quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Metrô de Sobral atrai usuários no primeiro dia de operação

O início da operação despertou curiosidade entre os sobralenses

Começaram a funcionar, em caráter experimental, as linhas Norte e Sul do Metrô de Sobral, das 8h às 12h, horário em que a experiência será gratuita para os usuários. O início das atividades do equipamento atraiu a atenção da população, que timidamente experimentou o serviço durante a manhã de ontem.
De acordo com o Presidente do Metrofor, Rômulo Fortes, o Metrô de Sobral aproveita hoje a via ferroviária e a definição do vetor transportes como estruturador de desenvolvimento urbano. "Essa parte, a de funcionamento integrado com a linha existente, foi o que mais demorou para a implantação do metrô em Sobral, que, considerando todo o processo, teve seu funcionamento acontecendo em um bom tempo".
Estrutura
Rômulo explicou que, nos próximos seis meses, a experiência de usar o Metrô de Sobral será gratuita, e que ele deve operar apenas com metade dos carros. "Até mais ou menos abril do próximo ano, o metrô só funcionará das 8h da manhã ao meio-dia e o acesso será completamente gratuito. Quando a fase comercial iniciar, a operação contará com quatro vagões, mais um reserva, cada carro tendo a capacidade para uma média de 350 pessoas por carro".
Cada carro é equipado com ar-condicionado e Sobral possui 12 estações integradas, sendo seis em cada linha, Norte e Sul, e a Estação Coração de Jesus é a única compartilhada, onde os passageiros podem trocar de linha. Elas têm uma extensão total de 13,2 quilômetros.
Cada Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) é formado por dois carros, com movimentação bidirecional e velocidade máxima operacional de 60 km/h e lotação máxima de aproximadamente mil passageiros.
A linha Norte ligará o Polo Industrial da Grendene, localizada às margens da avenida - onde existia o antigo ramal ferroviário de Camocim, no bairro da Expectativa, - ao bairro Cohab 3, passando pelos bairros do Junco e Terrenos Novos.
Já a Linha Sul parte da Estação da Cohab 2 até a Estação Sumaré As duas linhas formam dois "us" invertidos, que se tangenciam numa estação de integração.
De acordo com o prefeito Clodoveu Arruda, o Veveu, quando o metrô de Sobral começar a operar integralmente de maneira comercial, será implantado o Sistema Integrado de Transporte Coletivo de Sobral (Sitrans), integrando midi-ônibus e Metrô com sincronização de horários e tarifa única.
"Todo o sistema dará uma cobertura de 95% do território de Sobral, o que vai garantir que todo sobralense esteja a 300 metros de um dos modais, seja um ônibus ou o VLT", explicou.
Conforme contou a secretária de Urbanismo de Sobral, Gisela Gomes, o município tem um grande ganho com a implantação do equipamento. Ela afirmou que, com o novo sistema de transporte público, a expectativa é de que as pessoas passem a deixar mais seus automóveis particulares em casa e passem a usar os coletivos.
"A cidade possui alguns polos de geração de tráfego que acabaram causando a necessidade de criação desse sistema. Apesar dos atrasos, o Metrô de Sobral começou a funcionar rapidamente, garantindo um transporte de qualidade para a população", destacou.
Ela lembrou que a Estação Cohab 3, onde foram pegos os primeiros passageiros, é bem próxima do Conjunto Residencial Nova Caiçara, onde estão sendo entregue as casas do "Programa Minha Casa, Minha Vida" para as famílias de baixa renda. "Essa população vai se beneficiar dessa estação tão próxima, assim como outros bairros mais afastados do Centro, que sofriam por não possuir uma linha de transporte fora os mototáxis", explicou a secretária.
Repercussão
Para os moradores dos bairros beneficiados, o funcionamento do equipamento é agridoce. Os que moram mais próximos das estações afirmam que estão felizes com o funcionamento do Metrô, mas gostariam que ele fosse mais silencioso.
De acordo com o comerciante Joaquim Lopes, a poeira que o novo equipamento traz também é um fator que pode melhorar. "Por enquanto, ele tá rodando só nesse horário de manhã, então o barulho não deve incomodar muito, mas as três vezes que ele chegou na estação, trouxe muita poeira", contou.
O estudante Ique Marques, de apenas 13 anos e morador da Cohab 3, comemorou a chegada do novo equipamento. "Antes eu andava todo dia quase meia hora pra ir para a escola, ali na Netinha Castelo, tinha que sair de casa no calor do meio-dia. Agora posso pegar a última volta do metrô e chegar lá rapidinho e com ar condicionado".
Mais informações:
Prefeitura de Sobral
Rua Viriato de Medeiros, 1250
Centro - Sobral - CE
CEP 62011-060
(88) 3677-1100

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter