quarta-feira, 23 de maio de 2012

Princesa do norte´: Abandono de praças e quadras

A cidade que já se destacou devido à beleza, tem praças hoje que passam por problemas como a falta de manutenção e de segurança. As quadras esportivas também se encontram na mesma situação.

Em frente ao Theatro São João, um dos cartões de visita de Sobral, a praça que leva o mesmo nome encontra-se suja e com as plantas morrendo. De acordo com os taxistas que fazem ponto no local, desde o fim do convênio entre Prefeitura e Sistema Autônomo de Água e Esgoto, o estado da praça tem piorado.
O taxista Augusto Guedes afirma que nenhum funcionário aparece regularmente para realizar a limpeza e, quando aparece, varre apenas a calçada e deixa a grama coberta de folhas. Na fonte, o lixo se acumula ao fundo. Em alguns pontos a grama já não existe. Os transeuntes reclamam do mau cheiro.
Segundo ele, os alunos que vão para a parada do ônibus na praça, jogam pedras e lixo na fonte, que ainda tem peixes.
"É ruim pra gente, ver uma praça que foi reformada há pouco tempo ir ficando desse jeito. Volta e meia tem até gente tomando banho na fonte à noite. Um funcionário aparece às vezes com uma mangueira curta, que não dá pra aguar tudo o que precisa", comentou o taxista.
Sem iluminação
No Bairro do Junco, a situação não é diferente. De acordo com os moradores do bairro, a praça com quadra anexa está tomada pelo lixo. Preferindo não se identificar, um morador falou que a iluminação precária e a falta de segurança no local atraem dependentes químicos.
Outra moradora disse que não deixa seus filhos brincarem na praça, pois ela teme pela segurança deles. Toda a estrutura apresenta rachaduras e em alguns cantos já caíram partes da construção. Ela afirma que "na quadra, quando há jogo, sempre há brigas". Residente há 25 anos no Bairro Sinhá Saboia, João Paulo de Sousa também teme pela segurança dos seus parentes. De acordo com ele, o consumo de drogas é feito durante o dia e quase todos os dias há troca de tiros na quadra Mestre Severo, onde moradores de outras ruas jogam lixo.
Na Quadra de Esportes da Cohab II, o problema se repete. As traves e grades de segurança foram removidos há cerca de seis meses para a realização de um evento, de acordo com o comerciante Antônio Félix Xavier. Ele reclama que bolas do futebol atingem constantemente seu comércio, danificando produtos e causando transtornos.
Outro morador, João Paulo, comenta que a única manutenção que a quadra possui é o retoque da pintura. Segundo ele, quem joga na quadra, normalmente sai com os pés machucados devido à precariedade do piso. De acordo com o coordenador de Equipamentos do Município, Antônio Dias Lima Filho, as quadras da cidade estão sendo restauradas. Conforme informou, as quadras que necessitam de pequenos reparos estão sendo feita em mutirão, enquanto outras como a do Bairro Sinhá Saboia e Cohab II estão em processo de licitação para uma reforma geral. A previsão dada por ele é que até o meio do ano as obras se iniciem.
Quanto à quadra da Praça do Junco, o coordenador afirmou tratar-se de um caso especial. Devido ao tempo da obra, a quadra não se apresenta dentro dos parâmetros necessários. Atualmente, há um estudo visando transformar o local em uma academia popular, no entanto, ainda sem previsão. Hoje, a Prefeitura possui seis quadras em processo de licitação, algumas delas acompanhadas de praças.
Em relação à Praça do Theatro São João, o local faz parte do Programa Compromisso Verde, da Prefeitura, no qual empresas privadas adotam uma praça e ficam responsáveis pela recuperação, conservação e irrigação do local. Mas, no momento, esta não está adotada.

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter