segunda-feira, 31 de maio de 2010

VICE-LÍDER :CEARÁ CONTINUA 100% EM CASA


O Alvinegro está fazendo o fator campo funcionar a seu favor, com nove pontos ganhos em casa, sem sofrer gol

Fez a diferença: Misael passa por mais um marcador do Cruzeiro, oportunidade em que se destacou como o maior criador das jogadas ofensivas do Ceará, na vitória de ontem 
 Após superar Fluminense e Vitória no Castelão, o Ceará bateu mais um grande do futebol brasileiro na noite de ontem. Com um gol do estreante Lopes, o Alvinegro quebrou a invencibilidade do Cruzeiro na Série A do Campeonato Brasileiro, com a vitória por 1x0. Portanto, com 100% de aproveitamento em casa no Brasileirão e a vice-liderança inédita do campeonato.
A equipe de PC Gusmão enfrentará o Avaí, na próxima quarta-feira às 21 horas no mesmo local, quando o clube estará aniversariando.
Jogo
Um futebol de muita marcação caracterizou os primeiros 25 minutos da partida. O Ceará manteve a sua estrutura de três volantes, sendo que Michel grudou em Róger e Heleno fez marcação individual em Kléber.
O Alvinegro esperava a falha do rival, para explorar o contra-ataque e o Cruzeiro insistia no jogo aéreo, quando tinha faltas a seu favor, utilizando a boa estatura dos seus atletas.
De contra-golpe mesmo, o Ceará teve o primeiro aos 19 minutos. Geraldo escapou pela direita, puxou para o meio, mas chutou fraco, de longe. Três minutos antes, no jogo aéreo, Kléber recebeu cobrança de falta e cabeceou à direita do gol. O Alvinegro usou da mesma arma da bola aérea e Fabrício cabeceou à esquerda do gol, aos 22 minutos, levando perigo.
Aos poucos, o jogo pragmático dos primeiros 30 minutos, foi cedendo lugar à estratégias de ambas as equipes. O Ceará abriu bem Misael pela esquerda e Ernandes começou a trabalhar na diagonal, pelo meio.
Mas foi Misael que fez toda a diferença. Aos 39, ele driblou Jonathan e cruzou. Do outro lado, Lopes bateu de baixo para cima e abriu o placar para o Alvinegro. O resultado, até então parcial, ajudou o time orientado por PC Gusmão a ir para o intervalo, com o placar a seu favor, o que é uma vantagem considerável, dada a qualidade do adversário.
No segundo tempo, o Cruzeiro passou a trabalhar mais com seus laterais e teve domínio territorial, enquanto o Ceará se fechou, na mesma estratégia, até garantir os três pontos, quebrando uma invencibilidade da Raposa, de 14 jogos, desde o ano de 2009 no Brasileirão. "Todas as nossas vitórias aqui dentro têm sido na raça, como esta", disse o volante Michel.
DESABAFO
PC Gusmão: ´Nossa equipe contraria expectativas´
O técnico do Ceará desabafou no vestiário alvinegro, após a vitória por 1x0 sobre o Cruzeiro, quando o seu time assumiu a vice-liderança da Série A do Campeonato Brasileiro.
Para o comandante alvinegro, seu time vai bem, porque contrariou as expectativas dos grandes analistas nacionais, que não acreditavam no Vovô. "No início, começaram dizendo que nossa equipe era candidata ao rebaixamento. Estamos mostrando que podemos produzir bem, mas o nosso objetivo principal não sai da nossa mente, que é a permanência. O campeonato ainda vai ficar mais difícil, por isso é bom somarmos pontos à partir de agora", disse.
O atacante Misael foi celebrado como um dos melhores em campo. "Qualquer vitória para nós vale como goleada. Só a gente acreditava no nosso time e estamos respondendo. Agora é dar sequência", disse ele.
Ficha técnica
Ceará 1
Diego; Oziel, Fabrício, Anderson e Ernandes; Michel, Heleno (Careca 19/2ºT), João Marcos e Geraldo (Eusébio 42/2ºT); Misael e Lopes (Wellington Amorim 21/2ºT).
Técnico: PC Gusmão.

Cruzeiro 0
Fábio; Jo nathan, Gil, Leonardo Silva e Fernandinho; Fabinho (Pedro Ken intervalo), Henrique, Marquinhos Paraná(Wellington Paulista 27/2ºT) e Róger (Elicarlos, intervalo); Kléber e Thiago Pereira. Técnico: Adilson Batista..

Competição: Série A do Campeonato Brasileiro. Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE). Data: 30 de maio de 2010. Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ). Assistentes: Hilton Moutinho Rodrigues (RJ) e Erich Bandeira(PE). Renda: 297.401,00. Público: 19.694 pagantes. Gol: Lopes (39/1ºT).

Cartões amarelos: Fabrício, Anderson e Michel (CE). Fernandinho e Wellington Paulista CRU).

Cartão vermelho: Wellington Paulista.

Placar

Série A do brasileiro

Corinthians 4 x 2 Santos

Guarani 0 x 0 São Paulo

Atlético-MG 1 X 3 Fluminense

Internacional 4 x 1 Atlético-PR

Ceará 1 x 0 Cruzeiro

Atlético-GO 1 x 3 Goiás

Botafogo 1 x 1 Vasco

Flamengo 1 x 1 Grêmio

Palmeiras 0 x 0 G. Prudente

Avaí 0 x 0 Vitória

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter