terça-feira, 3 de setembro de 2013

Avião com 15 feridos pousa na Capital Cearense após forte turbulência

Voo partiu da Espanha e iria para São Paulo; duas estrangeiras continuam internadas na Capital sem previsão de alta


Um avião da TAM, fazendo a rota de Madri, na Espanha, para Guarulhos, em São Paulo, com 184 pessoas a bordo, realizou um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. Após uma forte turbulência, 15 pessoas, entre passageiros e tripulantes, sofreram ferimentos. O pouso aconteceu à 1h36 de ontem. Os feridos foram levados para o Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza. Depois, foram transferidos para um hospital particular da Capital.
O voo JJ8065 partiu às 18h11 (horário de Brasília) da Espanha, e deveria chegar ao Aeroporto Internacional de Guarulhos às 4h55. De acordo com relatos de passageiros, a turbulência ocorreu por volta de 1h, em região próxima à linha do Equador. A companhia aérea informou que, dos 15 feridos, três eram tripulantes da aeronave. O avião levava 168 passageiros e 16 tripulantes.
Às 14h10 de ontem, 121 passageiros que estavam no pouso de emergência deixaram a Cidade no voo 9362, da TAM, tendo como destino o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Entre os que ficaram na Capital, alguns moravam em Fortaleza, e outros foram acomodados em voos da companhia.
Até a noite de ontem, duas pessoas continuavam internadas na Cidade, sem previsão de alta: a colombiana Tatiana Roncancio, 32, e a peruana Graciela Aguilar, 52.
Conforme o IJF, uma tomografia feita pela manhã detectou a fratura na coluna de Tatiana. Segundo a assessoria do hospital, apesar disso, ela consegue mexer os membros do corpo, inclusive as pernas. Tatiana também teve uma luxação no cotovelo. Graciela Aguilar também teve um trauma cervical, mas os exames não apontaram fratura na coluna. As duas também foram transferidas para um hospital particular.
 
Rápida e forte 
De acordo com passageiros, a turbulência foi muito forte e de rápida duração, mas suficiente para que pessoas fossem arremessadas contra o teto do avião. Houve uma leve queda, e o avião balançou com força.
O advogado Ricardo Ramires, 33, conta que "o céu estava limpo" no momento da turbulência. "Pelo que vi, não estava nublado, não tinha tempestade, nada disso. Simplesmente foi uma coisa repentina", afirma.
"Foi muito rápido, eu estava meio adormecido, não parecia que a gente estava em uma zona de turbulência. Teve uma ´quedinha´ pequena e, de repente, um estrondo, acho que foi mais das coisas que bateram. As pessoas que estavam sem cinto acabaram se machucando porque bateram no teto", lembra Ramires.
Em nota à imprensa, a TAM "lamentou o ocorrido" e afirmou que "está prestando a assistência necessária a seus passageiros e funcionários". "A aeronave aterrissou em segurança, e os feridos foram encaminhados para atendimento médico", dizia o texto.
 
Histórico
 Um voo da TAM saindo de Miami, no Estados Unidos, com destino a São Paulo, em 2009, também teve feridos devido a uma turbulência. O avião levava 154 passageiros e, ao se aproximar do Aeroporto de Guarulhos, enfrentou o problema. Ao todo, 21 pessoas ficaram feridas - sendo 16 passageiros e cinco comissários. Quatro dos passageiros tiveram de passar por cirurgias
 Brasileiros relatam momentos de terror 
O retorno para casa do casal brasileiro Luciana Melo e Nilton Santos certamente será inesquecível. Não somente pelas lembranças da filha e dos netos, que ficaram em Madri na Espanha, mas pelos momentos de terror que viveram no ar, durante a turbulência.
Nilton Santos mostra as costas machucadas durante. "Pensei que ia morrer",
Luciana afirma que não gosta nem de lembrar dos instantes que viveu durante os cerca de dez minutos do incidente. "Foi horrível, não gosto de ficar lembrando. Muita gente se machucou, quem estava sem cinto machucou. Bati com a cabeça e ficou um calo", disse.
O marido de Luciana, Nilton, também sofreu escoriações durante o voo. Com o incidente, o homem machucou as costas. "Pensei que ia morrer", afirmou. "A primeira coisa que fiz foi pedir a Deus", frisa, lembrando dos instantes em que "rezou" por sua vida no avião.

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter