ataques dirigidos por Ciro Gomes a sua administração, e propondo rompimento do PSB com o PT, retrucou: "Ciro Gomes (PSB), Luizianne disse que o socialista incita conchavos, porque não deseja a manutenção da aliança com o PT. “Ele não quer porque, em 2004, apoiou o Inácio (PC do B) e eu ganhei as eleições. Em 2008, apoiou a Patrícia (PDT) e eu ganhei de novo. Ciro só sabe fazer política de cacique, lá em cima”, atacou a prefeita.


segunda-feira, 14 de maio de 2012

Definida oficialmente a grade de atrações do IX Festival de Inverno de Meruoca

A Coordenação do IX Festival de Inverno de Meruoca divulgou oficialmente as atrações nacional e regional, que estarão se apresentando nos dias 6, 7, 8 e 9 de junho de 2012.
 A programação do IX Festival de Inverno está assim definida:
DIAS 06, 07, 08, 09.Dia 6 Lançamento do filme Meruoquense Silvestres  no auditório do
Centro de Feiras e Eventos e V Encontro dos Apicultores da Região Norte do Ceará no Hotel Ytacaranha.
Dias 7,8 e 9 competitivo e Apresentações Culturais.
Quinta-feira-07/06/12
Palco SESC-21:00h- Banda Transcenda
Palco Reriús-22h30min- Primeira eliminatória do
Festival Competitivo
Palco Reriús-01:00h- Banda 14 Bis
Palco SESC-03:00h- Cabessativa
Sexta-feira-08/06/12Palco SESC- 21:00h-Rennê Django
Palco reriús-22h30min-Segunda Eliminatória do
Festival Competitivo
Palco Reriús-01:00h-Cantor Chico César e Banda
Palco SESC- 03:00h- Pisada Forrozeira
Sábado-09/6/12
Palco SESC-21:00h-Banda Soul Pop
Palco Reriús-22h30min-Final do Festival Competitivo
Palco reriús-01:00h-Apresentação do cantor Osvaldo
Montenegro
Palco SESC- 03:00h- Seu Menino
Programação Palco da Juventude
Sexta-feira-08/06/12
Palco da Juventude-16:00h- Desejo de Pixel
18:00h-Legenda Lateral
Sábado-09/06/12Palco da Juventude-15:00h- Grupo de Pagode 100 Juízo
18:00h-Legenda lateral
19:00h-Banda Além dos Outdoors (Engenheiros do Hawaii -
cover)

terça-feira, 8 de maio de 2012

BANCADAS NO CONGRESSO: Deputados do CE discutem atuação

Aos líderes de bancadas do Ceará e do Nordeste, foram feitas cobranças para maior defesa dos interesses regionais

Presidente Roberto Cláudio, entre os deputados federais Bahlmann e Guimarães, no encontro de ontem com outros parlamentares na Assembleia
O deputado Roberto Cláudio (PSB), presidente da Assembleia Legislativa cearense reuniu ontem os deputados federais Antônio Bahlmann (PSB) e José Guimarães (PT), respectivamente coordenador da bancada cearense e do Nordeste, no Congresso Nacional, para discutir, com outros deputados estaduais, a atuação dessas bancadas na defesa dos interesse do Estado e do Nordeste, com vistas a cobranças ao Governo Federal para diminuir as desigualdades regionais ainda hoje existentes.
Os deputados Welington Landim (PSB) e Carlomano Marques (PMDB), participantes do encontro, fizeram críticas ao Governo Dilma Rousseff no que diz respeito à execução de obras de interesse do Estado do Ceará, como a transposição de águas do Rio São Francisco e a Ferrovia Transnordestina.
"Faço aqui uma crítica veemente ao Governo Federal: o Governo Dilma é muito parado. As obras estão muito lentas, e a presidente faz promessas que não se concretizam", reclamou Welington Landim, aludindo à visita de Dilma, em fevereiro passado, a canteiros de obras da transposição de águas do São Francisco em Mauriti, na Região do Cariri. Na ocasião, a presidente anunciou que as empresas envolvidas no projeto seriam cobradas a acelerar os trabalhos.
Parada
Landim queixou-se também do ministro Fernando Bezerra Coelho, da Integração Nacional, seu correligionário, que, segundo ele, tem feito ouvidos moucos aos apelos cearenses em favor das obras estruturantes. "A Transnordestina está parada no Ceará. Queremos o cronograma da obra. Nunca vi um ministro para prometer tanto e não fazer nada. Ele não tem praticidade, e isso tem sido uma queixa generalizada", enfatizou.
Carlomano Marques, por sua vez, condenou a letargia do Governo Federal na construção da Refinaria Premium II, a ser erguida pela Petrobras no Complexo Industrial e Portuário do Pecém. Conforme Carlomano, o Governo estadual já fez o que deveria fazer para que a obra possa ser iniciada, faltando somente uma liberação de laudo pela Fundação Nacional do Índio (Funai). "A Petrobras tem a obrigação de deslindar qualquer problema com a Funai", disse Carlomano.
Na reunião, os deputados também manifestaram preocupação com a edição da Medida Provisória 564, que cria o Plano Brasil Maior e tira do Banco do Nordeste (BNB) a exclusividade da operação do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE). E também registraram suas preocupações com a seca.
Ministros
O deputado José Guimarães comunicou aos deputados que nesta terça-feira haverá uma reunião da bancada nordestina com a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e a nova presidente da Funai, Marta Maria do Amaral Azevedo. A Funai é ligada ao Ministério da Justiça. De acordo com Guimarães, a liberação do laudo da Funai é a única pendência a atrasar o início da construção da Refinaria Premium II. "Eu já a considero uma questão resolvida", disse o coordenador.
Para a quarta-feira da próxima semana, segundo o petista, está programado um café da manhã da bancada cearense com o governador Cid Gomes (PSB), em Brasília, também para discutir e encaminhar os pleitos da região e em especial os do Estado do Ceará.
O deputado Roberto Cláudio ficou satisfeito com o encontro. "A comunicação direta entre as bancadas estadual e federal é essencial ao desenvolvimento cearense", afirmou o presidente do Legislativo, após o encerramento da conversa.

Passeio do Ciclo SESC do Dia do Trabalhador em Meruoca consegue arrecadar alimentos e promover atividades esportivas

O IV Ciclo SESC promovido pela Prefeitura conseguiu arrecadar muitos gêneros alimentícios que foram doados ao Instituto Presidente Médici.
Os alimentos foram doados ao Instituto Presidente Médici
Foto: Arquivo da prefeitura
O IV Ciclo SESC promovido pela Prefeitura de Meruoca (Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude) em parceria com o SESC, conseguiu arrecadar muitos gêneros alimentícios que foram doados ao Instituto Presidente Médici, e movimentou muitos meruoquenses que foram passear do Ciclo SESC, por mais de seis (06) quilômetros.
De acordo com o prefeito Fonteles, a movimentação do Dia 1º de Maio, dedicado ao Trabalhador transcorreu tranquilamente e atingiu os objetivos traçados, proporcionando aos que gostam de pedalar boa atividade esportiva, gerando saúde para todos.
"Esse foi o IV Ciclo SESC e a cada ano cresce mais ainda o número de participantes. Agradecemos a todos, e o mais fundamental foi à arrecadação de alimentos que foi doado a Instituto Presidente Médici que trabalha diretamente com as pessoas carentes. Muito obrigado a todos que participaram!". Concluiu.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Liberdade sexual nas escolas e universidades do Ceará

O Conselho de Educação baixou resolução que pode abrir polêmica sobre homofobia nas escolas públicas do Ceará. A resolução trás de positivo a liberdade de opção sexual nas escolas. Não é mais possível esconder as preferências sexuais. Está no Diário Oficial do Estado do Ceará e é assinada pelo presidente do conselho, Edgar Linhares.
A Resolução Nº 437/2012 dispõe sobre a inclusão do nome social de travestis e transexuais nos registros escolares internos do sistema estadual de ensino e dá outras providências. Abaixo está o Artigo 1º e logo em seguida o link para quem quiser ler a nova determinação na íntegra.
"O CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ, no uso de suas atribuições legais e considerando o que foi deliberado na Sessão Plenária do dia 11 de abril de 2012, RESOLVE:
Art.1º Determinar, quando requerido, que as instituições escolares de educação básica e de ensino superior, vinculadas ao Sistema Estadual de Educação do estado do Ceará, em respeito à cidadania, aos direitos humanos, à diversidade, ao pluralismo, à dignidade da pessoa humana; além do nome civil, incluam o nome social de travestis e transexuais em todos os registros internos dessas instituições."

Leia na íntegra o que diz a RESOLUÇÃO Nº437/2012,
Clique AQUI


sábado, 5 de maio de 2012

doutor: Lula recebe títulos honoris causa

Durante o evento, a atriz Camila Pitanga fez um apelo para que Dilma Rousseff vete o novo Código Florestal

A presidente não discursou, mas, ao lado do ex-presidente,
 enxugou lágrimas puxou palmas e até 'soprou-lhe' informações
A passo lento, mancando um pouco e amparado pela ex-ministra da Secretaria Nacional das Mulheres Nilcéia Freire, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou no palco do Teatro João Caetano, no Rio, para receber cinco títulos de doutor honoris causa sob aplausos e palavras de ordem. "Lula/guerreiro/do povo brasileiro", entoou a plateia.
Chapéu preto sobre cabelos ralos devido ao tratamento contra o câncer de laringe, Lula, passou devagar em frente à mesa que comandaria os trabalhos. Sentada, a presidente Dilma Rousseff chorou.
Foi o início de uma série de elogios ao ex-presidente e a seus dois governos (2003-2010), comandada pelos reitores de quatro universidades federais do Rio (UFRJ, Fluminense, Uni-Rio e Rural) e também da Estadual (UERJ), que concederam os títulos. Todos exaltaram a política educacional de Lula.
Emocionado, mas sereno, o ex-presidente declarou-se honrado e disse sempre ter acreditado no "potencial libertador do conhecimento".
Código florestal
Mestre de cerimônias do evento, a atriz Camila Pitanga se dirigiu à presidente e disse: "Vou quebrar o protocolo. Veta Dilma!", em referência ao novo Código Florestal aprovado pelo Congresso e que aguarda sanção presidencial. A presidente riu e Camila foi muito aplaudida.
No dia 25 de abril, com o apoio da bancada ruralista, a Câmara aprovou a reforma do Código impondo derrota ao governo.
A maioria dos deputados acolheu o relatório de Paulo Piau (PMDB-MG) com 21 modificações no texto aprovado no Senado em dezembro, defendido pelo Palácio do Planalto. A possível edição de Medidas Provisórias (MPs) pela presidente para substituir artigos vetados por ela no Código terá o apoio de deputados que aprovaram o projeto.

Eunício reforça acordo com o PSB da Capital

O presidente estadual do PMDB disse não ter compromisso com o PT municipal para tratar do pleito em Fortaleza

Eunício Oliveira fez essas declarações, ontem, durante participação
no encontro da Associação dos Jovens Empresários
O senador não descarta uma aliança com os petistas, contanto que a sigla não tente impor o nome do candidato a prefeito na Capital
Mantendo o discurso de que o PMDB tem característica aliancista, o senador Eunício Oliveira, presidente estadual do partido, disse que tratará da sucessão em Fortaleza juntamente com o PSB, legenda presidida pelo governador Cid Gomes. O senador afirmou ainda que não deve votos ao PT e que não aceitará imposição de candidatura sem discussão prévia. As declarações foram feitas, ontem, durante encontro da Associação dos Jovens Empresários (AJE).
Eunício garantiu que o PMDB participará de coligação, mesmo que não encabece a chapa. O dirigente defende um projeto administrativo para a cidade, diferente da administração de Luizianne Lins (PT). Ele questionou os investimentos realizados no Município nos últimos oito anos. "Qual o projeto de mobilidade urbana que temos em Fortaleza? E na questão do preparo de infraestrutura para receber os turistas, o que temos? O que temos na educação?".
O senador manifestou descontentamento com o PT e disse não ter compromisso de votos com o partido. "O PMDB não tem nenhum compromisso com o PT, pois eu não recebi votos da Luizianne, do (Waldemir) Catanho, que é meu suplente, de ninguém. Nada está descartado, mas não tenho compromissos de votos com o PT, nem de manutenção da aliança", afirmou. Os petistas deverão escolher seu candidato no dia 20 de maio.
Eunício disse ter conversado com Cid, Luizianne e Inácio Arruda (PCdoB) sobre a sucessão. "Nós poderemos ter aliança com qualquer um desses partidos, até com o PT. Como também poderemos não estar coligados com o PT", declarou o senador, ao lembrar o acordo de reciprocidade entre PSB e PMDB, compromisso que não incluiria o PT.
Desejo
Apesar de garantir que seu partido, até agora, não pretende lançar candidatura própria, Eunício diz ter o desejo de que o PMDB volte a governar Fortaleza. Alguns correligionários chegaram a defender candidatura já neste ano. "Vejo com naturalidade as críticas que recebo dentro do PMDB. Cada um fala o que quer, mas a decisão quem vai dizer é a maioria do diretório", afirmou o dirigente.
Eunício informou que a pretensão de seu partido é eleger o maior número possível de prefeitos nos 184 municípios do Estado. Alguns encontros estão sendo realizados neste final de semana, com a presença do dirigente, para lançar pré-campanhas no Interior.
A expectativa é de que o PMDB apresente candidato em 110 municípios. "Graças a capilaridade que temos, o PMDB se fortalece a cada eleição. Temos mais de 110 pré-candidatos a prefeito no Estado do Ceará. Podemos ampliar e até termos um candidato em Fortaleza, isso depende do jogo político", frisou Eunício.
Ele salientou que o partido não abrirá mão de candidaturas majoritárias em Santa Quitéria, Jucás, Crato, Nova Russas, Itapipoca, Guaraciaba do Norte, Caucaia, Juazeiro do Norte, Mombaça e em Coreaú.
Apoio
Já em Sobral, a sigla deverá apoiar a reeleição de Clodoveu Arruda (PT), apoiado pelo governador Cid Gomes. O senador defende ainda que seu partido é ´aliancista´ e não tem dificuldades de fazer diálogo e alianças nos mais diversos municípios, com qualquer partido que seja. Já para aquelas localidades em que pretende ter candidatura própria, Eunício Oliveira frisa estar indicando nomes de pessoas jovens, com novas ideias para a gestão Municipal.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Ministro assume: Dilma evoca Brizola e Jango em posse

Brizola Neto disse estar orgulhoso de assumir o Ministério do Trabalho, cuja história, para ele, se confunde com a do trabalhismo
Cinco meses após a demissão de Carlos Lupi da Esplanada dos Ministérios, a presidente Dilma Rousseff deu posse ontem ao novo ministro do Trabalho, Brizola Neto, em uma cerimônia em que foram evocados os nomes de Leonel Brizola e João Goulart. Neto assume uma pasta que foi alvo de uma série de escândalos já enfrentando resistência dentro do próprio partido - a bancada da Câmara preferia o nome do deputado Vieira da Cunha (RS).
Dilma agradeceu os serviços prestados pelo interino Paulo Roberto Pinto e até afagou Lupi, varrido da Esplanada dos Ministérios após a Comissão de Ética da Presidência da República recomendar a sua exoneração.
A presidente aproveitou a cerimônia para exaltar João Goulart e Leonel Brizola, respectivamente tio-avô e avô do novo ministro, o mais jovem da Esplanada - tem 33 anos. Neto tem apoio das centrais sindicais, principalmente da Força Sindical, presidida pelo deputado pedetista Paulo Pereira da Silva (SP).
"Em 1953, também jovem e determinado, Jango foi empossado ministro do Trabalho do governo democrático de Vargas. Foi Jango quem deu à pasta do Trabalho grande peso político e grande dimensão", afirmou Dilma. "Nomear como ministro do Trabalho e Emprego Brizola Neto reforça, em meu governo, o reconhecimento da importância histórica do Trabalhismo na formação do nosso país".
Ele admitiu ontem que ainda há divergências internas no seu partido, o PDT, para a aceitação do seu nome para comandar a pasta. Embora a presidente Dilma Rousseff tenha demorado a anunciar o nome de Brizola Neto, na expectativa de um acordo na seara do PDT, a escolha não foi vista com bons olhos pela bancada na Câmara.

Secretária de Saúde de Meruoca, Ana Laura, anuncia Campanha de vacinação contra a Gripe Influeza

A Secretaria de Saúde de Meruoca está se preparando para a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe Influeza, que acontecerá neste sábado (05), a partir das 8 horas da manhã.
De acordo com informações da Secretária de Saúde, Ana Laura, a 1ª Campanha Nacional contra a gripe, vai até as 17:00h, e todos os Postos do PSF estarão abertos para receber adultos de 60 anos de idade, gestantes em qualquer período de gestação e crianças de 06 a dois anos de idade.
Ana Laura espera que nessa Campanha Nacional contra a Influenza, as pessoas procurem se vacinar e receber a imunização, garantindo assim uma boa saúde para os próximos anos. “Esperamos poder vacinar todos os meruoquenses que estão dentro do perfil estabelecido pelo Ministério da Saúde. Nossa equipe vai ficar de prontidão e contamos com a presença de todos nos PSFs do município". Concluiu.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

copa do brasil: Dois minutos fatais

Fortaleza cochila no início do jogo, leva dois gols-relâmpago do Grêmio e precisará vencer em Porto Alegre

Léo Gago Impôs uma forte marcação a Cléo, sempre fazendo faltas
Com dois gols-relâmpago, o Grêmio fulminou o Fortaleza no primeiro tempo, ontem no PV, abrindo 2 a 0 pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. A situação do time cearense ficou bastante complicada na competição e agora o Tricolor se volta para a decisão do Estadual.
Antes mesmo que pudesse se aquecer na partida, o Fortaleza foi surpreendido por dois gols em dois minutos. Aliás nem tanto, pois o time atuava de forma desorientada. O Grêmio impôs uma marcação na saída de bola e, com toques envolventes, não permitiu que o Leão se articulasse para armar jogadas.
O duro golpe para uma postura errada foram dois gols fulminantes. O primeiro surgiu aos 11 minutos. Léo cruzou, Leandro tentou cortar a bola e não conseguiu e Marcelo Moreno marcou 1x0. Não houve tempo para o Tricolor assimilar o gol sofrido.
O segundo viria no minuto seguinte. Em cruzamento da direita, Marco Antônio mandou de primeira, no ângulo superior direito, fazendo um golaço.
Seguiu-se um domínio do Grêmio até os 20 minutos iniciais. André Lima ainda deu uma cabeçada rente ao chão, que João Carlos segurou com dificuldade.
Apesar da atuação do Juizado Especial no Presidente Vargas, alguns atos não foram registrados pelo órgão,
 como o de um rojão estourado em meio à torcida do Grêmio e de um torcedor que arremessou uma lata dentro do campo
Passes errados
Nos passes errados, o time de Nedo Xavier teve um de seus principais obstáculos. Os volantes estavam perdidos na marcação. Na frente, Léo e Jailson faziam um esforço infrutífero diante de uma marcação forte.
Mesmo recuando um pouco, para esperar como se comportaria o Fortaleza, o Grêmio ainda conseguia entrar na área do adversário com facilidade. Com arremates de fora da área, o time gremista também levava perigo.
O Fortaleza começou o segundo tempo como deveria ter iniciado a partida, tomando mais a iniciativa das jogadas ofensivas. Entretanto, não era um domínio suficiente para furar o bloqueio gremista. Os gaúchos, aliás, continuavam levando perigo. Logo no início, aos 4 minutos, Marcelo Moreno recebeu na área, girou o corpo e bateu à esquerda do gol tricolor.
Pareceu que o Leão chegaria ao gol aos 14 minutos. Após uma tabela organizada, que começou no meio campo, Rafinha penetrou na área, chutou rasteiro e Victor espalmou para escanteio.
Expulsão
Veio uma esperança a mais para o Fortaleza, que foi a expulsão do lateral Pará. Ele já tinha cartão amarelo e cometeu falta em Cléo, sendo expulso, aos 18 minutos. O Leão ficou com um homem a mais e mantendo o domínio, entretanto, sem conseguir penetrar na área do adversário.
No mesmo minuto, o atacante Cléo perdeu a maior chance de gol da partida. Em um ataque na área do Grêmio, o zagueiro Ciro Sena deu a bola voltando, na área, e o atacante tentou colocar, chutando torto, para fora.
Para complicar as coisas, um torcedor ainda jogou uma lata no gramado, aos 22 minutos, sendo recolhida pelo árbitro.
O técnico Nedo Xavier ainda colocou mais dois atacantes, Marcelo Régis e Assisinho, ambos recentemente contratados. Entretanto, acabou retirando Kauê e passando Assisinho para a lateral-esquerda improvisada.
Além de ter errado muitos passes, o Leão também errou a pontaria. O atacante Cléo ainda teve outra oportunidade para fazer pelo menos um gol para o Fortaleza, mas desta vez não teve culpa totalmente. Ao receber a bola na área, ele visou o ângulo superior de Victor, que espalmou de mão trocada, livrando o Grêmio.
Vacilo
Para o técnico do Fortaleza, Nedo Xavier, o que houve foi uma "vacilação" do time logo no início de partida, cedendo os gols. "Não podemos dar bobeira diante de um time de qualidade como o Grêmio. Não fizemos nada do que estava planejado. Demos espaço. Depois que encaixamos o jogo, criamos mais situações, mas esbarramos num dos melhores goleiros do Brasil, que é o Victor", comentou.


terça-feira, 1 de maio de 2012

Brizola Neto assumirá Ministério do Trabalho

Deputado eleito pelo Rio, o pedetista será o ministro mais novo do País. Um interino estava no cargo há 5 meses

O novo ministro, de 33 anos, terá de enfrentar desafios
como a busca por melhor qualificação dos trabalhadores e por trabalho decente
O Palácio do Planalto confirmou oficialmente ontem a indicação do deputado Brizola Neto (PDT-RJ) para comandar o Ministério do Trabalho. Ele deve tomar posse na quinta-feira, dando fim a um impasse que já durava cinco meses.
A pasta era comandada interinamente por Paulo Roberto Santos Pinto desde dezembro do ano passado, quando o ex-ministro Carlos Lupi deixou o cargo em meio a denúncias de irregularidades.
O convite a Brizola Neto foi feito pessoalmente ontem pela presidente Dilma Rousseff (PT). O deputado e a presidente se reuniram por mais de meia hora.
Ele foi recebido no Planalto logo após reunião da presidente com o próprio Lupi, que é presidente do PDT, e o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência).
Apesar de contar com apoio das centrais sindicais, a indicação ainda enfrentava resistências internas. O PDT apresentou os nomes do deputado Vieira da Cunha (PDT-RS) e do secretário-geral do partido, Manoel Dias. A legenda controla o ministério desde o segundo governo Lula.
O novo ministro do Trabalho tem como primeiro desafio unificar o partido ainda resistente com a escolha de seu nome para a pasta, desde a saída de Carlos Lupi, presidente do PDT, em dezembro de 2011.
Assim que teve o nome confirmado, Brizola Neto começou a conversar com os parlamentares de seu partido em busca de unidade. Uma reunião com a bancada deverá acontecer na próxima semana, após a posse formal na pasta, marcada para quinta.
Nota
Em nota, a presidente destacou a trajetória política do ex-secretário de Trabalho e Renda do Rio de Janeiro, ex-vereador e deputado federal. Dilma agradeceu o ministro interino Paulo Roberto dos Santos Pinto e o ex-ministro Lupi, que esteve à frente da Pasta por quatro anos.
O deputado, de 33 anos, conquistou nos últimos meses o aval da Força Sindical e da Central Única dos Trabalhadores (CUT). O presidente da CUT, Artur Henrique, disse ontem que Brizola Neto é um "bom nome" e que terá de enfrentar alguns desafios, tais como a busca por "trabalho decente" e uma melhor qualificação profissional dos trabalhadores.
Ele será o ministro mais novo da Esplanada. Neto de Leonel Brizola, fundador do PDT e ex-governador do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, o deputado destaca a ligação com o avô. "O nome que carrego é uma bandeira", ressalta em seu site.
A escolha ocorreu um dia antes das comemorações do Dia do Trabalho, hoje, e após Dilma se encontrar com Lula na semana passada em Brasília.

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter