quarta-feira, 30 de junho de 2010

LÉO ALCÂNTARA DESISTE DA REELEIÇÃO PARA APOIAR CANDIDATURA DE LÚCIO

Léo explicou que essa posição evitaria algum tipo de ciumeira ou divergência nas bases da coligação pró-Lúcio, formada pelo PR com o PPS

O deputado federal Léo Alcântara, filho do candidato a governador pelo Partido a República (PR), Lúcio Alcântara, confirmou, nesta quarta-feira, 30, que não vai postular reeleição. “Resolvi me dedicar à campanha do meu pai”, avisou, explicando que essa posição evitaria algum tipo de ciumeira ou divergência nas bases da coligação pró-Lúcio, formada pelo PR com o PPS. Léo Alcântara garantiu que, com a decisão, os prefeitos que o apoiavam deverão ficar livres para respaldar outros nome da legenda.
O parlamentar não diz, mas fontes do PR garante que ele sai do cenário político-eleitoral para evitar polêmicas do passado. Na época em que disputou a reeleição, Lúcio Alcântara enfrentou questionamentos sobre “interferências domésticas” que chegaram a ser levantadas pelo senador tucano Tasso Jereissati em sua gestão. A partir disso, Tasso se afastara do governador e suas bases passaram a respaldar o nome do hoje governador Cid Gomes (PSB).
Léo Alcântara disse que a entrada do seu pai na disputa governamental chegou como forma de dar aos cearenses uma opção por alguém que fará oposição responsável e em condições de apresentar um plano de governo capaz de dar ao Estado melhores perspectivas. “Faz muito tempo que ele (Lúcio) dizia que o Ceará precisava de opção e que a unanimidade que existia era unanimidade artificial, tanto que logo se quebrou e em várias partes”, observou, destacando que o ex-governador se colocou na oposição desde o primeiro dia da atual gestão.
O parlamentar reiterou que Lúcio Alcântara fará campanha pró-Dilma Roussseff (PT), porque faz parte da base aliada do presidente Lula e que espera contar com a presença dela na campanha lucista em breve. Lembrando que Dilma é apoiada pelo governador Cid Gomes (PSB), observou: “O que eu tenho ouvido é o que a candidata tem dito é que onde houver dois palanques da base aliada ela virá. Nós não iríamos usar o nome dela ou a marca se não tivéssemos autorização”.
Ele revelou que o candidato Lúcio Alcântara está finalizando um programa de governo, para cumprir determinação da legislação eleitoral que exige agora essa providência quando do registro. No conteúdo desse programa, um dos destaques é segurança pública. “Esse programa trará propostas que possam ser implementada na área a segurança pública. Existe uma insatisfação latente no Estado do Ceará. Os homicídios cresceram, assaltos bancos cresceram , furtos a carros em semáforo cresceram”.

terça-feira, 29 de junho de 2010

LÚCIO ALCANTARAS CONFIRMA SUA CANDIDATURA AO GOVERNO

Lúcio Alcântara entre Alexandre Pereira, do PPS, e candidato ao Senado; e Cláudio Vale, candidato a vice


A convenção estadual que homologará a nova chapa para disputar a sucessão estadual vai acontecer nesta tarde

Lúcio Alcântara (PR), ex-governador do Ceará, se apresentou ontem como candidato à sucessão estadual. Seu companheiro de chapa é o empresário Cláudio Vidal Vale (PPS). A chapa majoritária é composta ainda pelo empresário Alexandre Pereira como candidato ao Senado da República. A coligação será homologada nesta terça-feira, durante a convenção que será realizada, a partir das 16 horas, no Ginásio Poliesportivo da Parangaba.
Ao se apresentar, mais uma vez, como candidato ao Governo, Lúcio Alcântara considerou o momento como histórico tanto para a sua vida como para a política do Ceará porque está rompendo com uma tentativa de imposição, de uma unanimidade que não reproduzia o sentimento popular.
Na sua concepção o que havia era um projeto para tirar o povo da jogada, era uma eleição sem povo, a partir de uma unanimidade forçada, artificial e que a estratégia era monopolizar os partidos políticos.
Revelou também que tentaram de todas as formas lhe isolar, lhe impedir de ser candidato, mas estava determinado por ter senso de responsabilidade política e não deixaria que o povo cearense passasse por essa vergonha e humilhação.
"Quem supunha que esse processo eleitoral seria morno, sem vida, esqueceu-se que esta é uma terra de homens e mulheres fortes, que resistem. E é por esse povo determinado que hoje confirmo a minha candidatura a Governador do Estado".
Ao afirmar que "pode até se humilhar uma pessoa, mas não se humilha uma ideia", o ex-governador saudou "os que acordaram a tempo para se unir nessa cruzada que é do restabelecimento, do respeito à vontade do povo e dos postulados da democracia no Ceará". Confessou que o seu desejo era ser candidato a deputado federal, mas sua trajetória pessoal e política "não me permite vacilar em um momento como este".
Retrovisor
Para Lúcio Alcântara "enquanto o Brasil seguiu adiante, perseguindo seu projeto de futuro, cuidando de sua gente, o Ceará parou, ficou olhando pelo retrovisor para voltar à práticas que já haviam sido banidas deste Estado. O loteamento de cargos, o uso da máquina do Governo para fazer politicagem, tudo isso o Ceará já não via e voltou a acontecer, num retrocesso político que a nossa sociedade não mais aceita. Priorizou máquinas e equipamentos e se esqueceu do principal que é o povo".
Ao responder perguntas de alguns jornalistas o presidente regional do Partido da República (PR) disse que há muito estava envolvido com a apresentação de uma candidatura, saudou a decisão do PSDB de apresentar candidato e assegurou que sua postulação não faz parte de nenhuma estratégia conjunta com os tucanos.
Ao apresentar seu companheiro de chapa, Cláudio Vale, advogado, jovem e empreendedor, disse que também tem tradição política, pois seu avô, Chico Vale, foi deputado estadual. Em rápido pronunciamento Cláudio Vale se colocou à disposição para trabalhar com Lúcio Alcântara e confessou que muito lhe revolta o fato de a juventude estar entregue ao crack.
Senado
O candidato a senador, Alexandre Pereira, disse que em muitos momentos tentaram separá-lo de Lúcio Alcântara, mas suas candidaturas mostram a coerência de quem quer um Ceará melhor e não concordam com a oligarquia que querem montar no Ceará. Para ele o que mais demorou na apresentação da chapa foi a questão nacional, mas ficou acertado que quando José Serra, candidato do PSDB à presidência da República, estiver no Ceará, ele (Alexandre) estará no palanque de Serra e quando a candidata do PT, Dilma Roussef, vier Lúcio estará integrado à campanha dela.
O PR ainda busca a parceria do Partido Trabalhista Cristão (PTC) e do Partido Republicano Progressista (PRP) para as eleições deste ano.

MERUOCA IMPLANTA O PROGRAMA ESCOLA ATIVA VOLTADO PARA OS QUE MORAM NO CAMPO

O Município de Meruoca está implantando o Programa Escola Ativa para o melhoramento da qualidade da educação.
Este Programa vai viabilizar melhorias para as turmas multisseriadas sediadas no campo.
A educação do campo sempre esteve à margem das prioridades educacionais no país, e com este Programa Escola Ativa, haverá a revitalização da escola do campo, que contará com aplicação de recursos próprios e de formação adequada a multiplicadores, visando a atingir sua finalidade.
No município de Meruoca está sendo feito o repasse das formações recebidas em Fortaleza, através da capacitação dos professores das multisséries do campo, gerando expectativa pela visualização de uma melhor possibilidade de qualificação tanto dos profissionais quanto dos alunos que se encontram nesta realidade.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

ELEIÇÕES NA BAHIA: DILMA NO PALANQUE DE JAQUES

Dilma Rousseff evitou declarar em quem recomenda o voto na Bahia e não opinou sobre campanha de José Serra
Há uma semana, ela apareceu na convenção de Geddel Vieira Lima, que também concorre ao Governo baiano
Com uma hora de atraso, a candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT), participou na manhã de ontem, em Salvador, da convenção que oficializou a candidatura do governador Jaques Wagner (PT) à reeleição na Bahia. Dilma também era esperada em convenções realizadas em Fortaleza e Brasília, mas explicou a ausência por meio de nota especial lida nos eventos.
Na chegada, a candidata à presidência não quis responder às perguntas sobre a crise envolvendo a definição do vice na chapa adversária de José Serra (PSDB). "Não é correto me manifestar sobre problemas das outras candidaturas. Cada campanha tem suas características. A minha é uma aliança", se limitou à dizer diante da pergunta sobre como avalia a possibilidade da configuração de uma chapa "puro-sangue" no PSDB em âmbito nacional.
Apesar da recusa, integrantes da campanha petista presentes ao encontro comemoravam reservadamente as divergências públicas entre DEM e PSDB para a definição do vice de Serra. Uma semana depois de participar da convenção de Geddel Vieira Lima (PMDB), adversário de Wagner na Bahia, Dilma também evitou declarar em quem recomenda o voto no Estado. Ao lado dela, o governador do PT exibia aos cinegrafistas e fotógrafos, nesse instante, uma camisa com os nomes dele e de Dilma bordados ao lado do número 13, o número do PT.
Vantagem
Sobre a liderança na pesquisa Ibope divulgada na última quarta-feira - ela aparece cinco pontos percentuais à frente de Serra -, Dilma voltou a dizer que não subirá em "salto alto" nem sentará na cadeira antes da hora, em referência à disputa em que o tucano Fernando Henrique Cardoso foi fotografado na cadeira de prefeito de São Paulo, em 1985. Ele, entretanto, acabou perdendo as eleições para Jânio Quadros. "Quem sentou na cadeira antes, perdeu a eleição. Tiveram até que desinfetar a cadeira", disse Dilma.
Machismo
A candidata do PT também voltou a dizer que aqueles que dizem que ela vem sendo uma marionete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva têm uma avaliação machista. "Já fui acusada de ser uma mulher forte demais mandando em um governo de homens. Agora, acontece exatamente o contrário. (...) Em uma ocasião é forte demais. Em outra, frágil demais. Não sou nem uma coisa nem outra, sou como qualquer outra mulher", disse.
O encontro do PT baiano reuniu cerca de 3.000 pessoas no Centro de Convenções de Salvador. Por volta das 13h, os candidatos presentes começaram a fazer os discursos.
Em entrevista à imprensa, antes do evento, o candidato ao Senado Walter Pinheiro (PT) afirmou que a sociedade do Estado saberá distinguir, entre Wagner e Geddel, quem tem "o verdadeiro DNA petista".

domingo, 27 de junho de 2010

CAMPEONATO DO NORDESTE: FORTALEZA DÁ VIDA AO SERGIPE

Zagueiro Gaúcho fez o único gol do Fortaleza na derrota frente ao Sergipe, pela sexta rodada do Nordestão

A equipe sergipana ainda não tinha vencido no Nordestão, aí surgiu o Leão do Pici para lhe proporcionar uma vitória
Dentro de uma irregularidade que tem lhe caracterizado no Campeonato do Nordeste, o Fortaleza perdeu para o Sergipe por 2x1, ontem à tarde no Estádio Lourival Batista. É bem verdade que o técnico do Leão, Zé Teodoro, resolveu utilizar uma equipe mista, entretanto, o adversário também faz fraca campanha, conseguindo inclusive a sua primeira vitória em cima do Tricolor cearense.
O Fortaleza segue com apenas sete pontos, ocupando as últimas posições da classificação e agora aguarda o Clássico-Rei contra o Ceará, na próxima quarta-feira, às 20h15.
A equipe de Zé Teodoro vinha de duas derrotas seguidas, venceu o Vitória da Bahia e agora tropeçou frente ao Sergipe.
Os dois times fizeram um fraco primeiro tempo, com muitos erros de passe e falta de criatividade na criação de jogadas. A equipe cearense teve dificuldade de encontrar alguém que fizesse uma melhor ligação com o ataque e com isso sofreu para produzir jogadas mais eficientes. Mesmo assim, conseguiu cabecear uma bola na trave, aos 11 minutos, através de Robinson.
Os dois times utilizaram muito as jogadas aéreas e aos poucos, os lances de maior perigo surgiram com elas.
O jogo melhorou na etapa complementar. Aos 21 minutos, Fabiano largou uma cobrança de falta e Hugo Henrique pegou a sobra e fez 1x0. Aos 27, Hugo Henrique fez o pivô e Válber ampliou para 2x0. Aos 31, Gaúcho cobrou falta no ângulo esquerdo e diminuiu, mas sem reação porque o adversário ainda esbarrou em Fabiano, que evitou três outros gols.
Ficha técnica
Sergipe2
Érico; Stanley, Toti (Tiago 12/2ºT) e Mendonça; Válber (Jorginho 31/2ºT), Peri, Josa, Laércio e Denysson (Erivan 31/2ºT); Hugo Henrique e Fabinho Cambalhota. Técnico: Edmilson Santos.
Fortaleza1
Fabiano; Romário Mendes (Vinícius 25/2ºT), Gaúcho e Basílio; Peter (Rafael 24/2ºT), Leandro, Régis, Bismarck e Guto; Robinson (Reginaldo Jr., intervalo) e André Leonel. Técnico: Zé Teodoro.
Competição: Campeonato do Nordeste, fase classificatória. Estádio: Batistão, em Aracaju (SE). Data: 27 de junho de 2010. Árbitro: Andrielly Elkeit de Oliveira. Assistentes: Eduardo Lincoln Neves e Aldeilma Luzia da Silva, trio do Rio Grande do Norte. Renda: R$ 5.320,00. Público: 454 pagantes. Gols: Hugo Henrique (21/2ºT), Válber (27/2ºT); Gaúcho (31/2ºT). Cartões amarelos: Tiago, Peri e Josa (SE); Vinícius, Basílio e Régis (FORT).

PLEITEANDO A REELEIÇÃO: CID DIZ TER CUMPRIDO O QUE PROMETEU EM 2006

Cid Gomes fala no encerramento da convenção de ontem, tendo como destaque as fotos do irmão Ciro Gomes com a candidata Dilma Rousseff, ele próprio e o presidente Lula
O governador chegou ao local da convenção dirigindo o seu próprio carro com os deputados Eunício e José Pimentel

O governador Cid Gomes (PSB) fez uma espécie de prestação de contas do seu Governo na convenção realizada, no Colégio Evolutivo Capital, que homologou seu nome como candidato à reeleição, do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Domingos Filho (PMDB), como postulante a vice, dos deputados federais Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT) para o Senado Federal e dos demais candidatos a deputado federal e estadual da coligação "Ceará Melhor para Todos", que abrange 15 partidos.
A candidata a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), encaminhou uma carta (lida na Convenção) na qual destacou o apoio à reeleição de Cid Gomes e dos postulantes ao Senado Federal Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT), ressaltando o papel de ambos quando foram ministros das Comunicações e Previdência Social do Governo Lula.
No mesmo documento, Dilma disse do privilégio de ter sido companheira do deputado Ciro Gomes, quando ele foi ministro da Integração Nacional.
O governador Cid Gomes destacou que, "há quase quatro anos, neste mesmo local, onde fizemos a primeira convenção, eu conhecia o meu hoje vice-governador, companheiro Francisco Pinheiro, onde criamos uma relação de amizade e confiança pelo seu trabalho sério no cargo" ressaltou.
Ele afirmou que tem humildade e está na condição de governador como "servidor do povo cearense", destacando que ainda há muito a ser realizado, mas disse ter feito aquilo que prometeu na campanha anterior. "O meu objetivo era colocar os projetos debaixo do braço, ir aonde fosse possível para buscar os recursos, e isso tem acontecido como as obras da transposição do Rio São Francisco, a Ferrovia Transnordestina e outras".
Pessoas
Cid destacou que tem investido em infraestrutura, mas que o desafio era fazê-lo também para as pessoas. "De nada adianta, investirmos desta maneira, se não pensarmos nas pessoas, nós iremos continuar trazendo brasileiros de outros estados para trabalhar aqui. Nós estamos tendo competência em qualificar esta mão de obra", ressaltou. O governador afirmou que sua administração está sendo pautada em quatro eixos: Segurança, Saúde, Educação e Emprego.
O deputado federal Ciro Gomes falou dos desafios de melhorar ainda mais o País e o Ceará, abordando também o fato de ter sido preterido pelo PSB como candidato a presidente da República. Ciro Gomes colocou que o Governo Cid continuou os desafios de desenvolver o Estado, assim como Virgílio Távora, Edson Queiroz e Tasso Jereissati. "Temos ainda muitas desigualdades, mas o Ceará, nos últimos anos, tem dobrado os investimentos, tem sido o Estado do Nordeste campeão na geração de empregos.

sábado, 26 de junho de 2010

EM 2010 GERAÇÃO DE EMPREGOS DEVE EVOLUIR

Operador de caixa, repositor, açougueiro e promotor de vendas estão entre as principais contratações


Na esteira do avanço no número de bandeiras de supermercados que chegam ao Ceará evolui também a geração de empregos no Estado. Em 2008, foram criadas 211.370 vagas no varejo local, das quais 40 mil (19%) foram absorvidas pelo setor supermercadista. A constatação é da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada no recentemente, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). "No balanço deste ano devemos ter um crescimento entre 10% e 15% no número de empregos em relação a 2009", projeta o presidente da Associação Cearense de Supermercados (Acesu), Aníbal Feijó. Apenas em Fortaleza ele informa que os postos de trabalho gerados contabilizam entre 26 mil e 30 mil.
Os grandes grupos em atividade no Estado revelaram, através de suas Assessorias de Imprensa o incremento na quantidade de empregados contratados. No americano Wal-Mart, que atua no Ceará com oito lojas, distribuídas em quatro bandeiras (Hiper Bompreço, Bompreço, Maxxi Atacado e Sam´s Club), são 1.500 trabalhadores.
Nas duas lojas do Carrefour em Fortaleza são outros 700 funcionários e nas 49 lojas do Grupo Super Rede, os colaboradores somam mais de seis mil na Capital e em outros dez municípios do interior. Já o Grupo Pão de Açúcar informou que seu contingente alcança 3.700 empregados em suas 24 lojas (Pão de Açúcar, Extra e Assaí).
Maiores empregadores
No País, conforme os dados apresentados pelo IBGE, os super e hipermercados foram, em 2008, os maiores empregadores do comércio brasileiro, respondendo por 10,5% do pessoal ocupado no setor.
Naquele ano, os funcionários dessas empresas somavam 860,6 mil pessoas, 8,4% a mais do que em 2007. Juntos, esses empregados receberam 11,4% a mais do que no ano anterior, somando R$ 8,3 bilhões, ou 10% da massa salarial paga pelo comércio como um todo, de R$ 83,1 bilhões. No que diz respeito aos salários pagos, o setor pagou, em média, R$ 740 mensais aos trabalhadores.
Funções variadas
Operador de caixa, repositor de estoque, padeiro, açougueiro, empacotador, promotor de vendas, supervisor de pessoal, serviços gerais. As funções que se pode ocupar em uma loja de supermercado são as mais diversas. Há quem comece dos postos mais baixos e, com o passar dos anos, consiga se destacar e subir de posição na empresa.
Além de preços competitivos, um atendimento de qualidade - consequência de uma boa qualificação dos empregados - pode fazer o diferencial frente aos clientes, além de garantir o emprego do funcionário que deseja seguir carreira no setor.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

CASTELÃO: GOVERNADOR REBATE ACUSAÇÕES DA VEJA

Maquete do estádio Castelão quando estiver reformado para a Copa de 2014. A PPP deve investir R$ 452 milhões na obra
Cid Gomes diz que revista não pode contestar as propostas da PPP do estádio se a licitação não foi concluída

"Interesses Obscuros", assim o governador Cid Gomes explica o conteúdo da matéria da Revista Veja desta semana, que contesta a licitação da Parceria Público-Privada (PPP) que vai reformar e explorar o Estádio Castelão, visando à Copa de 2014.
Na matéria, intitulada de "Tem gato na Copa… de 2014", a reportagem lança desconfianças ao consórcio construtor que teve maior nota na fase de habilitação técnica, mostrando a "incrível história do consórcio que, sem nunca ter erguido um campinho de pelada, está prestes a faturar um contrato de 452 milhões de reais para construir um estádio no Ceará".
Segundo Cid Gomes, a matéria foi movida por algum interesse inexplicável. "Claro que é. Óbvio que é. Primeiro porque nem saiu o resultado. Como é que podem fazer acusação de uma licitação que ainda nem foi concluída. Cada empresa sabe o que propôs, já sabe as notas técnicas, a qualificação?", contesta o governador.
"Veja bem, tudo questionado na Justiça, deu liminar desclassificando, ou seja, diminuindo a concorrência. Qual é o objetivo da concorrência? É o menor preço. Tudo mais passa a ser acessório. Embora a gente tenha que respeitar os editais, as qualificações, mas tudo mais é acessório. E as empresas brigam entre elas mesmas. Uma empresa entrou na Justiça contra outra empresa, e esta deu a liminar desclassificando-a, aí a mesma empresa desclassificada entrou na Justiça", explicou.
Preços
Segundo Cid, os preços da concorrência devem ser abertos ainda nesta semana. "O Ceará é o único, ou um dos poucos estados brasileiros, que está abrindo concorrência. Isso é bom porque vai gerar economia. Vamos transformar o Castelão em um estádio nos padrões da Fifa e com preço acessível. Tudo feito nesse período é assegurar a concorrência. Tem empresa colocando preço acima, querendo desclassificar as outras".

quinta-feira, 24 de junho de 2010

POLITICA NO CEARÁ: TUCANOS EXALTAM O NOME DE MARCOS CALS

João Jaime, como líder da bancada tucana, foi quem primeiro falou da indicação de Marcos Cals


Marcos Cals passou o dia se preparando para as fotos que aparecerão na convenção e não foi à Assembleia, ontem

Um dia após a indicação do nome do deputado estadual Marcos Cals (PSDB) para disputar o Governo do Estado, tucanos na Assembleia Legislativa fizeram questão de ressaltar essa escolha pontuando ser Cals, o que de melhor o PSDB tem para representar o seu projeto de desenvolvimento para o Ceará.
A tradição política carregada por Marcos Cals não foi esquecida. O líder dos tucanos na Assembleia, deputado João Jaime (PSDB), fez questão de ressaltar a origem do pré-candidato tucano, lembrando que o avô e pai de Marcos tiveram papel importante na política cearense.
João Jaime também não deixou de lado a trajetória de Cals, lembrando que ele foi eleito o mais novo deputado estadual da história do País, com apenas 22 anos, em 1986. "Em 20 anos de vida pública só construiu amigos. Mesmo com a história do deputado tucano e da sua tradicional família de políticos, são nas ações realizadas pelo ex-governo Tasso Jereissati que os tucanos sustentam a defesa em torno do nome de Marcos Cals.
João Jaime aponta que o pré-candidato tucano vai representar o projeto mudancista iniciado em 1986 quando Tasso assumiu a administração estadual e, segundo ele, mudou o perfil sócio-econômico, a infraestrutura do Estado e deu um salto de qualidade através da industrialização do Interior do Ceará.
Obras
"Foi no Governo do PSDB, do Tasso, que foi construído o Porto do Pecém, a reforma do aeroporto Pinto Martins, o Castanhão e que se projetou e iniciou a transposição das águas do Castanhão para a Região Metropolitana de Fortaleza", enumerou.
O tucano assevera que o PSDB vai para a disputa para debater projetos e ideias, sem afrontas a qualquer candidato. "Vamos fazer campanha de alto nível de propostas. De críticas sim, mas de críticas de modelo, sem serem felinas, sem atingir individualmente a honra dos adversário, crítica naquilo que precisa ser criticado. A sorte esta lançada", pontuo.
Os tucanos que estavam presentes na Casa fizeram questão de comentar a indicação de Cals. O deputado Fernando Hugo (PSDB) ressaltou o trabalho de Cals na Assembleia, como presidente, também defendeu que o fato de o pré-candidato ter sido secretário do atual Governo, não o diminui.
Antes de parabenizar a escolha do seu partido, o deputado Moésio Loiola (PSDB) ressaltou que tem muito respeito pelo governador Cid Gomes, entendendo que o motivo que o levou a tomar uma posição pouco inadequada ao PSDB, foi "a dificuldade da política".
Mas a mágoa por não estarem na mesma coligação de Cid ainda existe, como deixou claro o deputado Luiz Pontes (PSDB) ao afirmar que foram "humilhados" já que o governador não teve a "grandeza de fazer uma ligação", se referindo à tentativa do PSDB de conversar com Cid Gomes sobre eleição.
Já o deputado Cirilo Pimenta (PSDB) não poupou críticas ao atual governo, ponderando que a administração de Cid trouxe vários prejuízos para o Interior, principalmente no campo da indústria e da agricultura.

PREFEITO FONTELES DECRETA HORÁRIO DE EXPEDIENTE DA SEXTA-FEIRA DIA 25 DE JUNHO DE 2010

O prefeito de Meruoca, Antônio Fonteles, decreto o horário de funcionamento dos prédios públicos do município, na sexta-feira, dia 25 de junho, por ocasião do jogo Brasil contra Portugal.
De acordo com o prefeito municipal, por ocasião da sexta-feira(25), o horário de funcionamento ficará assim determinado:
07:00 às 10:00h - exceto o funcionamento do Hospital Chagas Barreto.
Nas escolas municipais - 7:00 às 10:00h, 14:00 às 17h30h e 18h30min às 21h45min.
O Decreto do prefeito Fonteles, foi assinado e publicado desde o dia 21 de junho de 2010.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

NORDESTÃO:CEARÁ EMPATA COM O BAHIA

O Alvinegro, errando em demasia, empatou no fim do segundo tempo, chegando ao quinto ponto na competição



Igualdade: em jogo de baixo nível técnico, Ceará e Bahia empataram ontem no Estádio Pituaçu




Com o auxiliar técnico Sérgio Alves à beira do campo, orientado pelo treinador Estevam Soares nas arquibancadas do Pituaçu, o Ceará empatou ontem à noite em 2 a 2 com o Bahia pelo Campeonato do Nordeste.
No duelo dos "times B" Ceará e Bahia protagonizaram um jogo movimentado, porém, com pouca inspiração.
Precisando da vitória para aspirar o G-4 do torneio, o Ceará tomou a iniciativa do jogo e logo há um minuto quase sai na frente com Marcos Pimentel, exigindo Renê a praticar a defesa. O Bahia respondeu à altura e perdeu uma chance similar com Maurício, dois minutos depois.
Mais organizado, o Ceará abriu o placar aos 9 minutos em cobrança de falta certeira do volante Júnior Cearense.
O Vovô baixou a guarda com a vantagem e sofreu a pressão baiana, que deu resultado aos 17 minutos: o atacante Aleílson cruza rasteiro e após cochilo da zaga, Itacaré empata.
O jogo era igual não só no placar, mas também nos erros: muitos passes desperdiçados, excesso de faltas cometidas e vacilos defensivos marcaram o primeiro tempo do clássico.
Tudo igual
No segundo tempo, as limitações técnicas continuaram evidentes e a defesa do Ceará continuou batendo cabeça. Em um desses erros de marcação e posicionamento, aos 7 minutos, o atacante Aleílson aproveitou passe de Maurício, e livre na grande área, marca o segundo.
O Ceará resistiu à pressão baiana e foi premiado, empatando o jogo em cobrança de falta de Clodoaldo, aos 39 minutos.
O gol animou o Vovô, que pressionou até o último minuto, perdendo uma chance clara com Clodoaldo no fim, mas em um jogo tão igual em vários quesitos, o placar só poderia ser um: empate.

É DIFÍCIL PARA MARCOS CALS FAZER OPOSIÇÃO

A ausência do próprio Marcos Cals ao anúncio do seu nome já é bem uma demonstração do seu constrangimento



 
Marcos Cals não compareceu ao evento em que seu nome foi anunciado



O deputado estadual Marcos Cals, inegavelmente, é um dos bons quadros da política cearense, mas não está preparado para disputar o cargo de governador do Ceará, até por culpa do seu próprio partido, o PSDB, que não sonhou com este momento, acomodado que estava na sustentação do atual Governo, apesar de uma ou outra dissidência. E porque não trabalhou a candidatura majoritária e a ela está sendo levado, o Ceará, pobre de lideranças, corre o risco de jogar para as calendas uma das que lhes poderiam ser úteis.
Quem conhece o Marcos Cals tem ideia do sofrimento que ele experimenta, neste momento. Amigo, inteligente, perspicaz, e acima de tudo ético no mundo aético da política, sabe que ele não tem discurso para pedir votos contra o governador a que serviu desde o primeiro momento de sua instalação, em janeiro de 2007 até abril deste ano, quando saiu para atender à legislação eleitoral, por ser candidato à reeleição, fazendo elogios ao governador.
Silêncio
Ninguém o fará contestar o atual Governo, nos palanques, no rádio e na televisão. E que apelo terá para convencer o eleitor que poderá fazer melhor se nunca esboçou reação a qualquer das políticas que foram experimentadas ao longo dos anos, mesmo que equivocadamente. Ao contrário, senão as elogiou, manteve o silêncio do consentimento. E como não pedirá votos atacando o concorrente (o seu comportamento de hoje é a garantia para tal afirmação), também não endossará qualquer afirmação dos correligionários nesse sentido.
Marcos Cals, nos últimos dias, a partir do momento em que o seu partido anunciou que teria candidato próprio ao Governo do Ceará, nunca escondeu, dos amigos, sua preocupação com o atual quadro. Sempre descartou a possibilidade de vir a ser candidato a um cargo majoritário, como já havia feito quando o próprio PSDB o estimulou a mudar o domicílio eleitoral de Boa Viagem para Fortaleza, como fez recentemente o presidente Lula com o deputado Ciro Gomes, que deixou de ser eleitor de Fortaleza para poder votar e ser votado em São Paulo.
O tucano é consciente das dificuldades de uma eleição majoritária. Sabe que jamais será um candidato competitivo na disputa pelo Governo do Estado, se não conseguir juntar R$40 milhões para os gastos da campanha, uma estrutura partidária coesa que lhe permita trabalhar sem os percalços motivadores das derrotas antecipadas. Marcos Cals tem plena consciência de que ele próprio não conseguirá tão expressiva soma de recursos e ficando na dependência dos outros fará uma campanha fragilizado.
Também sabe que não conta com todos os seus atuais companheiros de partido. Ele próprio ouviu quando o deputado Nenem Coelho disse ao senador Tasso Jereissati que só não votaria em Cid Gomes se o candidato fosse o próprio Tasso. Outros deputados seguem o mesmo caminho, embora não tenham feito tal afirmação.
O deputado não estava presente, mas tomou conhecimento como foi o encontro dos tucanos ontem. Todas as manifestações foram em defesa da candidatura de Tasso Jereissati. O nome de Marcos Cals só foi citado por Tasso e, segundo alguns, para aliviar as pressões contra ele próprio, visto que o anúncio do nome do candidato não estava definido para ser ontem

terça-feira, 22 de junho de 2010

MARCOS CALS É CONFIRMADO CANDIDATO AO GOVERNO DO ESTADO

Foi confirmado, nesta terça-feira (22), o nome de Marcos Cals para candidato ao governo do Estado do Ceará pelo PSDB.
 A oficialização ainda não ocorreu, mas uma entrevista coletiva deve acontecer ainda nesta terça (22) ou na quarta-feira (23) para mais detalhes. O presidente do PSDB-CE, Marco PenaForte, também já confirmou à imprensa que o candidato ao Governo do Ceará será Marcos Cals.
Em sua conta no Twitter, o futuro candidato comentou, "Tasso acelerou a eleição, lançando meu nome como candidato do partido ao governo do Estado", disse.
De acordo com a assessoria da campanha de Tasso, que vai concorrer ao Senado, o nome de Marcos Cals foi apoiado por mais de 90% das lideranças partidárias. Ele terá o apresentador Paulo Oliveira como vice.
Na tarde desta terça-feira (22), Tasso deve reunir-se com Ciro Gomes, em Brasília, para tratar dos rumos da campanha.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

DISPULTA PELO SENADO: PT REAFIRMA NOME DO DEPUTADO JOSÉ PIMENTEL

Petistas das diversas correntes participaram do evento, marcado pelas declarações firmes da prefeita Luizianne Lins


Petistas reunidos no fim da manhã de ontem, na Assembleia Legislativa, para confirmar o nome do deputado federal José Pimentel como candidato ao Senado


 
A prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, como presidente do diretório regional do Partido dos Trabalhadores (PT) afirmou, ontem, que "o PT não é um partido para sofrer pressão e tomar posições a partir de pressão sobre nós".
Em clima de convenção, o Partido dos Trabalhadores (PT) realizou um ato político, ontem, no auditório da Assembleia Legislativa, para marcar o pré-lançamento da candidatura do deputado José Pimentel ao Senado. Embora essa candidatura seja considerada irreversível no âmbito do PT, a coligação com o PSB, PMDB e aliados ainda não está consolidada.
Existe um acordo de intenções firmado desde o pleito passado com uma das vagas para Eunício Oliveira do PMDB. A outra vaga o PT reivindica para José Pimentel, juntamente com o candidato a vice-governador como nas eleições de 2006.
No PSB, as declarações de suas lideranças são no sentido de que a chapa majoritária apresente apenas uma candidatura ao Senado, sendo esta vaga para o PMDB, permanecendo o PT com a indicação do vice e o candidato a governador seria Cid Gomes do PSB.
O PDT, em apoio à candidatura de Dilma Rousseff (presidente) e Cid Gomes (governador), está reivindicando a indicação do candidato a vice-governador. Para reafirmar o seu posicionamento, ontem, o PT fez o pré-lançamento da candidatura de José Pimentel como algo que integra o projeto político nacional do partido para as eleições deste ano.
Na abertura desse ato político na Assembleia o deputado federal José Nobre Guimarães, destacou a unidade do partido e disse que ninguém vai quebrar essa unidade. Para ele até a próxima sexta-feira será desenvolvido um intenso papel de negociação com os aliados. A executiva regional marcou para sábado (26) o encontro estadual da agremiação e no domingo será realizada a convenção de escolha dos candidatos e homologação de coligação.
Crescimento
 Ao afirmar que aceitava o desafio, José Pimentel considerou importante a demonstração de unidade que o partido estava dando naquele momento e ressaltou o crescimento do PT do Ceará, lembrando que o partido administra 15 prefeituras com um total de 38,5% da população cearense, enquanto outra legenda com 50 prefeituras não chega a 20% da população.
Ao encerrar o ato Luizianne Lins começou seu discurso criticando o PSDB, ao informar que solicitou o plenário da Assembleia para que houvesse melhor acomodação, mas a bancada do PSDB não aceitou, o que talvez tenha sido melhor para o PT.
Em entrevista ao Diário do Nordeste o deputado José Pimentel informou que para o PT a questão da chapa majoritária está resolvida, pois o partido terá candidato ao Senado e vai manter a política de alianças de 2006. Sobre o manifesto, lançado semana passada pelos partidos aliados sem a participação do PT, disse que o PT não discute a posição dos outros, discute as suas posições. Sobre as suplências ao Senado disse que essa questão ainda será discutida, mas não revelou quando.

domingo, 20 de junho de 2010

VIOLÊNCIA NO EUSÉBIO: CASA DE DELEGADO É ASSALTADA

Criminosos fizeram a família do policial de refém. Mesmo assim, ele reagiu, trocou tiros e feriu um dos assaltantes
Cúmplices presas: as duas mulheres, que levaram o bandido baleado para o hospital, acabaram sendo presas. Rosimeire Bezerra e a universitária Jaqueline Feijó davam apoio aos quatro assaltantes
"Eu e minha família vivemos momentos terríveis. Troquei tiros com quatro bandidos, mascarados e armados de pistola, por instinto de sobrevivência, para defender minha família".
O desabafo do delegado de Polícia Civil Hélio Marques de Carvalho, reflete o clima de insegurança que toma conta da população cearense. Na noite de segunda-feira, Marques e sua família viraram alvo de uma quadrilha de assaltantes que vem aterrorizando o Município do Eusébio há vários meses, atacando sítios e casas em condomínios fechados e deixando famílias inteiras em pânico.
Ataque
Por volta das 22 horas, quando Hélio Marques dormia no andar de cima do duplex em que mora com a esposa e uma filha de um ano e sete meses, quatro homens, fortemente armados, invadiram a casa - que fica na localidade de Encantada, no Eusébio - e fizeram reféns uma empregada doméstica.
A esposa do delegado, que é fisioterapeuta, fazia drenagem linfática em uma amiga da família, no momento do assalto. As duas também foram dominadas. "Acordei com uma pancada no portão e, logo em seguida, barulhos pela casa. Achei que minha filha tinha caído. Olhei no quarto do lado e a bebê dormia. Quando coloquei a cabeça na escada da casa, vi a movimentação dos bandidos, que apontavam pistolas para a cabeça da minha mulher, da empregada e da nossa amiga", contou.
O delegado voltou ao quarto para pegar a sua arma, uma pistola Ponto 40, e ouviu quando um dos assaltantes gritou. "Cadê o coroa? ´É gringo?" Hélio conta que usou uma parede como escudo para se proteger e sua maior preocupação era defender a filha que dormia. "Esperei um pouco, pensei no que ia fazer. Foi quando um dos bandidos, o mais ousado, subiu a escada à minha procura, tomando minha mulher como refém. Ele não sabia onde eu estava, então me preparei para reagir. Quando surgiu, deu um tiro com precisão, que o atingiu no rosto".
Fuga
Segundo Hélio Marques, o bandido soltou a vítima e fugiu, atirando. "Trocamos tiros, foram muitos disparos. As paredes da minha casa estão peneiradas de bala. Os outros bandidos também soltaram as reféns e correram atirando", disse.
Na escada, as marcas de sangue evidenciavam o que o delegado sabia, um dos bandidos estava ferido. "O detalhe mais importante, que falei ao telefone para a delegada (Ana Lúcia Almeida, do Eusébio), era o de que a bala que atingiu um dos ladrões estava ainda eu seu corpo, porque eu não havia encontrado o projétil em minha casa. Sabia que havia ficado alojado em algum local do corpo dele", contou.
Ana Lúcia Almeida, que vem investigando a quadrilha há vários meses, foi ao Instituto Doutor José Frota (IJF) com sua equipe e encontrou ali o assaltante Francisco Rafael da Silva, 20, que deu entrada no hospital com o nome falso de Marcos Paulo. "Ele havia sofrido um tiro que transfixou a mandíbula e a bala se alojou no braço. Além disso, o acusado tem uma tatuagem na barriga na forma de um índio. "Diante disso, não tivemos mais dúvida de que era ele a pessoa que procurávamos", explica a delegada.
Mulheres
No hospital, duas mulheres foram detidas em flagrante quando acompanhavam o assaltante baleado. Jaqueline Feijó da Silva, estudante universitária do curso de Direito; e Rosimeire Bezerra Ferreira, companheira de Wellington da Silva Justino, o ´Etim´, membro da quadrilha.
"Na bolsa da Rosimeire encontramos alguns pen-drive que foram roubados de outra residência, no Eusébio", destacou o inspetor Paulo Jonas, da DME. Ainda de acordo com o policial, Rosimeire já é conhecida pelo tráfico de drogas na área. "Ela dava apoio à quadrilha com suporte logístico, levava comida para eles quando estavam escondidos no mato, por exemplo", explicou o policial. Com as duas mulheres foi apreendido o Gol cinza, de placa HWT-5239. Na fuga após o ataque à casa do delegado, os bandidos teriam utilizado, segundo testemunhas, um veículo Astra, prata, placa HWO-4063.
Além de ´Etim´, continuam sendo procurados pela Polícia Victor Antônio da Silva Oliveira; e Carlos Antônio da Silva de Moraes, o ´Dante´. Eles seriam os outros membros do bando, segundo o secretário da Segurança Pública do Eusébio, delegado Lauro Leite.
PROTAGONISTA
Bandido ferido
Francisco Rafael da Silva
O assaltante acabou sendo reconhecido pela Polícia ao chegar, ferido, no hospital. Ele ainda forneceu um nome falso, mas isso não adiantou. Rafael tem prisão preventiva decretada por ter praticado assaltos, homicídios e tráfico

sábado, 19 de junho de 2010

CURSO DE CONDUTOR DE TURÍSMO DE AVENTURA

Uma parceria entre SENAC e Prefeitura Municipal de Meruoca por meio da secretaria de Cultura, Turísmo, Esporte e Juventude de Meruoca estão aberta as inscrições dos de Condutor de Turísmo de Aventura, Manicure e pedicure.
O curso é gratuito e tem cetificação pelo Senac.
Inscrições até o dia 25/06/2010
Faça sua inscrição e garanta sua vaga!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

COMISSÃO DE LICITAÇÃO PERMANENTE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE MERUOCA REALIZA ALTERAÇÃO EM EDITAIS

Através de sua presidente Maria Jeovanira Matos Rodrigues a Comissão de Licitação Permanente da Prefeitura Municipal de Meruoca, informa aos interessados

A Comissão de Licitação Permanente da Prefeitura Municipal de Meruoca, através de sua presidente Maria Jeovanira Matos Rodrigues, informa aos interessados, que procedeu as seguintes alterações no Edital de Tomada de Preços, que tem como Objeto a Construção, Ampliação e Reforma do Centro Social e Cultural de Meruoca, mudando a data da Licitação para o dia 28 de junho de 2010, às 10:00h. Também sofre mudança a data da visita que ficou marcada para o dia 25 de junho, a partir das 8:00h, ficando mantida todas as condições do Edital, no que não colidirem com os adendos divulgados.
Jeovanira informa ainda, que também sofreu alteração no Edital de Tomada de Preços para a Ampliação e Reforma do Centro Social e Cultural de Meruoca,ficando a data de 24 de junho de 2010, às 12:00h, com a visita para o dia 21 de junho de 2010, às 8:00h.
Outras duas Licitações também previstas sofreram alterações em seus Editais, ficando assim definido de acordo com a Comissão Permanente de Licitação:
Construção de 15 (quinze) Unidades Habitacionais no Município, alterando a data da Licitação para o dia 28 de junho de 2010, às 12:00h, e a data de visita ficando para 25 de junho, a partir das 8:00h. A outra alteração de Licitação será da Revitalização da Avenida do Contorno, que ficou marcado para o dia 24 de junho, às 10:00h, e a data da visita para o dia 21 de junho de 2010, a partir das 8:00h.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

SEXTA CULTURAL DE MERUOCA RECEBE O FESTIVAL MERUOCA JUNINO 2010 - DIA 25 DE JUNHO

A Sexta Cultural de junho recebe o festival Meruoca Junino 2010. Além do competitivo, o evento contará com barraquinhas de comidas típicas, feirinha de artesanato e apresentações musicais, pra galera dançar e se divertir. O ritmo será dado pelos "regionalíssimos", Betinho do Acordeão e Negão do Norte.
O evento ocorrerá na Praça Monsenhor Furtado, a partir das 19:00 horas.
A Sexta Cultural de Meruoca é um projeto da Prefeitura do Município - Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude, com o apoio do SESC - Sobral e patrocínio do Governo do Estado do Ceará - Secretaria da Cultura.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

MOTOTAXISTAS DE MERUOCA RENOVAM SUA DIRETORIA E RECEBEM PATROCÍNIO DA PREFEITURA MUNICIPAL

Os Mototaxistas do município de Meruoca estiveram reunidos no início de junho de 2010 para a eleição de Reestruturação e Posse da nova Diretoria Executiva e Conselho Fiscal da Associação dos Mototaxista de Meruoca - AMM.
Os Mototaxistas do município de Meruoca estiveram reunidos no início de junho de 2010, no Auditório Cleide Dias na Escola de Ensino Infantil e Fundamental Rosinha Basto Sampaio, para a eleição de Reestruturação e Posse da nova Diretoria Executiva e Conselho Fiscal da Associação dos Mototaxista de Meruoca - AMM, e também para a troca de Bata de Identificação dos Mototaxistas.
Depois da votação entre eles, a composição da Associação dos Mototaxistas ficou assim:
Presidente - José Lucivaldo Florêncio;

Vice - Presidente - Antonio José Teixeira Xavier;

Tesoureiro - Francisco Cesar Ribeiro;

Relações Publicas - José Franklin Carvalho;
Conselho Fiscal: Conselheiros Titulares:

1º Edilson Victor do Nascimento;

2º Conselheiro - Givanildo Sousa Pires Costa;

3ª Conselheiro - Cliton Albuquerque Alves;

Conselheiros Suplentes:

1º Conselheiro - Marcelo Carnaúba do Nascimento;

2º Conselheiro - Paulo Cesar Coelho;

3º Conselheiro - Raimundo Lopes dos Santos
Vale ressaltar que na bata dos Mototaxistas está exporto a Logomarca da Prefeitura Municipal, que é a patrocinadora oficial da Associação dos Mototaxista de Meruoca - AMM.

terça-feira, 15 de junho de 2010

ESCOLA MUNICIPAL DO DISTRITO DE PALESTINA DO NORTE RECEBE O PRÊMIO ESCOLA NOTA 10 DO GOVERNO DO ESTADO

Em Meruoca a Escola Henrique Severino Duarte, situada no Distrito de Palestina do Norte, recebeu o prêmio de Escola Nota 10
         A Educação de Meruoca depois de receber elogios pelo aumento do nível de alfabetização no SPAECE-Alfa, da Secretaria de Educação do Estado do Ceará-SEDUC, o Município serrano conseguiu mais um prêmio do Governo do Estado, com a menção honrosa Escola Nota 10, aplicada as escolas com desenvolvimento sobressalente na qualidade da educação, nas turmas acima de 20 alunos e que atingirem a média desejada (a partir de 8,5).
        Em Meruoca a Escola Henrique Severino Duarte, situada no Distrito de Palestina do Norte, recebeu o prêmio de Escola Nota 10, o que está sendo motivo de orgulho para a educação municipal, ao mesmo tempo em que mostra o empenho dos profissionais que atuam na educação da população no sentido de garantir a todos a qualidade merecida.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

MUNICÍPIO RECEBE CERTIFICAÇÃO COMO ALFABETIZAÇÃO DESEJÁVEL

Acontecerá hoje dia 14/06 em Fortaleza a certificação dos municípios que atingiram a meta no nível educacional no ano de 2009. A equipe do PAIC junto ao Prefeito Municipal estarão na Sede da SEDUC em Fortaleza para receber a certificação como um dos municípios que atingiram a meta da educação no ano de 2009.
No ano de 2007, a Educação de Alcântaras, encontrava-se num estado crítico e preocupante no nível educacional, divulgado pela SEDUC que o município estava na cor "Laranja" (indicador que mostra alfabetização intermediária).
Com um trabalho sério, comprometido e empolgante do Rrograma de Alfabetização na Idade Certa - PAIC, 6ª CREDE, Secretaria do Desenvovimento da Educação Básica de Alcântaras - SEDEB, em 2008 o município deu um salto e avançou para a Cor "Verde Claro" (indicador que mostra alfabetização satisfatória).
Com este avanço obtido a equipe teve como meta para 2009, avançar ainda mais o nível educacional e chegar ao ponto máximo da avaliação, que é a cor "verde escuro" (indicador que mostra alfabetização desejável), e com as formações continuadas, encontros e estudos, em 2009 o nível foi atingido, segundo avaliação obtida através da prova SPAECE - ALFA.
Diante dos resultados positivos a Equipe PAIC 2010 tem como missão manter o município no ápice do patamar de alfabetização desejada que hoje se encontra.
Merece destaque nesta conquista o trabalho e dedicação desenvolvido pelo Gerente do PAIC em Alcântaras, Sr. Joaquim Silva que nesta jornada dedicou-se por total na luta por este momento festivo e celebrativo atingido por toda equipe do PAIC.
Já é Lei Municipal, em Alcântaras, premiar os professores que atingirem a meta de alfabetização de seus alunos e no final do ano letivo a Câmara Municipal também premiará professores, gestores e alunos destaques do ano.
Não resta dúvidas de que o desafio maior agora é manter o município onde chegou e que mantendo o que deu certo, melhorando o que ficou a desejar e criando novos projetos de melhoria da qualidade educacional, será exemplo para o Estado do Ceará. Com isso ganha o município, ganha o estado e os professores são reconhecidos como có-responsáveis por este feito.
A Prefeitura, através da Secretaria de Educação vem mostrando que apoiando os gestores e professores, em suas experiências exitosas, o resultado torna-se satisfatório e convincente, resultando no êxito educacional alcançado no nosso município.

domingo, 13 de junho de 2010

PREFEITURA DE MERUOCA E GOVERNO DO ESTADO ASSINAM CONVÊNIO PARA REALIZAÇÃO DO CURSO DE MECÂNICA DE MOTOS

O projeto Criando Oportunidades de qualificação social e profissional do trabalhador Cearense estarão disponibilizando um Curso de Mecânica de Motos, que acontecerá no mês de julho de 2010

Governo do Estado, e Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, em parceria com a Prefeitura de Meruoca, via Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude, para as pessoas interessadas, como: mulheres chefes de famílias cadastradas no CADUNICO, beneficiárias ou não do projeto Bolsa Família, trabalhadores(as) sem ocupação e desempregados; pessoas que trabalham em condições autônoma ou por conta própria; jovens de 16 a 24 anos a procura do Primeiro Emprego; Segmentos especiais: pessoas com deficiência, quilombolas, afro-descendentes, indígenas, apenados e egressos do sistema penal e de medidas sócio-educativas e LGBTT.
O Projeto tem como princípio o modelo de gestão compartilhada entre esferas estadual e municipal, com a participação de Instituições públicas e privadas e entidades da sociedade civil, capaz de responder as transformações que se operam no mundo do trabalho e as peculiaridades da força de trabalho jovem e adulta do Estado.
Os interessados em obterem mais informações, procurem a Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude, no Complexo de Feiras e Eventos, de Meruoca, no horário de 8:00 às 14:00h, ou através de E-mail secretariadeculturademeruoca@yahoo.com.br

sábado, 12 de junho de 2010

PREFEITO FONTELES RECEBE PREMIAÇÃO DA ESCOLA NOTA 10, E SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ACOMPANHA RESULTADO DO PAIC

O prefeito Fonteles esteve em Fortaleza, participando da premiação das escolas que conseguiram ganhar o Prêmio Escola Nota 10 do Governo do Estado.
Com a participação do Governador Cid Gomes e da Secretária de Educação do Estado, Izolda Cela, o  gestor municipal de Meruoca foi receber a premiação da Escola Henrique Severino Duarte, do distrito de Palestina do Norte, no montante correspondente a multiplicação do número de alunos do 2º ano do ensino fundamental regular, avaliados pelo Spaece-Alfa, no valor de R$ 2,5 mil.
A equipe da Secretaria de Educação de Meruoca acompanhou de perto o resultado divulgado pela CREDE 6, que apontou a Nota de Desempenho do município no PAIC, obtendo 176,2.
É bom lembrar, que durante o ano de 2009, o município sofreu com enchentes e os dias letivos foram bem menores do que está estabelecido pelo calendário escolar.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

CANCELAMENTO DO SHOW ZEZÉ E LUCIANO EM COREAU PREJUDICA QUADRILHAS

O show que estava previsto para a noite de hoje com a dupla sertaneja Zezé de Camargo e Luciano, no último dia do Festival de Quadrilhas da cidade de Coreaú, foi cancelado.
A informação foi dada por um conterrâneo de Coreaú, que repassou a informação ao Blog Alcântaras. Os motivos do cancelamento seria a falta de extrutura o palco que não suportaria toda os equipamentos e aparelhagem para o show.
Sem dúvidas o fato é muito constrangedor para aqueles que estão a frente de um evento como este, porém, a data foi remarcada para o dia 17 próximo. Com isso, a coordenação decidiu tambem cancelar as apresentações das quadrilhas da noite.
Com certeza a decisão não foi a melhor para as quadrilhas que muito tem que "ralar" pra se deslocar de uma cidade a outra e sem falar na produção que faz cada grupo para as apresentações.
Afinal, Festivais de Quadrilhas devem ter como ponto ápice as quadrilhas que fazem o evento independete de quaisquer outros eventos que porventura venham a acontecer por intemédio dos festivais.
A Federação de Quadrilhas Juninas do Estado do Ceará - FEQUAJUCE, a qual o Festival estar filiado, deveria ter orientado a não cancelar as apresentações das Quadrilhas inscritas para a noite.
Mas de certa forma a Prefeitura de Coreaú está de parabéns pela iniciativa do evento e que a Cultura Popular possa ser valorizada e expandida para todos os povos.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

PREFEITURA REVELA:PECÉM É LOCAL PARA O ESTALEIRO, APONTA ESTUDO

Caso o estudo da Prefeitura seja considerado pelo investidor, o litoral da Capital não terá o projeto

Feijão: "equipamento é inadequado para Fortaleza"



















Estudo das alternativas de localização do Estaleiro Promar Ceará, realizado por técnicos da Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF), apontam a praia do Pecém como a área mais apropriada para implantação do empreendimento naval no Ceará. Avaliações qualitativas dos impactos ambientais, sociais, urbanísticos e de logística classificam a linha de praia do Pecém em primeiro lugar, com 96 pontos positivos, a foz do rio Coreaú, em Camocim, com 37 pontos positivos, seguidos das praias do Titanzinho, do Poço da Draga e do Pirambu, com 45, 64 e 92 pontos negativos, respectivamente.
Em termos de valores dos investimentos necessários para enrocamento (construção de espigões), aterro, drenagem e aquisição de terrenos, os estudos também apontam preferencialmente a praia do Pecém, sobre as áreas do litoral de Fortaleza. A linha de praia estudada no Pecém aparece em segundo lugar, com custos estimados, preliminarmente, de R$ 134,43 milhões, o equivalente a 34,5%, um pouco mais de um terço, dos R$ 389,25 milhões, calculados à Praia do Titanzinho.
Em Camocim, que apresentou o menor custo financeiro, seriam necessários R$ 100 milhões, na Praia do Pirambu, R$ 165,55 milhões e o Poço da Draga, R$ 207,45 milhões. Fornecido por uma fonte da Prefeitura, os estudos praticamente descartam Fortaleza, como opção à implantação do estaleiro e põe fim a uma novela que já dura dez meses e que aguarda apenas a cena final, a ser protagonizada pela prefeita Luizianne Lins, até a próxima sexta-feira.
Os valores presentes no documento foram confirmados na noite de ontem, pelo secretário Municipal de Infraestrutura, Luciano Feijão, para quem os números revelam que "a Praia do Pecém é considerada a mais adequada, por se situar no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), além do que atenderia as condições de maritimidade exigidas pelo equipamento".
Estudos preliminares
Segundo Luciano Feijão, os levantamentos realizados no Pecém, preveem a implantação do estaleiro em uma área de 100 hectares, sendo 60% à beira-mar, em faixa de praia, e 40% sobre aterro no mar. Conforme explicou, o aterro seria necessário para se alcançar a profundidade mínima de oito metros, exigida pela empresa sócia do estaleiro, a PJMR.
No Titanzinho, a nova área pesquisada, ao lado do paredão do "Titã", teria 83,2 hectares, totalmente no mar, e que exigiriam 2,55 milhões de metros cúbicos de enrocamento e 12 milhões de metros cúbicos de aterro. A área foi apontada recentemente como alternativa pelo próprio empresário, sócio do Promar Ceará, Paulo Haddad, durante sobrevoo com a prefeita Luizianne Lins. "Nosso objetivo com esse estudo foi determinar uma ordem de grandeza dos custos e dos impactos, sem precisão absoluta, considerando, sobretudo, os custos com enrocamento e aterro", argumentou Feijão, quando questionado sobre a disparidade dos custos encontrados pelos técnicos da Prefeitura no Pecém, de R$ 134, 43 milhões, ante o R$ 1 bilhão, inicialmente, apontado pelo governo do Estado e pela PJMR.
Ele próprio pondera que o Estado poderia estar trabalhando com custos de instalação do estaleiro, off-shorre, dentro do mar, cuja viabilidade financeira já foi descartada por todos.
Ele reclamou, no entanto, que a decisão da Prefeitura de realizar os estudos decorreu da necessidade de se conhecer a realidade dos números, dos custos e dos impactos no litoral de Fortaleza, previstos com a instalação do estaleiro. "Nós sempre requisitamos os estudos de viabilidade técnica e nunca nada nos foi apresentado", criticou o secretário, numa referência aos representantes do governo do Estado e da própria PJMR.
Inversão de valores
Nosso objetivo com o estudo, acrescentou Feijão, "é mostrar que as áreas apontadas como apropriadas para o estaleiro não são adequadas e aquelas ditas como inadequadas são adequadas". Para ele, ao longo do debate, "houve uma inversão de valores", corrigido agora pelo estudo, que revela que "o equipamento (estaleiro) é inadequado para Fortaleza". Segundo ele, os estudos foram realizados, ao longo de seis dias, por 17 técnicos das secretarias de Planejamento (Sepla), do Meio Ambiente (Seman) e de Infraestrutura (Seinf), com a colaboração do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-CE) e da Associação dos Profissionais em Geologia do Estado do Ceará (Apgece). Outra fonte próxima à prefeita, explica que a decisão final será apontada por ela.
Antes porém, Luizianne Lins pretende mostrar os estudos da PMF ao governador Cid Gomes e ao presidente Lula da Silva, com quem tem encontro agendado para a próxima quinta-feira, 17, em Brasília.

REBATENDO CRÍTICAS
"Cronograma está em dia", diz Feijão
Segundo o secretário de Luizianne, junho é a data agendada para a definição do local do empreendimento
Questionado por que a Prefeitura de Fortaleza demorou tanto tempo para realizar os estudos sobre a área do estaleiro, o titular da Seinf, Luciano Feijão, respondeu ontem, dizendo que o cronograma de instalação do equipamento está em dia. Conforme explicou, com base em documento disponibilizado pelo próprio empresário Paulo Haddad, o secretário revelou que junho é a data agendada para a definição do local, ficando previsto para os meses de agosto, o período para se conseguir com os órgãos de meio ambiente, as licenças ambientais prévias.
Entre setembro deste ano e janeiro de 2011é o período reservado, no cronograma de execução da PJMR, para obtenção da licença de instalação enquanto, paralelamente, realizaria, entre novembro de 2010 e março de 2011, os projetos básicos e detalhados de engenharia do empreendimento.
Início das obras
Se tudo corresse conforme o cronograma, a construção do Estaleiro Promar Ceará começaria em abril do próximo ano, devendo iniciar a produção do primeiro dos oito navios gaseiros, em janeiro de 2012. Em conformidade com o contrato a ser celebrado com a Transpetro, no dia 30 próximo, o primeiro navio terá de ser entregue pronto, em maio de 2013. "A Prefeitura está em dia com os prazos", retrucou Feijão, informando que os estudos foram entregues a Paulo Haddad, na quarta-feira da semana passada. (CE)

quarta-feira, 9 de junho de 2010

NO CEARÁ:AO LADO DO GOVERNADOR -PRESIDENTE DIZ QUE CIRO AJUDOU

Presidente Lula ladeado por alguns petistas cearenses, ontem à tarde em Fortaleza, antes do encerramento da visita que fez à Capital cearense
Presidente reclama das amarras para os governantes brasileiros construírem as grandes obras públicas
















        O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ontem, em Fortaleza, ao lado do governador Cid Gomes (PSB) não poupou elogios ao deputado federal Ciro Gomes (PSB) ex-ministro do seu Governo e um dos pré-candidatos à Presidência da República cuja candidatura foi inviabilizada por decisão do seu partido.
        O presidente, em entrevista à Rádio Jangadeiro, na manhã de ontem, destacou a boa relação que mantém com o deputado Ciro Gomes, classificando-o como um amigo para todas as horas. O petista disse ainda que, apesar de ter planos para descansar por um período após passar a faixa presidencial para seu sucessor, declarou que não pretende sair da vida pública, pois coloca que tem muito a contribuir. Ele também voltou a mencionar que seu Governo retomou o ciclo de investimentos em infraestrutura e que o Ceará recebe muitos recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
        Ciro Gomes esteve licenciado do seu mandato de deputado federal por 30 dias, logo após o PSB anunciar apoio à candidatura de Dilma Rousseff. Recentemente, Cid Gomes (PSB), em audiência com o presidente Lula, garantiu que ele e Ciro farão campanha no Ceará para Dilma Rousseff (PT).
        Lula falou sobre seu ex-ministro da Integração Nacional (de 2003 a 2006), quando fazia uma avaliação de seus dois mandatos presidenciais. "Eu devo isso a muita gente (sucesso do Governo). Eu tenho um companheiro no Ceará que é o Ciro Gomes, que eu devo muito, foi meu ministro, e foi um contribuinte extraordinário nos momentos mais difíceis, sabe?"
Amigo
        O Ciro Gomes esteve do meu lado, prosseguiu o presidente, "teve muita gente que me ajudou, eu sou um homem que não esqueço de um amigo no meio do caminho, sou um homem que faço da política uma relação de amizade, quando eu gosto de uma pessoa, eu gosto de verdade, não é porque a pessoa está bem ou está mal, que eu estou do lado dele não. Se for meu amigo, eu estou do lado dele, qualquer que seja a circunstância, porque amigo a gente não herda, amigo a gente constrói, é assim que eu faço política", ressaltou. Obras
        Lula voltou a criticar as dificuldades no processo de execução de obras públicas no País, reiterado que, com a burocracia de hoje, Juscelino não teria construído nem mesmo o aeroporto de Brasília, muito menos a própria Capital Federal, citando como exemplo o processo da Transnordestina.
        "O Cid (Gomes) deve saber que, para se fazer uma obra, não é tão fácil como há 50 anos atrás. Hoje para fazer uma obra você, entre ter o projeto dessa obra e começar, você tem que passar pelo crivo do Ministério Público, depois dos tribunais de contas da União e dos estados, Ibama (federal e estadual), depois de tudo isso, você faz licitação, sabe? Aí quando uma empresa perde entra na Justiça, ficando uma contra a outra, e depois um ou dois anos para a obra começar", ressaltou.
Reuniões
        Lula continuou seu raciocínio dizendo "se imaginar, quantas reuniões eu já fiz, eu, pessoalmente, para a Transnordestina: 30 reuniões. O Ciro Gomes ainda era meu ministro quando começou a trabalhar na arquitetura financeira para esse projeto, depois continuamos com o Luciano Coutinho, com Guido Mantega, com Geddel Vieira.
        Ou seja, com dado concreto, é que, agora você tem dinheiro, as desapropriações estão quase todas feitas, nós, agora, dia 28 de junho, nós vamos começar a obra, em seis ou sete trechos simultaneamente, e eu espero estar vivo, daqui a quatro ou cinco anos, para fazer uma viagem do Porto do Pecém ao Porto de Suape. Essa obra no Governo era para ter sido inaugurada, nesse meu governo, em 2010, mas quando você entra com desapropriações na Justiça, é algo que você não tem noção. Se Juscelino fosse presidente hoje, e tentasse fazer Brasília, ele não teria conseguido, sequer, licença para fazer o aeroporto, para pousar aquele cacareco dele", reforçou.
Depois
        Indagado se já sabia o que fazer quando passar a faixa presidencial para seu sucessor no início do próximo ano, Lula disse, a princípio, que não estava pensando nisso, pois ainda tem pouco menos de seis meses para concluir seu mandato e muitas obras para inaugurar.
        No entanto, ele reconheceu que, nos primeiros meses, deverá descansar, mas que não irá abandonar a vida pública. "Depois que concluir o processo eleitoral, aí vou pensar o que fazer. Uma coisa é que eu quero descansar um pouco, estou prometendo isso para minha mulher desde 1978, quando prometi largar o sindicato e voltar para casa. De 78 para cá, já são 32 anos, e estou cada vez mais distante, cada vez viajando mais, eu quero parar um pouco dentro de casa, mas sabendo que sou dirigente político e vou continuar fazendo política".
        "Foi meu ministro e um contribuinte extraordinário nos momentos mais difíceis, sabe?"
Luiz Inácio Lula da Silva
Presidente da República

LULA NO CEARÁ: LULA EVITA FALAR SOBRE CANDIDATURAS NO CEARÁ

Oportunidade não faltou, pois o presidente ficou sempre ladeado de todos os interessados na sucessão estadual


Presidente Lula conversa com o governador entre os ministros que o acompanharam na visita ao Ceará, durante a solenidade no Banco do Nordeste do Brasil

        O presidente Lula não falou sobre política cearense, nem em público, nem em particular com os principais atores, dentre eles o governador Cid Gomes (PSB) e os deputados federais José Pimentel (PT) e Eunício Oliveira (PMDB), que ficaram constantemente ao seu lado desde a chegada a Fortaleza, no fim da manhã de ontem. Respondendo uma indagação específica, ainda pela manhã, o presidente disse que as questões políticas regionais terão que ser tratadas regionalmente. A prefeita Luizianne Lins se integrou ao grupo no evento do início da tarde.
        Só o deputado federal José Linhares (PP) veio de Brasília com o presidente Lula. Os demais políticos que acompanharam os eventos oficiais já estavam em Fortaleza. À porta do avião presidencial recepcionaram Lula o governador Cid Gomes e o deputado federal Eunício Oliveira. O deputado José Pimentel e o vice-governador Francisco Pinheiro (PT) se incluíram ao grupo na sala reservada para uma entrevista que o presidente concedeu à Rádio Jangadeiro, antes de seguir para a sede do Banco do Nordeste do Brasil- BNB.
        No carro oficial que conduziu o presidente até o banco, fora Lula e o seu ajudante de ordem só o governador Cid Gomes e o vice-governador Francisco Pinheiro. O almoço, no próprio banco, reuniu um grupo maior de convidados, todos, porém, ligados politicamente ao presidente Lula. O ex-governador Lúcio Alcântara, presidente estadual do PR, um dos partidos aliados do Governo Federal, não compareceu.
        Mesmo sem pedir votos nem falar de eleições, presidencial ou estadual, todas as manifestações públicas do presidente foram de cunho político. Ele criticou a legislação eleitoral ao fazer referências à proibição de um governante visitar obras públicas em período eleitoral, após protestar contra os entraves que tem o administrador público em iniciar uma obra.
        "Só eles podem visitar o que não é feito e nós não podemos visitar o que é feito". Em seu discurso, Lula reafirmou promessas de campanha feitas aos cearenses, destacando a realização de obras estruturantes para o Estado. Ressaltou que R$ 623 milhões virão para o Ceará em função da Copa do Mundo de 2014. As obras do PAC-1, até dezembro próximo, correspondem a R$ 23 bilhões e as do PAC-2 representarão mais R$ 26 milhões, disse.
Estaleiro
       Prometeu inaugurar ainda este ano a primeira parte do cinturão das águas. Não esqueceu de citar a siderúrgica, cuja terraplenagem já começou a ser feita; a refinaria, que será maior que a de Pernambuco; a Transnordestina e formulou votos para o estaleiro ficar no Ceará. Sobre a Universidade Afro-brasileira, cobrou de Inácio Arruda (relator do projeto de criação no Senado Federal) ações no sentido de que o projeto seja aprovado logo. Bem humorado, em 35 minutos de discurso, falou até de futebol, destacando a participação do Ceará no Campeonato Brasileiro. Disse que o Ceará vem ganhando tudo, mas vai perder para o Corinthians porque vem com o "Ronaldo leve como uma pena e ágil como uma águia".

APOIO AO PROJETO :CEARÁ NÃO PODE PRESCINDIR DE UM ESTALEIRO, AFIRMA LULA

A praia do Portão, na enseada do Mucuripe, na área do Titanzinho, é a opção de local onde o investidor do Estaleiro Promar Ceará gostaria de implantar o equipamento
Em visita a Fortaleza, presidente enfatizou a importância da construção do empreendimento no CE


        O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem, em Fortaleza, que "o Estado não pode prescindir de um estaleiro", referindo-se ao projeto do Estaleiro Promar Ceará, cujo local para instalação continua indefinido, aguardando pronunciamento da prefeita Luizianne Lins (PT), após estudos técnicos para apontar a área viável dentro ou fora da Capital cearense.
        "Se Deus quiser, ele será construído aqui", salientou o presidente, ao participar da solenidade em comemoração aos cinco anos do programa Agroamigo, do Banco do Nordeste (BNB).
        A decisão sobre o local onde o estaleiro deve ser instalado foi adiada, novamente, pela prefeita na última segunda-feira. Ela esteve presente, junto ao presidente Lula e o governador Cid Gomes, à tarde, na aula inaugural do Projovem Urbano, no Ginásio Paulo Sarasate. Entretanto, a chefe do Executivo Municipal não concedeu nenhuma entrevista à imprensa, que buscava um esclarecimento para a postergação da decisão.
Audiência
O presidente Lula informou que a prefeita pediu uma audiência com ele, em Brasília, na próxima quinta-feira, mas não detalhou se tratariam do assunto.
No início da solenidade, a prefeita chegou a ser convidada ao palco preparado para o evento, mas só assumiu sua cadeira cerca de meia hora depois, chegando juntamente com o presidente Lula da Silva e o governador Cid Gomes. À noite, em coletiva de imprensa após a inauguração do Banco de Sangue Umbilical e Placentário de Fortaleza, o governador esclareceu a demora na entrada da prefeita, e falou sobre o assunto do estaleiro, mas sem trazer grandes novidades. "Estive com o presidente o momento todo da presença dele aqui, momentos públicos e momentos privados. No Paulo Sarasate, a Luizianne pediu pra conversar um momento privado com ele, não sei se lá tratou do assunto, ou se ela deixou pra tratar na quinta-feira", disse. Segundo ele, a polêmica não foi tratada entre as três lideranças de Executivo: "ele só me perguntou como é que estava, eu disse que estava ainda nessa pendência", assinalou Cid.
Bancada
A demora na definição da prefeita Luizianne Lins em apontar um possível local para o estaleiro em Fortaleza não preocupa, contudo, a bancada do PT nas câmaras federal e estadual. Para deputados e vereadores da base aliada, a chefe do Executivo Municipal age com cuidado para avaliar os impactos econômicos e ambientais do empreendimento. "A prefeita quer avaliar essas questões. Nenhuma gestão de bom senso evitaria um empreendimento desses, que vai gerar empregos e renda", afirmou o deputado federal Eudes Xavier (PT/CE), que também participou da visita do presidente Lula a Fortaleza, ontem pela manhã, no BNB.
Final feliz
Dizendo acreditar em um "final feliz" para o estaleiro, Xavier, no entanto, defendeu a vocação da cidade para o turismo e o setor de serviços. "O estaleiro, a refinaria e a Unilab são projetos que um Estado como o Ceará não pode prescindir", afirmou o parlamentar petista. Já o líder da Prefeitura na Câmara Municipal, Acrísio Sena, voltou a explicar que a demora na definição do local do empreendimento naval parte da necessidade que a gestão teve de elaborar um "estudo eminentemente técnico" para avaliar os impactos do estaleiro. "Durante todo o processo de discussão, a prefeita nunca recebeu do investidor um projeto para poder avaliar o impacto ambiental", justificou.
Segundo o vereador petista, construir um estaleiro do porte do Promar Ceará representa aterrar uma área equivalente a 100 vezes o campo do estádio Castelão. "São 100 hectares de aterramento de mar, representando um bairro do tamanho do Meireles", acrescentou.
Na opinião dele, os estudos, encomendados pela Prefeitura, com base nos levantamentos feitos pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB/CE), são importantes para definir a viabilidade do equipamento na orla marítima da Capital. "Os estudos foram feitos por profissionais qualificados e já estão nas mãos da prefeita Luizianne Lins. Cabe à ela, ainda nesta semana, apresentar sua decisão à imprensa". Acrísio Sena destacou, ainda, que o sentimento do presidente Lula, do governador Cid Gomes e da própria prefeita Luizianne Lins é de que o empreendimento fique no Ceará. Já o presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho (PT), limitou-se a declarar que "é preciso aguardar a decisão da prefeita".

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter