sábado, 30 de janeiro de 2010

LULA VAI PARA BRASÍLIA APÓS REALIZAR EXAMES

Momento em que o presidente Lula deixa o Real Hospital Português de Beneficência (Recife-PE) acompanhado de médicos, na manhã da última quinta-feira
Desde quinta-feira, Lula se recupera em seu apartamento em São Bernardo de uma crise de hipertensão


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva retorna para Brasília hoje, por volta das 12h, após realizar exames no InCor (Instituto do Coração), em São Paulo.
A bateria de exames a que o presidente será submetido está prevista para começar às 8h e deve durar três horas. A previsão é de que ele, em Brasília, passe o final de semana descansando depois da crise de hipertensão que teve em Recife (PE).
Desde quinta-feira, Lula se recupera em seu apartamento em São Bernardo de uma crise de hipertensão que teve na noite de quarta-feira no Recife (PE).
Ele também está tomando diuréticos e antibiótico para combater uma gripe mal curada. Ontem, pela manhã, a primeira-dama, Marisa Letícia, apareceu na sacada do apartamento em São Bernardo por cerca de dez segundos.
Na quinta-feira, o petista não recebeu visitas durante a noite. As luzes do apartamento foram apagadas por volta da meia-noite. No fim da tarde, o médico da Presidência fez uma visita e constatou que Lula passava bem, com a pressão arterial estabilizada em 11 x 8.
Segundo interlocutores, o presidente dormiu a maior parte do dia. Ele recebeu ligações de praticamente todos os ministros. Também telefonaram os presidentes da Colômbia, Álvaro Uribe, e do Paraguai, Fernando Lugo. Entretanto, Lula não atendeu ninguém.
Susto
No Recife, Lula cumpria agenda oficial, antes de ir para Davos (Suíça), onde participaria do Fórum Econômico Mundial. Ele passou mal no avião e, por orientação médica, foi para o Real Hospital Português de Beneficência, onde chegou com moleza no corpo e um mal-estar geral. Lula passou a noite no hospital, antes de seguir para São Bernardo. Ele deve retornar ao trabalho na segunda-feira.
O petista esteve na capital pernambucana para cumprir uma agenda intensa.
Durante a inauguração de uma unidade de pronto-atendimento, em Paulista (Região Metropolitana de Recife), ele reclamou de dor na garganta e brincou que não queria ser o primeiro paciente do local.
O presidente deixou o hospital no Recife às 6h58 da quinta-feira com aparência abatida, vestido com um conjunto de moletom branco. Ele estava acompanhado pelos ministros Dilma Rousseff (Casa Civil) e Alexandre Padilha (Relações Institucionais), que passaram a noite toda com o presidente.
Ainda na capital pernambucana, o médico Cleber Ferreira disse que a pressão arterial de Lula chegou a 18 x 12. O petista passou por exame de eletrocardiograma, raio-x do tórax e exame de sangue.
Segundo o médico, a crise hipertensiva pode ter sido provocada por um quadro de estresse e cansaço. Esta é a primeira vez, durante o período que o médico atende ao presidente, que Lula tem uma alteração na pressão arterial.
SOLIDARIEDADE
Assessoria de Obama envia mensagem de melhoras
O assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, general Jim Jones, telefonou ontemoje para o assessor especial da Presidência da República para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia, para saber notícias sobre a saúde do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que suspendeu suas atividades ontem depois de uma crise de hipertensão. A pedido do presidente dos EUA, Barack Obama, Jones telefonou para desejar "pronto restabelecimento" à saúde de Lula.
Na conversa Garcia disse que Lula está bem, com a saúde restabelecida. Jones disse que Obama estava "preocupado" com o presidente brasileiro, por isso pediu que telefonasse para saber detalhes sobre o seu estado de saúde.
Desde quinta-feira, o Palácio do Planalto recebe uma série de telegramas e mensagens de autoridades com desejos de plena recuperação de Lula.
O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, telefonou pessoalmente para um assessor de Marco Aurélio Garcia para ser informado sobre a saúde do presidente. Um assessor do presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, também telefonou para assessores de Garcia.
MEDO DE DOENÇAS
Presidente havia adiado check-up no ano passado
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que não fez e não faria o check-up em 2009, apesar de achar necessário, porque o seu vice, José Alencar, e a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) já estavam com problemas de saúde.
"Precisaríamos fazer check-up todos os anos porque você consegue antever uma coisa grave ou descobrir uma coisa grave. Todos os anos eu faço check-up, mas este ano eu não fiz porque o José Alencar está com problema de saúde, a Dilma teve o problema dela. Eu falei: se eu fizer e der alguma coisa também, a República está desgraçada", disse Lula na ocasião.
Quinta-feira e ontem, o presidente se recupera de uma crise de hipertensão que teve na noite de quarta-feira no Recife.
Lula também está tomando diuréticos e antibiótico para combater uma gripe mal curada. Ontem, ele descansou durante todo o dia em seu apartamento em São Bernardo do Campo (SP) e não recebeu visitas durante a noite. As luzes do apartamento foram apagadas por volta da meia-noite.
No fim da tarde, o médico da Presidência da República, Cleber Ferreira, fez uma visita e constatou que Lula passava bem, com a pressão arterial estabilizada em 11 x 8.
Segundo interlocutores, o presidente dormiu a maior parte do dia. O presidente está em sua casa em São Bernardo com a mulher Marisa Letícia e com os filhos Fábio, Sandro, Marcos e Luiz Cláudio.
Segundo o médico Cléber Ferreira , a crise hipertensiva pode ter sido provocada por um quadro de estresse e cansaço.

MISTO DE FÉ E EMOÇÃO NA ROMARIA DAS CANDEIAS

Multidão de fiéis lotaram a Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores na missa de abertura da Romaria das Candeias, uma das manifestações religiosas mais bela da cidade


A previsão da Secretaria de Turismo e Romaria é que a cidade receba até o dia 2 cerca de 300 mil romeiros


Uma missa celebrada na noite de ontem, na Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores, abriu oficialmente a Romaria de Nossa Senhora das Candeias. E os romeiros não param de chegar na cidade. Dezenas de paus-de-arara e ônibus entravam no município na noite de ontem.
É intensa a movimentação no centro e os ranchos e pousadas começam a lotar. A festa da Mãe das Candeias é uma três das maiores e abre o calendário das grandes romarias do ano.
A previsão, segundo a Secretaria de Turismo e Romaria de Juazeiro do Norte é que cheguem até o dia 2 cerca de 300 mil romeiros.
A expectativa de participação dos romeiros durante a festa, segundo o secretário de Turismo e Romaria, José Carlos dos Santos, está acima da média, mesmo com a grande movimentação registrada neste final de ano na cidade.
O padre Paulo Lemos, administrador da Basílica, destacou, na missa de abertura, o momento de retiro do romeiro, para participar da festa em Juazeiro.
A Romaria das Candeias é considerada uma das manifestações religiosas mais belas da cidade. Durante a procissão, milhares de pessoas seguem pelas ruas de centro com velas acesas, formando um grande cordão humano iluminado.
Os romeiros de estados como o Pernambuco, Paraíba, Alagoas e Rio Grande do Norte lotaram a igreja na noite de ontem e fizerem as suas primeiras orações.
Muitos pagam promessas no momento da chegada. Este ano, duas grandes novidades, conforme o secretário, farão parte da Festa das Candeias, com procissão marcada para o final da tarde da terça-feira. A primeira é a entrega oficial de 3 mil mudas de ´juazeiro´, no projeto ´Árvore do Centenário´, dentro das comemorações dos cem anos da cidade. A vinda das relíquias de Dom Bosco, na segunda-feira, também marca um grande momento da romaria.
Na segunda-feira, as relíquias de Dom Bosco, que estão percorrendo o Brasil, chegam ao Juazeiro às 5 horas, com solenidade na avenida leão Sampaio, saindo para o Horto, percorrendo igrejas como a do Bom Jesus do Horto, Capela do Socorro, São João Bosco, Santuário do Sagrado Coração de Jesus, além dos Salesianos.
As mudas do projeto ´Árvore do Centenário´ começam a ser distribuídas, com senhas, aos romeiros, às 9 horas da terça-feira, na matriz. Ao meio-dia, na missa de despedida do romeiro, será realizada a bênção das plantas. A meta é distribuir até 22 de julho de 2010 cerca de um milhão de mudas para romeiros de todo o Nordeste.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

FORTALEZA E ÍDOLO:SALÁRIO SEPARA RINALDO DO PICI

DESÂNIMO DO ARTILHEIRO: olhando para a meia, está pensativo quanto à situação dele com o Leão


Um misto do que o Fortaleza deve a Rinaldo do ano de 2008 com o salário que ele tem que ganhar dificulta o acordo




Para quem vinha na maior felicidade do mundo com a chance de vestir a camisa do Fortaleza novamente, o atacante Rinaldo passou da euforia à tristeza.
O motivo do súbito desapontamento foi a última reunião do jogador com a diretoria, no sentido de confirmar no papel, o acerto verbal para que ele voltasse a vestir a camisa do Leão.
O impasse surgiu a partir da conciliação da dívida do clube para com o jogador e a combinação disto com o salário a ser recebido pelo mesmo.
Rinaldo ajuizou uma questão contra o Fortaleza na ordem de R$ 70 mil, relativos a valores não pagos no ano de 2008. Na versão da diretoria, houve um acordo e o montante caiu para R$ 40 mil. Ele receberia quatro prestações de R$ 10 mil para jogar no Campeonato Cearense. Se fosse bem, renovaria para disputar a Série C do Brasileiro.
Quando sentaram à mesa de negociações para assinar contrato, Rinaldo não concordou com os valores que foram expostos e apresentou uma versão diferente. Para o atleta, seus salários seriam de R$ 20 mil, ou seja, R$ 10 mil pela dívida e os outros R$ 10 normais do novo contrato.
"Já houve um mal-entendido dessa maneira no ano de 2008, quando eu era diretor de futebol. Acertei tudo e depois o jogador disse que não era aquilo o combinado", disse o presidente do Fortaleza, Renan Vieira.
Rinaldo ficou tão desapontado, que chorou, insistindo que sua versão é a que é verdadeira. O certo é que o "Homem Raio" ainda não assinou contrato. Para ver se resolve a situação, Renan aumentou a proposta da diretoria, chegando a um meio termo e espera o acerto.
DEFESA TRICOLOR
Zaga espera 120 dias para não sofrer gol
A vitória por 2 a 0 sobre o Horizonte, na última quarta-feira no estádio Alcides Santos, no Pici, representou um marco para o atual time do Fortaleza. Não que fosse alguma decisão, pois era apenas a sexta rodada do Campeonato Cearense. O fato em questão é que fazia tempo em que o Leão não ganhava um jogo sem sofrer gol.
A última vez que o Tricolor venceu uma partida sem ter sua defensiva vazada foi no dia 29 de setembro de 2009, quando venceu o Ipatinga/MG por 1 a 0, pela Série B do Campeonato Brasileiro daquele ano. De lá para cá, até em amistosos, o time hoje orientado pelo técnico Luiz Müller sempre levou gol dos adversários, até a zaga passar incólume frente ao Horizonte.
O goleiro Fabiano tem uma explicação para a defesa ter passado 90 minutos intacta: "Isso mostra que tivemos um desempenho melhor e com o decorrer dos jogos podemos melhorar cada vez mais".
"A marcação não é apenas na defesa, mas começa lá na frente com os atacantes", disse o zagueiro André Turatto.
O bom desempenho do sistema defensivo deixou Müller na dúvida sobre se vai mexer na formação, visando ao clássico contra o Ceará. O volante Leandro está à disposição.

APÓS CRISE DE HIPERTENSÃO, LULA DESCANSA EM CASA

Após passar mal, o presidente Lula passou a noite no Hospital Português (Recife), onde foi submetido a vários exames. O presidente deixou o hospital às 6h58 de ontem
A crise hipertensiva do presidente Lula pode ter sido provocada por um quadro de estresse e cansaço, dizem médicos

Após uma crise de hipertensão, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva descansa ao lado da família em São Bernardo do Campo (SP) e fará um check-up nos próximos dias. Lula está acompanhado da mulher, Marisa Letícia, e de quatro filhos. Ele teve a crise hipertensiva na noite da última quarta-feira, em Recife, já dentro do avião em que iria para Davos (Suíça), onde participaria do Fórum Econômico Mundial.
O presidente passou a noite em um hospital da capital pernambucana, de onde seguiu para São Bernardo, onde descansará até domingo. Ele deve retornar ao trabalho na próxima segunda-feira.
Lula esteve em Recife para cumprir uma agenda intensa durante a tarde e início da noite de quarta-feira. Durante a inauguração de uma unidade de pronto-atendimento, em Paulista (Região Metropolitana de Recife), ele reclamou de dor na garganta e brincou que não queria ser o primeiro paciente do local.
O petista deixou às 6h58 de ontem o Hospital Português, no Recife. Lula saiu com aparência abatida, vestido com um conjunto de moletom branco. Ele estava acompanhado pelos ministros Dilma Rousseff (Casa Civil) e Alexandre Padilha (Relações Institucionais), que passaram a noite toda com o presidente.
O médico da Presidência, Cleber Ferreira, que acompanha o presidente há cinco anos, disse que a pressão arterial de Lula chegou a 18 x 12. O petista passou por exame de eletrocardiograma, raio-x do tórax e exame de sangue.
Segundo o médico, a crise hipertensiva pode ter sido provocada por um quadro de estresse e cansaço. Esta é a primeira vez, durante o período que o médico atende ao presidente, que Lula tem uma alteração na pressão arterial. "O presidente não é hipertenso, este é um quadro esporádico", disse Ferreira.
A pressão arterial normal de Lula é de 11 x 8. O cardiologista Roberto Kalil, médico particular de Lula, disse que o petista "vai fazer um check-up nem que seja amarrado pela orelha". Kalil recepcionou Lula no aeroporto de Congonhas, em São Paulo.
Saúde normal
Dilma disse que o presidente está bem e com a saúde normal. Ela afirmou que a população brasileira pode "ficar tranquila" porque Lula vai retomar, no máximo na segunda-feira, a sua rotina de trabalhos. "A população brasileira pode ficar muito tranquila porque o presidente está bem, foi uma pequena crise hipertensiva. Ele está na casa dele em São Bernardo descansando com a dona Marisa. Dilma disse que Lula tem pressão "constante e regular", minimizando o que ocorreu na noite de ontem. "O presidente se preocupou porque nunca teve essa pressão, ele não tem pressão alta. Como não tem, o doutor Cleber achou melhor não viajar. Quarta à noite, antes de tomar remédio, a pressão dele começou a cair", disse.
A ministra, assim como Padilha, atribuiu a crise hipertensiva de Lula à extensa agenda de trabalhos cumprida pelo presidente esta semana. Lula começou a semana no Rio e retornou de madrugada a Brasília. No dia seguinte, viajou novamente para o Rio Grande do Sul. Retornou de madrugada e, na quarta, deu início cedo às suas atividades -incluindo a viagem a Recife. "E todos os dias nós ficamos levantando cedo. Tivemos uma agenda pesada em Recife".
Dilma disse, porém, não ver necessidade de Lula reduzir o seu ritmo de trabalho. Ela sugeriu, apenas, que Lula intercalasse semanas de trabalho mais pesadas com outras mais leves. "As agendas do presidente não são como a desta semana. Mas quem trabalha com ele sabe que é um esforço enorme. No passado, chamávamos de rali Paris-Dakar", frisou.
Padilha disse que o presidente tem hábitos saudáveis, como a prática de exercício físicos, por isso não vê motivos para Lula modificar sua rotina de trabalhos em consequência da crise hipertensiva que sofreu. "O presidente caminha, faz exercícios diários. Ele tem saúde e cuida da saúde melhor do que todos nós. Foi fruto de uma semana muito cansativa. Ele estava muito cansado", disse Padilha ao informar que a crise hipertensiva foi apenas um susto.
DAVOS
Celso Amorim receberá prêmio em nome de Lula
Brasília O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, receberá nesta sexta-feira, em nome do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o prêmio de Estadista Global, concedido pelo Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. O chanceler brasileiro lerá o discurso que Lula faria na solenidade de entrega do prêmio.
O presidente Lula cancelou a participação no fórum depois de sofrer uma crise hipertensiva na noite da última quarta-feira, em Recife.
Lula será o primeiro chefe de Estado a receber o prêmio de Estadista Global. De acordo com o Palácio do Planalto, a homenagem se deve à atuação do presidente brasileiro em vários setores, como meio ambiente, erradicação da pobreza, redistribuição de renda e paz mundial.
O presidente Lula está sendo representado no Fórum Econômico Mundial, em Davos, pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e o ministro Celso Amorim.
Amorim já estava na Suíça porque participou ontem de uma sessão especial do fórum sobre o Haiti. Ele também terá encontros com ministros de Relações Exteriores de países participantes do fórum, assim como autoridades internacionais, como o diretor-geral da OMC (Organização Mundial do Comércio), Pascal Lamy.
Repercussão
"A população brasileira pode ficar tranquila porque o presidente está bem"
Dilma Rousseff
Ministra da Casa Civil
"O presidente faz exercícios. Isso foi fruto de uma semana muito cansativa"
Alexandre Padilha
Ministro das Relações Institucionais
"Mal-estar do presidente foi causado pelo ritmo intenso de trabalho"
Ricardo Berzoini
Presidente do PT

PRESIDENTE REELEITO DA LIMED ANUNCIA DATA DA POSSE DE SUA DIRETORIA

O presidente reeleito da Liga Meruoquense de Desportos (LIMED) anuncia a data da posse da nova diretoria, que acontecerá no dia 28 de fevereiro, a partir das 20h30min, no Complexo de Feiras e Eventos.
O presidente reeleito Rivaldo Pio, depois da reunião, conversou com o repórter Luiz Carlos Silva, da assessoria de imprensa da prefeitura de Meruoca, e a adiantou a composição da sua diretoria, que ficou assim estabelecido:
Presidente - Rivaldo Pio
Vice-presidente - Ana Karina
Secretário de Finanças - José Carlos Rocha
Secretário Geral - José Cândido da Silva
Diretor de Futsal - Francisco das Chagas Sousa
Assessor de Imprensa - Luiz Carlos Silva
Rivaldo adiantou ainda, que no período de 4 a 07 de fevereiro, a seleção de Futsal de Meruoca, estará na Serra da Ibiapaba, mais precisamente na cidade de Ubajara, participando dos Jogos Abertos de Futsal da Região Noroeste, representando o município serrano.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

CONTRA BOA VIAGEM: MUDANÇAS PARA, ENFIM, DECOLAR

Pernas novas: técnico René Simões, em treinamento, ontem, no Estádio Carlos de Alencar Pinto; ele disse que com a nova formação o time alvinegro está melhor fisicamente

Técnico René Simões promove uma série de modificações no Ceará com a intenção de dar mais gás à equipe
Se o Ceará não obtiver resultado positivo hoje, às 20h50 (com transmissão ao vivo da TV Verdes Mares), diante do Boa Viagem, no estádio Serjão, certamente não será por omissão de René Simões. O treinador vai promover uma série de modificações na equipe que viaja logo mais para Boa Viagem.
Algumas das alterações, revelou o técnico, foram motivadas pela necessidade de colocar "pernas novas" para jogar. "Fisicamente, esse time (escalado para hoje) está bem mais inteiro. Está compactando o meio, pedindo mais entrada na área".
A primeira das mexidas, na base do improviso, é na lateral direita. No setor, entra o volante João Marcos e sai Boiadeiro. E não se trata de uma mudança ocasionada por contusão. Foi por opção mesmo de René. "Achei que a entrada do João melhorou o time. O Boiadeiro precisa trabalhar o condicionamento físico também", justificou o técnico alvinegro.
No meio, três modificações em relação ao último jogo. Michel volta a ocupar seu lugar. Só que Heleno, suspenso, dá lugar a Douglas. A grande novidade fica por conta de Ernandes, que entra na vaga de João Marcos.
Segundo René, essa mudança foi pensada para que o atleta possa ajudar na criação. "Minha preocupação é com o Rone. Ele está andando do lado esquerdo para o direito e ficou sobrecarregado ali no meio, tendo que fazer tudo. No último jogo, ele acabou exausto", argumenta o professor, que quer o homem de criação da equipe encostando mais no ataque.
Outra opção de René foi a entrada de Augusto na lateral-esquerda, no lugar de Jorge Henrique. Na frente, formando dupla com Vavá, a volta de Wellington Amorim, recuperado de lesão, causou a volta de Misael ao banco de reservas.
Lá atrás, o zagueiro Diego terá nova chance de se firmar no time titular. Com a suspensão de Fabrício, ele forma dupla desta vez com Anderson.
Boa Viagem
Problemas de ordem médica no time da casa fizeram com que o treinador Luis Carlos mantivesse dúvidas em sua escalação.
Os volantes Tela, Wagner Rocha e Geraldo estão no departamento médico, mas devem ser liberados para a partida. Na meia, Beto Mexerica e Luciano Baiano disputam vaga.
Certeza mesmo, apenas a entrada do zagueiro Rafael, no lugar de Erílson, suspenso.
Ficha Técnica
Boa Viagem
Gato; Lô, Diego, Wagner Rocha, Rafael e Victor Cearense; Tela, Geraldo, Helinho e Beto Mexerica (Luciano Baiano); Esquerdinha e Serginho. Técnico: Luís Carlos.
Ceará
André Sangalli; João Marcos, Anderson, Diego e Augusto; Michel, Douglas Silva, Ernandes e Rone Dias; Wellington Amorim e Vavá. Técnico: René Simões.

Competição: Campeonato Cearense - 1º turno
Estádio: Serjão, em Boa Viagem/CE
Data: 27 de janeiro de 2010
Horário: 20h50.
Árbitro: Carlos Custódio

Assistentes: Armando Lopes e Anderson Silveira.
Transmissão: TV Verdes Mares e Rádio Verdes Mares AM 810 Khz.
REFORÇO
Goleiro Diego é regularizado
O goleiro Diego, que já está treinando com o restante do elenco, foi regularizado ontem para o atuar no Estadual.
Entretanto, o jogador não está entre os relacionados para o jogo em Boa Viagem, pois ainda precisa aprimorar seu condicionamento físico e técnico.
Há rumores de o Ceará pode anunciar ainda um meia e um atacante, que seriam, respectivamente, Lenilson, ex-São Paulo, e Rodrigão, ex-Inter. Porém, o conselheiro do clube, André Figueiredo, negou a informação. "São grandes jogadores, mas pretendemos trazer gente de ainda mais nome", disse.

DEFINIÇÃO DE CIRO: DEPUTADO ESPERA CHEGAR MARÇO

Ciro gomes chegou a Fortaleza à noite da última segunda-feira, após um período de férias na Europa

Desde segunda-feira à noite em Fortaleza, Ciro, garante seus aliados, vai esperar uma nova conversa com Lula


O tempo para a decisão do deputado federal Ciro Gomes (PSB)sobre se é candidato ou não à Presidência da República, este ano, foi definido no encontro dele com o presidente Lula, em setembro do ano passado, do qual participou, também, o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), além dos presidentes nacionais do PSB e do PT.
Naquela oportunidade em que ficou acertado que Ciro mudaria o seu domicílio eleitoral para o Estado de São Paulo, como de fato aconteceu, no momento oportuno para lhe permitir, em querendo, ser candidato ao Governo daquela unidade federativa, um novo encontro foi agendado para o início do próximo mês de março, quando uma avaliação mais percusciente sobre a disputa presidencial deste ano seria feita.
Ainda hoje insistem, o deputado Ciro e o governador Cid Gomes, que dois candidatos a presidente da base de apoio ao presidente Lula garantirão a realização de um segundo turno, o que poderá não se dar com a existência de apenas um postulante, no caso a ministra Dilma Rousseff.
Férias
O noticiário sobre o interesse de lideranças petistas de antecipação desse desfecho não preocupa ao deputado Ciro Gomes, que desde a última segunda-feira à noite está em Fortaleza, depois de um período de férias na Europa. Os correligionários do deputado cearense só têm como certo é de que ele não será candidato ao Governo do Estado de São Paulo.
O governador Cid Gomes, partícipe do encontro de setembro pretérito, continua defendendo a tese discutida naquela oportunidade que a candidatura de Ciro só fortalece a tese do segundo turno na disputa presidencial. Ele e seus correligionários querem analisar outras pesquisas, que ainda deverão ser feitas até março próximo, para permitir uma melhor avaliação sobre a tese defendida pelo próprio presidente Lula de que todos os aliados deveriam estar com Dilma, para que a eleição fosse de fato plebiscitária.
Implicações
Uma definição agora sobre a participação de Ciro Gomes nas eleições nacionais de outubro próximo gera uma série de implicações, não apenas para o PSB nacional, mas sobretudo para o quadro local que, até agora, tem sido contido pelo governador Cid Gomes.
A finalização dos entendimentos que aconteceram sobre a sucessão estadual aguarda o desfecho da participação do deputado federal cearense no pleito nacional. Uma possível desistência de Ciro de disputar o cargo de presidente, não apenas por força de um acordo que será feito em Brasília, mas também por sua disposição de aqui estar mais presente, fortalecerá ainda mais o governador Cid na formação de sua chapa majoritária, incluindo, óbvio, as duas vagas do Senado Federal.
Diz o governador Cid Gomes a correligionários que é explícita a demonstração de apreço do presidente Lula ao deputado Ciro Gomes. A conversa final em março, pelo que se deduz da observação do governador do Ceará, qualquer que seja a conclusão, não afetará a relação existente entre eles, até pelo fato de que, sendo candidato ao lugar hoje ocupado pelo presidente Lula, Ciro continuará aliado e terá como seu principal adversário o nome que for apontado pela oposição, pois sua bandeira será a defesa da continuidade do Governo.
PANOS MORNOS
Acordo virá naturalmente, asseguram petistas do CE
Representantes petistas do Ceará garantem que o desconforto entre PT e PSB no âmbito nacional, é natural e será superado rapidamente. A tentativa de por panos mornos na relação entre as legendas foi depois da declaração do presidente nacional do PSB que disse, em entrevista, que não deixará o PT interferir na possível candidatura à Presidência da República do deputado federal Ciro Gomes.
"Não tem política sem mal-estar", revelou o líder da bancada federal cearense no Congresso Nacional, deputado federal José Nobre Guimarães (PT). O petista admite o incômodo que há entre as duas siglas, mas acredita que as especulações e a falta de decisão faz parte do "jogo democrático" das eleições.
Autonomia
Na visão do deputado federal Eudes Xavier (PT), o ideal é que seu partido respeite a "autonomia" do PSB. "Eu concordo com o Eduardo Campos de que não deve ter ingerência nem de um partido nem de outro. E isso não quer dizer que deixem de acontecer os diálogos", destacou.
O deputado estadual Dedé Teixeira (PT) garante que a "identidade" entre PT e PSB é "muito forte" o que vai facilitar um acordo. "Até chegar a hora da conversa que vai ter com o Presidente, Ciro vai avaliar e cenário e perceber se pode recuar", prevê.
Artur Bruno, por sua vez, diz que o PT possui canais informais para negociar um acordo com o PSB no Ceará.

ZONA NORTE:CHUVA DEIXA ESTRADA VICINAL INTRANSITÁVEL

ESTRADA DE ACESSO da comunidade de Alegre para a sede de Sobral ficou intrafegável com as últimas chuvas

A estação das chuvas nem começou oficialmente no Estado, mas comunidades já ficam quase isoladas

A principal via de acesso à comunidade de Alegre, na zona rural do distrito de Patriarca, já começou a ficar intransitável por causa das chuvas que começaram a banhar a cidade de Sobral. Na manhã de segunda-feira, foram poucos os moradores da localidade que se arriscaram a passar pela estrada vicinal que dá acesso à rodovia que liga Patriarca à CE-178.
"Aqui todo ano é assim. Se chover, quem está para Sobral não tem como retornar e quem está em casa não tem como sair", disse o agricultor Francisco das Chagas Rodrigues.
O Sítio Alegre é uma comunidade afastada da sede do município, distante cerca de 15 quilômetros, onde moram aproximadamente 27 famílias, num total de 180 pessoas. Na última quadra chuvosa, de acordo com a Defesa Civil do município, a localidade ficou completamente isolada devido à cheia do Rio Acaraú, e 90 pessoas ficaram desabrigadas. Para evitar que as famílias voltem a conviver com a situação do ano anterior, a coordenadoria da Defesa Civil se reúne na próxima semana para traçar planos e metas de como atender a essas comunidades que sofrem com a chuva.
Construção da drenagem
Para alguns moradores, a situação pode ser resolvida de forma definitiva com a construção de um sistema de drenagem das águas pluviais que se acumulam no meio da estrada. "Acho que se a Prefeitura quisesse resolver nosso problema, resolvia. Uma camada de cascalho seria uma solução, mas parece que não existe interesse", disse Chagas Rodrigues.
De acordo com o secretário da Infraestrutura, Irismar Azevedo Filho, aquela rodovia está no cronograma de recuperação a ser executada pela Prefeitura este ano. "A exemplo de outras estradas que fazem ligação com a sede, a rodovia do Sítio Alegre passará por uma recuperação. Será colocado um resídio mais sólido cujo objetivo é evitar as poças d´água. Até o final do ano, vamos fazer uma recuperação mais completa daquele trecho", disse Irismar Filho.
Para se chegar à comunidade existe outra via de acesso que liga diretamente à CE-178, mas segundo o funcionário público Carlos Mendes, também se torna intransitável no inverno.
"Os ônibus que transportam estudantes circulam por lá, mas a buraqueira e o lamaçal deixam o caminho ruim para trafegar usando outro meio de transportes", disse Carlos Mendes, acrescentando que, "adoecer por aqui nesse período jamais. O socorro às pessoas doentes é quase impossível, principalmente, crianças, gestantes e idosas", disse o funcionário público. Agora, a expectativa dos moradores é quanto à agilidade das obras, para que a conclusão aconteça antes das chuvas na região. Do contrário, a dificuldade das famílias será ainda maior.
MAIS INFORMAÇÕES
Secretaria da Infraestrutura
Rua Viriato de Medeiros, 1.250
Sobral (CE)
(88) 3677.1170

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

SEM ZILDA ARNS:PASTORAL ENTRA EM DIFICULDADES

Zilda Arns, que morreu no Haiti, estava à frente do processo de conquista de novas parcerias para a entidade

A Pastoral do Idoso, entidade criada por Zilda Arns em 2004, tem sua sobrevivência ameaçada pela falta de recursos

Diferentemente da Pastoral da Criança, fundada há 26 anos pela médica Zilda Arns e que ajudou a tornar a saúde na infância tema prioritário na política pública brasileira, a Pastoral da Pessoa Idosa, projeto também legado por ela, ainda patina na celebração de convênios. A médica morreu há duas semanas no terremoto que atingiu o Haiti, aos 75 anos.
O motivo para as dificuldades, apontam assessores da entidade, é a falta de políticas públicas voltadas para o idoso. Em novembro passado, "a muito custo", segundo Clóvis Boufleur, gestor de relações institucionais da pastoral, Zilda fechou um convênio de R$ 600 mil com o Ministério da Saúde, que ajudará a manter a instituição por um ano.
O valor é irrisório, se comparado ao convênio com a Pastoral da Criança, da qual o Ministério da Saúde é o principal mantenedor desde 2000: no ano passado, repassou R$ 34 milhões à instituição. "Infelizmente, na área da saúde, temos um subfinanciamento crônico. Não dá para atender a todas as demandas", diz a secretária-executiva do ministério, Márcia Bassit.
No Orçamento federal para 2010, há dez ações orçamentárias voltadas à atenção ao idoso, num total de R$ 4,6 milhões. Para a criança, são 12, em um total de R$ 517 milhões.
Sem Zilda, que era a única coordenadora nacional da Pastoral da Pessoa Idosa, fundada em 2004, há preocupação quanto ao sucesso de futuros convênios. Era a médica quem estava à frente do processo de celebração de novas parceiras.
Hoje, a pastoral atende 158 mil idosos em 770 municípios. A meta para este ano é aumentar em 15% o número de pessoas acompanhadas. "Ficamos quase quatro meses sem mandar recursos para as comunidades", lembra Carolina Costa, assessora administrativa da entidade. Quem deu continuidade ao trabalho foram os próprios voluntários, que assumiram despesas e fizeram até rifas para arrecadar dinheiro. Este ano, a pastoral aguarda retorno sobre quatro propostas de convênio feitas a governos estaduais e municipais, o que pode garantir R$ 250 mil à instituição.

EMPOLGADO, JARDEL CHEGA AO FLAMENGO

Ex-atacante do Grêmio foi carrasco do Palmeiras em 1995, pela Libertadores

Com 36 anos, atacante promete gols em jogo contra o Verdão, pela Copa do Brasil; clube vai vender duas mil camisas

Mesmo sem viver o auge da carreira, o veterano atacante Jardel demonstra confiança em seu novo clube o Flamengo/PI.
O jogador, de 36 anos, acredita que pode complicar o Palmeiras, no confronto entre as equipes válido pela primeira fase da Copa do Brasil.
"Sou um cara com bom currículo e experiência. Estarei bem para enfrentar o Palmeiras, vou marcar como já fiz anteriormente", afirmou o atacante, em entrevista ao TV Canal 13, lembrando dos jogos em que fez sucesso pelo Grêmio diante do Verdão, no mata-mata da Libertadores de 1995.
O primeiro encontro entre Flamengo/PI e Palmeiras está marcado para o dia 10 de fevereiro, na cidade de Teresina. Jardel será a grande estrela da equipe piauiense durante o primeiro semestre de 2010.
A diretoria do clube piauiense acredita que a chegada do artilheiro pode ajudar nas finanças do clube. A ideia é vender cerca de 2 mil camisas com o nome de Jardel. "Eu só tenho a agradecer aos dirigentes que me trouxeram ao Flamengo. Quero estar em campo dentro de duas semanas para ajudar a equipe", avisou o atleta, que surgiu no cenário nacional com a camisa do Vasco.
Ano passado, Jardel disputou o Campeonato Cearense pelo Ferroviário, onde começou a carreira. Na sua apresentação, o ex-atacante do Porto/POR, Sporting/POR e Galatasaray/TUR chegou de helicóptero. No segundo semestre, jogou América/CE, da 2ªdivisão.

CÂMARA DO DF:DEPUTADO ´DA MEIA´ RENUNCIA À PRESIDÊNCIA

O deputado Leonardo Prudente (sem partido) foi flagrado colocando dinheiro de suposta propina nas meias

Uma nova eleição para presidente da Câmara Legislativa do DF deve ser convocada em até sete dias

A renúncia do deputado Leonardo Prudente (sem partido), flagrado colocando dinheiro de suposta propina nas meias, à presidência da Câmara Legislativa do Distrito Federal foi oficializada em plenário na tarde desta segunda-feira. A saída do distrital foi comunicada pela manhã aos integrantes da Mesa Diretora.
Uma nova eleição deve ser convocada em até no máximo sete dias, após a publicação da carta no "Diário Oficial´´ da Câmara. Os governistas têm pressa em escolher o novo presidente, porque querem evitar que o ritmo das investigações na Casa e o controle dos pedidos de impeachment contra o governador José Roberto Arruda (sem partido) fiquem nas mãos do petista Cabo Patrício.
Os governistas pretendem deixar nas mãos do novo presidente da Casa a missão de recorrer contra a decisão da Justiça que determinou o afastamento de oito deputados distritais suspeitos de participação no esquema de corrupção da análise dos processos de impeachment do governador Arruda.
Os deputados ainda prometem reclamar na Justiça contra a manutenção da CPI que investiga o suposto pagamento de propina.
O deputado Raimundo Ribeiro (PSDB), ex-secretário e um dos candidatos à presidência, disse que recomendou que a Câmara apresente um recurso contra a decisão. "Com a decisão do juiz, ele esclareceu que a decisão que ele tomou não haveria contaminação dentro da CPI. Com isso, evidentemente, a CPI continua trabalhando. Vamos entrar com embargo de declaração à decisão da Justiça. Eu a respeito, a sigo, mas vou dentro da Câmara recorrer´´.
Ribeiro disputa a presidência com outros dois governistas: Wilson Lima (PR) e Eliana Pedrosa (DEM), ex-secretária do governo Arruda e que só retornou ao Legislativo depois da crise. Wilson Lima teria recebido o aval do governador, mas exigiu em troca que sua candidatura só fosse lançada se construída em consenso. Ao todo, os governistas ocupam 18 das 24 cadeiras da Câmara.
Afastado pela Justiça do comando da Casa, Leonardo Prudente foi pressionado pelos governistas a deixar a presidência. A avaliação era de que sua permanência no cargo traria mais desgastes para Casa e deixaria as investigações com menos credibilidade.
O deputado Raimundo Ribeiro (PSDB), que leu a carta de renúncia, negou que a saída de Prudente tenha sido uma manobra para atrasar a análise dos pedidos de afastamento de Arruda. Ribeiro disse que os nomes para a sucessão ainda estão sendo discutidos. "O processo começa agora. Todos os 23 têm condições de presidir a Casa´´.
Oito deputados são suspeitos de envolvimento no esquema de arrecadação e pagamento de propina que atinge o governador, o vice-governador, Paulo Octávio, secretários de governo, assessores e empresários


sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

CORRUPÇÃO NO DF: ALIADOS DE ARRUDA USAM MANOBRA E ACABAM COM CPI

Do lado de fora da Câmara Legislativa do DF, estudantes protestaram na tarde de ontem contra a permanência do governador José Roberto Arruda espalhando esterco na rampa de acesso
A decisão ocorre um dia após a Polícia Federal confirmar o depoimento de Durval Barbosa, autor das denúncias à CPI



Os aliados do governador do Distrito Federal José Roberto Arruda (sem partido) na Câmara Legislativa lançaram mão de uma manobra nesta quinta-feira e anunciaram o fim da CPI que foi criada para investigar o suposto esquema de arrecadação e pagamento de propina. Os governistas utilizaram a decisão da Justiça de afastar oito deputados distritais suspeitos de envolvimento no escândalo de corrupção para justificar o encerramento dos trabalhos.
A decisão dos aliados ocorre um dia após a Polícia Federal confirmar o depoimento do ex-secretário de Relações Institucionais Durval Barbosa, autor das denúncias, à CPI.
Para o presidente da CPI, Alírio Neto (PPS), que é ex-secretário de governo de Arruda, mesmo sem a presença de nenhum suspeito na composição da CPI, os trabalhos não podem continuar porque o requerimento que deu origem à comissão contou com a assinatura desses parlamentares suspeitos.
"Acho que a decisão judicial tomada na quarta-feira anula o requerimento que aprovamos nesta Casa da autoconvocação. Até decisão em contrária, a CPI está afetada pela decisão. Está nula desde o seu início. Assim é a decisão encaminhada a Presidência desta Casa", disse.
O deputado Batista das Cooperativas (PRP), outro aliado de Arruda, reforçou o entendimento. "O Judiciário não quer que esta Casa se manifeste. A CPI que era um instrumento legal para a apuração, inclusive já com convocações, foi anulada".
Batista, que era relator dos pedidos de impeachment contra Arruda na CCJ, afirmou que a decisão da Justiça era uma interferência entre os Poderes. "Foi prejudicada a própria CCJ, que já tinha prazo em curso, e esta relatoria iria se manifestar inclusive antes do prazo. Então fico sem entender. Vejo como uma ingerência descabida do Judiciário no Legislativo. A CPI está encerrada neste momento e não pelos seus membros, mas por uma decisão judicial", disse. O deputado Paulo Tadeu (PT), único representante da oposição da CPI, tentou evitar a manobra. "A decisão do juiz trata do processo de impeachment do governador. Em nenhum artigo o mesmo trata da comissão", afirmou.
Em funcionamento desde o dia 11 de janeiro, a CPI realizou duas reuniões. Na primeira, foram eleitos presidente e relator, e na outra conseguiram aprovar a convocação do ex-secretário Durval Barbosa para prestar esclarecimentos e de 23 representantes de empresas que são citadas no inquérito do Superior Tribunal de Justiça que investiga as denúncias de arrecadação e pagamento de propina.
Protesto
Cerca de 30 estudantes voltaram a protestar ontem em frente à Câmara Legislativa do Distrito Federal contra a permanência do governador José Roberto Arruda (sem partido) no cargo e o andamento dos processos de impeachment. Na manifestação de ontem, eles espalharam esterco na rampa que dá acesso ao prédio. Ao todo, foram dez sacos com capacidade para 50kg.
Os estudantes tentaram entrar na sede da Câmara, mas foram barrados por seguranças da Casa e da Polícia Militar. Os manifestantes ficaram sentados próximo à entrada.
Segundo o estudante de Letras da UnB (Universidade de Brasília) Diego Barbalho, o esterco é uma homenagem ao governador que teria, segundo o delator do esquema Durval Barbosa, comprado um haras em nome de um laranja na região de Planaltina, a 90 km de Brasília, com suposto dinheiro do esquema de arrecadação e pagamento de propina.
"Simbolicamente, o esterco significa esta sujeira que é a Câmara. A CPI não vai dar em nada. Vai acabar em pizza. E queremos, ainda, homenagear, o governador que teria comprado um haras para sua mulher com dinheiro de corrupção", afirmou Barbalho sem ainda saber do fim da CPI.
Apesar do tumulto em frente ao prédio, os deputados que estavam na Casa não foram até o local. A Mesa Diretora estava reunida na presidência discutindo como cumprir a decisão da Justiça de afastar oito deputado distritais

ELEIÇÕES 2010:PETISTA DEFENDE DEBATE PARA ESCOLHA DO VICE

Respondendo às colocações de Francisco Pinheiro, deputado do PT defende discussão interna para escolha
O deputado federal José Guimarães (PT) defendeu ontem que a indicação do candidato a vice-governador da agremiação na chapa de Cid Gomes (PSB) passe por um processo de discussão no partido. A declaração é uma resposta às colocações do atual vice de Cid, Francisco Pinheiro (PT), publicadas na edição da última terça-feira do Diário do Nordeste, onde expôs que sua prioridade é continuar no referido posto indicado, mas que vai aceitar o que a legenda definir.
A referida ação visa modificar o processo de escolha do vice na chapa de Cid Gomes da forma como ocorreu em 2006. Há quase quatro anos, como justificativa para evitar conflitos internos no PT, a cúpula do partido definiu que a indicação do vice na chapa de Cid Gomes seria de responsabilidade da prefeita Luizianne Lins, que, na época, indicou Pinheiro.
Segundo o parlamentar, além de Francisco Pinheiro, a agremiação dispõem de nomes como o secretário de Desenvolvimento Agrário do Estado, Camilo Santana, do secretário estadual das Cidades, Joaquim Cartaxo, do presidente do Banco do Nordeste, Roberto Smith, e do secretário de Articulação Política da Prefeitura de Fortaleza e homem de confiança de Luizianne, Waldemir Catanho. "Dia 10 de fevereiro tomará posse a prefeita e a nova direção do PT, depois teremos o congresso nacional. Queremos definir essa questão (vice) até março".
Indagado sobre a indicação do nome petista a segunda vaga na coligação da chapa de Cid Gomes para o Senado Federal, Guimarães disse que tal discussão também será feita, mas, segundo ele, a disposição tem que partir do ministro da Previdência, José Pimentel, nome cotado pelo partido para a vaga.
O parlamentar também informou que conversou com o chefe de gabinete do Governador, o deputado estadual licenciado Ivo Gomes (PSB). Indagado sobre a opinião de Ivo em torno da importância dos tucanos no palanque de reeleição de Cid, Guimarães descartou qualquer acordo, mas tergiversou sobre a possibilidade do PT desembarcar da aliança caso os tucanos entrem na coligação de Cid. "PT e PSDB não se misturam, nem têm condição de estarem juntos. O cenário nacional diz isso. Então não vejo essa possibilidade, eu penso que a coligação será nos moldes que construímos em 2006", disse.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

METRÔ DE SOBRAL: OBRAS COMEÇAM NESTE PRIMEIRO SEMESTRE

METRô DE SOBRAL deverá usar trilhos já existentes. A conclusão da obra deverá acontecer em 12 meses

O Metrô de Sobral será instalado dentro do perímetro urbano do município e terá duas linhas principais.

A ordem de serviço para a elaboração dos projetos executivos e o trabalho de supervisão das obras do Metrô de Sobral já foi assinada e a empresa MWH Brasil Engenharia e Projetos, vencedora da licitação, já iniciou os trabalhos de elaboração dos projetos que precedem o início das obras civis. O metrô deste município terá 11 quilômetros de extensão e vai operar dentro do perímetro urbano do município atendendo seus bairros mais populosos, como o Centro. A previsão é de que o metrô comece a operar em 2011.
As obras deverão ter início ainda neste primeiro semestre.Serão coordenadas pelo Governo do Estado, por meio da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor). Está previsto investimento total de R$ 54 milhões, incluindo projeto executivo, via permanente, obras civis e também material rodante.
O Metrô de Sobral, que será instalado dentro do perímetro urbano do município, terá duas linhas principais: a primeira, chamada de Linha Sul, com extensão de sete quilômetros, vai ser de utilização mista, pois vai aproveitar a linha de cargas que já existe. "A informação que o município deve saber neste momento é a de que os veículos que estarão operando já estão sendo licitados, bem como o projeto da primeira etapa, no que se refere à melhoria do sistema já existente", disse o prefeito Leônidas Cristino.
O trecho ao qual se refere o prefeito, que deverá receber melhorias, vai ligar os bairros Sinhá Sabóia e Cohab II (no sudeste da cidade) ao bairro Sumaré (no sudoeste da cidade) passando pela periferia do Centro e por outros bairros populosos. Serão sete estações numa extensão de sete quilômetros.
"A segunda, chamada de Linha Norte, ainda a ser construída, terá extensão de quatro quilômetros e vai atender o lado norte do município, que possui o bairro mais populoso de Sobral, Dr. José Euclides, e onde será construído o Hospital Regional Zona Norte", disse Leônidas, acrescentando que o projeto prevê a construção de quatro estações. Ao todo, o Metrô de Sobral terá aproximadamente 11 quilômetros de extensão e será composto por cinco veículos leves sobre trilhos (VLTs), cada um com dois carros, com previsão de operação para 2011.
Para a efetivação do projeto do Metrô de Sobral, um convênio com o Governo Federal irá destinar à obra R$ 21,6 milhões. O restante dos recursos será do Tesouro do Estado. A operação e o gerenciamento do sistema de Metrô de Sobral serão de responsabilidade do Metrofor. Após a licitação, o prazo para a conclusão do Metrô de Sobral será de 12 meses.
A MWH começou a elaborar os projetos necessários para execução da obra como, por exemplo, arquitetura, estrutura, instalações, geométrico e outros, etapa que deve ser executada e concluída dentro do prazo de quatro meses.

MAIS INFORMAÇÕES

Companhia Cearense de Transportes Metropolitano (Metrofor)

Rua 24 de Maio, 60, Centro, Fortaleza


(85) 3101.7100/ 3101.4744

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

COMANDANTE DO DESTACAMENTO POLICIAL DE MERUOCA HOMENAGEARÁ FONTELES E CIDADÃOS


Além de homenagear o prefeito de Meruoca, a solenidade irá marcar a entrega de certificados para vários cidadãos que contribuíram com a revitalização da Delegacia de Polícia Militar.
O 1º SGT Francisco Ernande de Sousa Cruz, Comandante do Destacamento Policial da cidade de Meruoca, receberá no próximo dia 22 de janeiro, o Comandante do Batalhão de Sobral, Cel. Gilvandro, para participar da solenidade de que entrega de certificados para vários cidadãos que contribuíram com a revitalização da Delegacia de Polícia Militar, melhorando suas condições de trabalho, e sendo hoje referência para cidades de pequeno porte.
Dentre os homenageados por parte do Destacamento Policial, o prefeito de Meruoca, Fonteles, o Secretário Adjunto de Finanças do município, Claude Cândido, radislistas Marcelo Marques, Luiz Carlos Silva, vereador Rubinho da Boa Vista,artista plástico Edsim e outros homenageados.
O Cel. Gilvandro e o Comandante do Destacamento 1º SGT Ernande, homenageará de forma especial, a presidente do Instituto Presidente Médici, Aglaís Albuquerque, e na oportunidade será entregue uma viatura policial para o destacamento
O evento na Meruoca acontecerá no dia 22 de janeiro, a partir das 9:00h da manhã, no próprio pátio da Delegacia Policial.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

PREFEITURAS CEARENSES

A falta de zelo na utilização de veículos escolares fez o TCE multar 25 prefeituras do Ceará desde 2007





Veículos que deveriam estar fazendo o transporte de estudantes às escolas cearenses estão, frequentemente, sendo utilizados com outros fins pelas administrações municipais no Ceará. O desvio de finalidade de veículos destinados ao transporte escolar vem sendo constatado desde 2007 pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Foram instalados pela Corte, 45 processos contra 37 prefeituras que resultaram em 25 multas, totalizando R$ 76,3 mil. Ainda há 17 procedimentos em andamento.

Para intensificar a fiscalização do uso destes veículos adquiridos com o dinheiro do erário estadual, está sendo elaborado um convênio a ser celebrado com órgãos que atuam no policiamento do trânsito nas rodovias estaduais e na Capital cearense. O TCE aguarda a regularização do órgão que vai substituir o Comando de Policiamento Rodoviário estadual para formalizar a parceria.
Cézar Parente Nogueira, diretor da 5ª Inspetoria de Controle Externo do TCE, informou ao Diário do Nordeste que o convênio vai ampliar a qualidade da fiscalização porque no momento em que a AMC identificar um veículo de transporte escolar de uma prefeitura do Interior em Fortaleza, o TCE será comunicado e poderá agir com rapidez.
Além do desvio de finalidade, o Tribunal de Contas do Estado fiscaliza as condições de uso e conservação do veículo para evitar acidentes como os que já ocorreram em diferentes regiões do Estado, inclusive com vítimas fatais.
Vários municípios cearenses utilizam veículos cedidos pela Secretaria de Educação do Estado (Seduc) por intermédio do Programa de Apoio ao Transporte Escolar. Os micro-ônibus utilizados para a condução de estudantes têm destinação específica, mas há casos em que foram encontrados, inclusive em fins de semana, em Fortaleza.
Multas
As infrações constatadas nos últimos anos já resultaram em multas, chegando a um total de R$ 76,3 mil em 2007 e 2008. No primeiro ano foram identificados 11 casos, em 2008 chegou a 25 o número de irregularidades e, em 2009 foram 14 as infrações registradas. Todos os processos de 2009 ainda estão em andamento.
O município de Alto Santo foi o que já registrou maior quantidade de infrações, sendo três casos em 2008 e outros dois em 2009. No levantamento feito pela 5ª Inspetoria de Controle Externo do TCE, o município de Baturité figura com três infrações, sendo uma em 2007, uma em 2008 e outra em 2009. Também foram registradas duas infrações de veículos de transporte escolar de Canindé em 2008 e outras duas de Monsenhor Tabosa no mesmo ano.
A multa aplicada pelo TCE deve ser paga pelo prefeito ou ex-prefeito. O prazo estabelecido para pagamento é de 30 dias e quem não fizer o recolhimento do valor estabelecido para o tesouro estadual terá o nome incluído na relação de inadimplentes do Estado. Com o pagamento da multa, o processo é arquivado pela Corte de Contas.
Valores
As multas aplicadas pelo desvio de finalidade varia de R$ 1.000,00 a R$ 3.100,00. Em 2007 foram aplicadas multas aos prefeitos de Jaguaribara, Baturité, Palmácia, Irauçuba, Ibaretama, Piquet Carneiro, Pedra Branca, Mombaça e Barreira.
No ano seguinte, foram penalizados os gestores de Tamboril, Fortim, Tabuleiro do Norte, Potiretama, Miraíma, Monsenhor Tabosa, Aiuaba, Bela Cruz, Baturité, Alto Santo, Trairi e Apuiarés.
As prefeituras de Tabuleiro do Norte, Horizonte, Pindoretama, Alcântara, Alto Santo, Chorozinho e Ibicuitinga têm procedimentos em aberto referente ao ano de 2009, no TCE.

FALTAM DADOS SOBRE PROCESSOS DE ADOÇÃO

Fachada do Abrigo São Francisco, na cidade de Sobral. A instituição é mantida pelo Movimento Shalom, da Igreja Católica, mas os funcionários não são autorizados a dar informações

O Abrigo São Francisco mantém crianças que viveram situações de risco em suas famílias


É uma verdadeira "via-crúcis" a ser percorrida neste município para encontrar informações sobre como andam os processos de adoção. Pode ser comparado ao sofrimento das pessoas que desejam adotar uma criança no Brasil. Apesar da atual legislação brasileira que trata de assunto ter procurado avançar para incentivar os processos, a situação em Sobral caminha a passos lentos.
No Abrigo São Francisco, mantido pela comunidade Shalon, da Igreja Católica, que mantém crianças aptas adoção ou que estavam em situação de risco, foi informado que a única pessoa capaz de falar sobre a situação de cada criança sob suas tutelas estava viajando. Os funcionários não estavam autorizados a dar entrevistas ou a fornecer telefones de contato do responsável.
Na sede do Conselho Tutelar, o conselheiro Francisco José de Sousa Mesquita disse que ainda não existe dados estatísticos sobre os processos de adoção no município.
Em outubro do ano passado,um desses casos de possível adoção, noticiado com exclusividade por este jornal, aconteceu por parte da dona-de-casa Edilene Caetano Alves, de 24 anos, residente na cidade de Varjota. Ao dar à luz a duas filhas gêmeas, mostrou-se interessada em doar as recém-nascidas, justificando não ter condições financeiras para criá-las. Porém, poucos dias depois, se arrependeu. O caso chegou a envolver o Ministério Público, Conselho Tutelar e a Polícia Civil da cidade. Perante a promotora Rosina Lúcia Frota Aragão, Edilene chegou a assinar um Termo de Declaração de Doação. Contou que quando soube que os bebês eram do sexo feminino e temendo não poder dar-lhes uma condição digna de vida, demonstrou interesse em doá-las, mesmo sem consultar a família. As crianças que nasceram de um parto cesariano e com saúde perfeita, ficaria sob os cuidado de um casal interessado na adoção vindo do Estado do Rio Grande Sul. Porém, a mãe não levou adiante a decisão.
Casos de mães que doam os filhos por falta de condições financeiras são comuns no Interior. Muitos deles não passam pelo Juizado da Infância das comarcas nos municípios.

MERUOCA CELEBRARÁ CARNAVAL DA SAUDADE COM MUITO FREVO E BONECOS GIGANTES


A Prefeitura de Meruoca traz pela primeira vez o carnaval cultural de Olinda, para matar a saudade dos amantes dos antigos carnavais.
Será o primeiro grito do carnaval na cidade de Meruoca. Quem comparecer ao evento no dia 16 de janeiro( sábado), a partir das 18:00h, verá os bonecos gigantes de Olinda, passistas, orquestra de frevo e grande show com com Tony Veras e Banda.
De acordo com a Secretária de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude, Ana Karina, este carnaval do estilo de Olinda, vem para dar oportunidade dos meruoquenses e visitantes dançarem os frevos mais animados, levando tudo mundo a dançar. Karina lembra ainda, que a Orquestra de Frevo percorrerá as principais ruas e avenidas de Meruoca, puxando o cordão da folia, e finalizando na Praça Monsenhor Furtado.
Bastante entusiasmado, o prefeito Fonteles informava, que este tipo de carnaval, com certeza levará muitos foliões para brincar na Meruoca. Para ele, o carnaval de Meruoca tem que ser diferente dos que acontece na maioria dos municípios. Finalizando Fonteles disse: " esperamos um grande público neste dia 16 de janeiro, para realizarmos o primeiro grande grito de carnaval 2010.
Os que gostam de frevo, machinha e as músicas que fizeram sucesso nos carnavais passados, compareçam a Meruoca. Estamos de braços abertos para recebê-los".

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

PNDH: ACORDO SOBRE PLANO SATISFAZ MINISTRO

PAULO VANNUCHI negou que tenha sido um recuo do Governo o novo decreto do presidente Lula sobre o III PNDH

Para o ministro dos Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, anteprojeto é o primeiro passo para finalizar programa

O ministro Paulo Vannuchi (Direitos Humanos) negou, ontem, por meio de sua assessoria, que tenha sido um recuo do Governo o novo decreto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o III Programa Nacional de Direitos Humanos.
Segundo os assessores, o ministro avalia que o presidente Lula apenas colocou em prática uma das diretrizes apresentadas na proposta que estabelecia um grupo de trabalho para analisar a criação da Comissão Nacional da Verdade.
De acordo com a assessoria, Vannuchi está satisfeito com o decreto e considera que o grupo de trabalho que vai fechar o anteprojeto, que será encaminhado primeiramente ao presidente Lula e ainda terá que ser votado no Congresso Nacional, é o primeiro passo para concretizar a programa. A expectativa é que o anteprojeto seja concluído até abril.
O decreto editado pelo presidente Lula segue a linha da diretriz 23 do programa, que estabelece que, "para promover a apuração e o esclarecimento público das violações de Direitos Humanos praticadas no contexto da repressão política ocorrida no Brasil, seja designado um grupo de trabalho composto por representantes da Casa Civil, do Ministério da Justiça, do Ministério da Defesa e da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, para elaborar, até abril de 2010, projeto de lei que institua Comissão Nacional da Verdade, composta de forma plural e suprapartidária, com mandato e prazo definidos, para examinar as violações de Direitos Humanos praticadas no contexto da repressão política".
Na quarta-feira (13), o presidente minimizou o mal-estar entre Vannuchi e o ministro Nelson Jobim (Defesa), que estavam em rota de colisão por causa do programa. Lula disse ainda que a divergência entre os ministros não era um problema e o plano não seria capaz de derrubar a República.
O petista negou ainda que tenha sido pressionado por militares. "Primeiro, não houve renúncia de militar para mim. Eu estava de férias carregando isopor quando ouvi isso. Como presidente não pode trabalhar sobre ilações e muito menos insinuações, eu só trabalho com fatos concretos e a única coisa que chegou na minha mão era a divergência entre dois ministros", disse.
Os comandantes do Exército, general Enzo Martins Peri, e da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, ameaçaram pedir demissão caso Lula não revogasse o trecho do programa que cria a Comissão da Verdade para apurar torturas e desaparecimentos durante a Ditadura.
Para os militares, isso significa que o governo do PT, formado por muitos personagens que atuaram "do outro lado" no regime militar, está querendo jogar a opinião pública contra as Forças Armadas. Vannucchi também sugeriu que entregaria o cargo se o governo recuasse.
O presidente disse ainda que não houve derrota para nenhum ministro. "Eu não conheço que essa proposta seja do Jobim. Eu fiz uma conversa com os dois os dois estavam de acordo. Me incomoda se nós fossemos um governo no qual os ministros não pudessem ter divergência. Deus queira que eles tenham todas as divergências que tenham que ter", disse.
NOVA VERSÃO

Decreto
O TEXTO do III Programa Nacional de Direitos Humanos, lançado em dezembro, determinava que fosse elaborado, até abril de 2010, um projeto de lei que institua a Comissão Nacional da Verdade para examinar as violações de direitos humanos praticadas durante da Ditadura Militar. Com o novo decreto do presidente Lula, ficou estabelecida a criação de um grupo d e trabalho para elaborar anteprojeto de lei que institua a Comissão. O documento põe fim ao entrave entre governo e militares.

TRICOLOR SEGUE SEM VENCER

Marcação cerrada: atacante Betinho, do Fortaleza, tenta sair do combate feito pelo lateral Jones, do Guarany


Após vencer até aos 43 minutos do 2º tempo, Fortaleza cede empate e empurra o Guarany para liderança do Estadual

O Fortaleza continua sem vencer no Campeonato Cearense. Na sua segunda partida pela competição, o time tricolor começou vencendo o Guarany de Sobral, no Estádio do Junco, mas cedeu o empate no final do jogo, que terminou em 1x1.
O Leão do Pici suportou uma forte e constante pressão do time da casa desde o início, mas reagiu muito bem, especialmente no primeiro tempo. Com a forte marcação dos volantes e zagueiros e com a boa participação dos atacantes, mostrou um melhor futebol do que o apresentado na derrota para o Limoeiro, no estádio Domingão.
O Tricolor marcou o primeiro gol, explorando um contra-ataque. O meia Piva, do Guarany, havia chutado uma bola prensada na defesa. N a sobra, a defesa lançou para o ataque. Bismarck recebeu, avançou e cruzou da esquerda. Reginaldo Júnior vinha de frente para o gol e só completou para as redes: 1x0.
Três volantes do Fortaleza desarmavam com propriedade e tocavam para os atacantes.
Na frente, Betinho, estreante, prendia bem a bola, enquanto Reginaldo Júnior explorava a velocidade pelos flancos. Aos 20 minutos, Reginaldo Júnior cruzou, a zaga rebateu e Fábio Recife se aproximou para chutar forte. Jéfferson espalmou.
Fabiano
O goleiro Fabiano, do Leão, fez defesas arrojadas e garantiu sua meta, quando aumentou a pressão do Guarany. A prova disso surgiu aos 30 minutos. O meia Jean entrou no meio da defesa, ficou diante do goleiro, chutou e Fabiano defendeu. Aos 38, Reginaldo Júnior também perdeu um gol praticamente feito.
O Guarany foi melhor no segundo tempo, quando imprimiu uma grande pressão sobre o Tricolor, com chuveirinhos na área, cruzamentos e finalizações. Jéfferson Maranhense chutou uma bola na trave, aos 34 minutos. O tricampeão do Estado resistiu até os 43 minutos, quando Jones cruzou e o zagueiro Cleiton cabeceou, empatando o jogo.
Ficha técnica
Guarany 1
 Jéfferson; Roberto Baiano (Márcio Carioca, 13/2ºT), Cleiton, Júnior Alves e Jones; Ricardo Baiano, Garrinchinha, Piva (Nilsinho, 27/2ºT) e Jean; Valdir Papel e Jéfferson Maranhense (Rithson, 46/2ºT). Técnico: Filinto Holanda.
Fortaleza 1
Fabiano; Peter, Gaúcho, André Turatto e Guto; Fábio Recife (Rogério, 39/2ºT), Leandro, Coquinho e Bismarck (Alex Gaibu, 19/2ºT); Betinho e Reginaldo Júnior (Niel, 26/2ºT). Técnico: Luiz Müller.

Competição: Campeonato Cearense.
Estádio: Junco, em Sobral.
Data: 14 de janeiro de 2010.
Árbitro: Wladyerisson Oliveira.
Assistentes: Marcos Brígido e Monteiro da Silva.
Público: 4.530.
Gols: Reginaldo Júnior (13/1ºT) e Cleiton (43/2ºT).
Cartões amarelos: Ricardo Baiano, Jean, Jéfferson Maranhense e Cleiton(GUA); André Turatto, Reginaldo Júnior, Fábio Recife, Leandro, Peter, Guto(FOR).

IVO GOMES TEM PREFERENCIA POR PSDB NAS PRÓXIMAS POLITICAS

Ivo Gomes diz que o PSDB foi um dos grandes aliados do Governo na Assembleia

Chefe de gabinete do governador assegura que os tucanos estão nos planos de Cid Gomes "para que projeto for"

O secretário chefe de gabinete do governador Cid Gomes, deputado estadual licenciado Ivo Gomes (PSB), disse, em entrevista, que a cúpula do governo fará tudo que tiver ao seu alcance para manter o PSDB na base do governador "seja para qual projeto for". A declaração dele chega exatamente no momento em que as lideranças tucanas procuram definir rumos para as eleições 2010, embora o impasse a respeito do assunto seja latente naquela legenda.
Se, do ponto de vista eleitoral, ainda havia alguma dúvida com relação ao interesse dos membros do atual governo em fazer uma parceria com o tucanato, o que chegou a ser cogitado nas conversas tucanas deste mês, esta foi dissipada com a afirmativa do irmão do governador, que será um dos articuladores da próxima eleição e está em total sintonia com o chefe do Executivo estadual.
A declaração de Ivo Gomes foi na ocasião em que prestigiou a posse da procuradora geral de Justiça do Ceará, Socorro França, para mais um mandato a frente do Ministério Público Estadual, na noite da última quarta-feira. Mantendo a prática de não falar em eleições antes do mês de março, com o argumento de que muitas ações de governo ainda estão necessitando de maior atenção, o secretário abriu uma exceção para enaltecer o apoio que tem recebido do tucanato estadual.
"O PSDB tem sido um dos grandes parceiros do governo, notadamente a bancada na Assembleia Legislativa. E tudo que estiver ao nosso alcance para manter o PSDB perto, para frente, seja para que projeto for, não tenha dúvida que nós faremos", disse o secretário, ponderando, no entanto, que este assunto não faz parte da agenda governista para agora.
Mesmo o governador Cid Gomes estando na presidência estadual do PSB, e o ano eleitoral tendo se iniciando para todas as legendas, Ivo reiterou que o tema eleição não faz parte, ainda, da agenda dele e do governador Cid Gomes. "Nós temos muita coisa a resolver no governo. Até o fim do primeiro semestre não teremos política na nossa agenda", reafirmou.
Embora já tenha havido declarações anteriores de que há o interesse do governo de contar com o apoio tucano no ano eleitoral, Ivo deu a entender, desta vez, que a cúpula do PSB deve, no momento oportuno, chamar o PSDB para uma conversa sobre eleições.
Atenção
Por outro lado, vários deputados do PSDB, até mesmo aqueles mais chegados ao Governo, mantiveram uma crítica durante todo o ano de 2009 referente à atenção dispensada aos deputados pelos membros do Governo do Estado, entre eles os petistas titulares de pastas na atual gestão. Neste ponto, conversas do governador com o senador Tasso Jereissati, e até mesmo com membros da bancada, acalmaram os ânimos, nos momentos de turbulência, embora estes tenham sido incipientes.
O que ainda permanece a saber é de que modo serão conduzidas as negociações, no ano eleitoral, quando se aproximar o período de convenções partidária, sobretudo porque, mesmo que o PSDB não se incomode em estar ao lado de Cid Gome tendo o PT, maior rival, no palanque, o mesmo não se pode afirmar da postura do PT diante da decisão de Cid Gomes de querer os tucanos como aliados. Basta avaliar as declarações de diversos petistas a respeito do assunto ainda em 2007, no início do Governo. Mesmo poucas, estas manifestações também serão uma barreira para Cid.

HOSPITAL VETERINÁRIO SERÁ O MAIOR DO NORTE E NORDESTE

Com área construída de 4.252 metros quadrados, o novo Hospital Veterinário da Favet-Uece vai possibilitar a ampliação no atendimento de pequenos e grandes animais, trazendo vantagens para o controle da sanidade das espécies no Estado

Cerca de 12 mil consultas de pequenos animais foram realizadas em 2009 no Hospital da Favet

O novo Hospital Veterinário da Favet-Uece está em obras e poderá ficar pronto ainda neste ano

Ser um centro de referência em ensino e atendimento de animais é a meta do novo Hospital Veterinário que está em obras no campus do Itaperi, da Universidade Estadual do Ceará (Uece), na Capital cearense. Cerca de 48% da construção já estão prontos e, a depender da liberação de um aditivo financeiro por parte do Governo do Estado, a unidade de saúde deverá ficar pronta em um ano. Será o maior das regiões Norte e Nordeste do País, com 4.252 metros quadrados de área construída.

O diretor da Faculdade de Veterinária da Uece (Favet/Uece), Célio Pires Rodrigues, afirma que um grande diferencial da nova unidade será oferecer registros em sanidade de grandes animais (bovinos, equinos, potros, suínos etc). Atualmente, os resultados nesta área são feitas em quantidade mínima pelo Ministério da Agricultura, também em clínicas particulares ou no Instituto Biológico de São Paulo. O trabalho garantirá maior controle no que se refere a zoonoses, trânsito de animais, entre outros manejos referentes aos animais de produção.
O projeto total está orçado em R$ 4.322 milhões. Já foram repassados cerca de 27%, o equivalente a R$ 1.173 milhões. O aditivo a ser liberado pelo Governo do Estado permitirá a conclusão das obras até 2011. O trabalho é feito pela Duplo M. Engenharia, com projeto dos arquitetos Neudson Braga e Liberal de Castro. É desejo da Favet agilizar o cronograma para que a inauguração aconteça ainda neste ano, no Dia do Médico Veterinário, 9 de setembro.
A nova unidade terá capacidade para até triplicar o atendimento diário feito atualmente pelo hospital da Uece. Das atuais 50 consultas de pequenos animais (cães e gatos), poderá receber cerca de 150, além de ampliar consideravelmente o atendimento de grandes animais. Para os caninos e felinos serão oito consultórios, dois centros cirúrgicos e uma unidade de tratamento intensivo (UTI). Para grandes animais serão quatro consultórios e um centro cirúrgico. Além disso, a infraestrutura se completa com três canis e um gatil com várias gaiolas.
Célio Pires explica que o aditivo financeiro para as obras faz-se necessário em função da mudança do local original da obra. Projetado inicialmente para área próxima à lagoa do campus do Itaperi, o trabalho demandaria desmatamento de mata ciliar, não autorizado pelo Ibama. Assim, foi transferido para terreno localizado à esquerda dos laboratórios do curso de Física, exigindo trabalho de nivelamento de grande parte do solo. Segundo o diretor da Favet, o Hospital Veterinário teve obras iniciadas em 2008, após autorização no ano anterior. Ele destaca que o projeto recebe forte apoio do governador Cid Gomes e mostra-se confiante na conclusão dos trabalhos.
Ele também destaca que o funcionamento do hospital permitirá a ampliação do estágio supervisionado para os alunos da Favet e de outras universidades do País. Célio Pires diz que já conversou com o secretário de Desenvolvimento Agrário, Camilo Santana, para que a nova unidade fique responsável pelos exames andrológicos, ginecológicos e sanitários das exposições agropecuárias do Estado. A unidade oferecerá especialidades com diagnóstico por imagem e laboratorial em maior quantidade. É meta da Favet-Uece firmar parcerias com associações de criadores, Kennel Clubes e Jóquei Club para prestação de serviços.
Benefícios
"O novo Hospital Veterinário favorecerá o Estado na sanidade de grandes animais"
Célio Pires Rogrigues
Diretor da Faculdade de Veterinária da Uece

"O programa de residência universitária depende totalmente do novo hospital"
Adriana Wanderley Pinho
Coordenadora do curso de graduação da Favet

MAIS INFORMAÇÕES
Faculdade de Veterinária da Universidade Estadual do Ceará (Favet-Uece)
Campus do Itaperi - Fortaleza
(85) 3101.9831/ 9834

PÓS-GRADUAÇÃO
Programa de residência médica em elaboração
 A coordenadora do curso de graduação da Favet, Adriana Wanderley Pinho Pessoa, destaca que a mesma importância de um hospital universitário para a Medicina humana tem o hospital veterinário para a Medicina dos animais. "Toda a fundamentação da Veterinária para o aluno depende da prática. O Hospital cumpre papel relevante nessa formação", afirma ela. A Faculdade vai completar neste ano 47 anos de fundação e ainda não tem condições de oferecer a residência médica para os veterinários. Com o novo hospital, esse programa será viabilizado.
Em paralelo à construção da nova unidade hospitalar, a Faculdade de Veterinária da Uece elabora seu Programa de Especialização em Residência Médico-Veterinária. Essa pós-graduação "lato sensu" foi reconhecida recentemente pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV). Objetiva promover a qualificação profissional de médicos em áreas específicas da saúde animal, por treinamento em serviço.
Como base proposta de implantação da especialização, Adriana Wanderley destaca que o programa deverá promover a competência técnica de profissionais, mediante sua exposição a problemas concretos da prática hospitalar e à necessidade de tomada de decisões, segundo os padrões éticos e técnicos da profissão, sob a supervisão de docentes de alta qualificação ética e profissional e utilizando métodos e técnicas médicas avançados no setor.
Em todo o Brasil, já são 21 universidades públicas e particulares que oferecem o programa de residência veterinária. No Nordeste, destaca-se a Universidade Federal do Piauí (UFPI). "Este programa depende totalmente do novo hospital veterinário", afirma ela, acrescentando que a residência universitária possibilitará um profissional mais consciente da importância de seu papel social na vida da comunidade.

CONSULTAS E CIRURGIAS
Infraestrutura não atende à demanda
A procura por serviços veterinários gratuitos ou de baixo custo aumenta, exigindo melhores condições de serviço
 A diretora do atual Hospital Veterinário da Favet-Uece, Marilac Alencar, reconhece que, mesmo oferecendo um atendimento de qualidade, especialmente para cães e gatos, a unidade de saúde tem pequena infraestrutura para suprir toda a demanda. Em 2009, foram cerca de 12 mil consultas, numa média de 1.000 atendimentos de cães e gatos por mês. Foram feitas, aproximadamente, 200 cirurgias mensais, 418 Raio-X e 80 ultrassonografias mensalmente ao longo do ano. Na saúde de grandes animais (equinos, bovinos, potros e suínos), foram 123 atendimentos. "A procura é intensa e não temos estrutura compatível à demanda", afirma a médica.
Ela aposta que, uma vez pronto, o novo hospital vai oferecer muitas vantagens para os criadores. A primeira delas está na redução do tempo de espera para o animal ser atendido. Hoje, há dias em que a espera pode ser de duas horas para a consulta. Outro ponto positivo será a oferta de plantão 24 horas. Atualmente, os serviços são prestados apenas de segunda a sexta-feira, das 8 às 11h30 e de 13h30 às 17 horas.
Marilac Alencar destaca ainda o serviço de internamento que a nova unidade disporá. "O aluno vai poder acompanhar a evolução de todo o quadro de saúde do animal", diz ela, observando que toda a atividade é acompanhada pelo médico veterinário docente, durante aulas. No que se refere ao bem-estar animal, a diretora do hospital veterinário, também professora de técnicas cirúrgicas e clínica da Favet-Uece, observa que, com melhor infraestrutura de atendimento, a nova unidade terá melhores condições para promover a posse responsável dos pequenos animais. Isto porque haverá mais atendimentos para criadores de baixa renda que não podem pagar uma consulta particular.
Um aspecto importante na posse responsável é a castração de cães e gatos. Está em andamento uma proposta de convênio com a Secretaria de Saúde do município de Fortaleza, por meio do Centro de Zoonoses, para triagem de animais a serem esterilizados, como estratégia para reduzir a quantidade de cães e gatos nas ruas, numa ordem de 150 animais por mês. Com o novo hospital, essa quantidade será de 300.
Espera
"A procura pelo atendimento veterinário é intensa e não temos estrutura compatível à toda a demanda"
Marilac Alencar
Diretora do Hospital Veterinário da Favet-Uece
Mais Informações:
Hospital Veterinário da Favet-Uece
Campus do Itaperi - Fortaleza
Atendimento em horário comercial
(85) 3101.9847

Alimento para carneiros
Davide Ronidina
O pequeno produtor José de Oliveira, conhecido como "Zé Tibau", cria carneiros na zona rural de Limoeiro do Norte. Ele quer saber que tipo de alimentação deve dar para os seus animais para que adquiram mais peso e, consequentemente, produzirem mais carne.
Embora na nossa região o criador comercialize seus animais em função do peso do animal, hoje em dia há uma grande tendência de mercado em não produzir somente quantidade, mas também com qualidade. O manejo alimentar escolhido pode produzir diferentes ganhos de peso, como também influencia as características de carcaça e a qualidade da carne. De forma geral, nos sistemas de produção baseados exclusivamente de forragens, as taxas de crescimentos são menores e o animal alcança o abate com uma idade avançada, diminuindo assim a qualidade da carne.
A inserção nas dietas de concentrados, usualmente, melhora o ganho de peso e a conversão alimentar (quantidade de quilograma de carne por quilograma de alimento consumido), reduzindo assim a idade ao abate. Entretanto, a indevida utilização de rações concentradas na alimentação dos cordeiros pode ser causa de transtorno no processo de digestão e na saúde destes animais, além de elevar o custo total do ganho de peso, diminuindo a lucratividade do sistema de criação. Baratear a dieta sem afetar o ganho de peso e a qualidade é possível, e a solução passa sem dúvida pela forragem utilizada, que deverá ser mesclada de gramíneas e leguminosas.
No sistema de engorda confinado, uma sugestão poderia ser o uso de silagens, um tipo de volumoso de elevado valor e economicamente viável. Na dieta baseada em pastagem melhorada, o manejo racional deste alimento por meio de adubação, irrigação e uma taxa de lotação racional pode produzir elevado desempenho, semelhante ao apresentado no sistema confinado por um custo muito menor. Concluindo, lembro como fontes alternativas alimentares a utilização de subprodutos da agroindústria regional, baratos e abundantes durante as safras.
Nas pesquisas destes últimos anos, promovida na Faculdade de Veterinária da Universidade Estadual do Ceará, obtivemos ótimos resultados com o bagaço de caju desidratado e a raspa de mandioca.

* Engenheiro agrônomo, doutor em Agrobiotecnologia para as produções tropicais e professor de Nutrição de Ruminantes da Favet-Uece

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter