quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Renan prevê veto a decreto de Dilma no Senado

Presidente do Senado afirmou que não haverá surpresa se a proposta elaborada pela presidente for derrotada também pelos senadores.
A regulamentação dos conselhos populares deve render à presidente Dilma Rousseff uma nova derrota no Congresso. O Senado se prepara para frear o avanço do decreto presidencial tratando do tema, que o PT tentará resgatar, após a Câmara ter imposto na terça-feira na primeira derrota de Dilma depois da reeleição. O revés será puxada pelo PMDB, principal aliado da base, que ignora o pedido da presidente por "diálogo".
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PDMB-AL), afirmou ontem que a proposta também será derrubado na Casa, repetindo-se a rebelião do PMDB verificada na Câmara. "Já havia um quadro de insatisfação com relação a essa matéria (antes das eleições). Ela ser derrubada na Câmara não surpreendeu, da mesma forma que não surpreenderá se ela for e será derrubada no Senado Federal", disse.
A declaração confirma a rota de colisão entre o governo e seu principal aliado no Congresso. O embate não teve a tradicional "lua de mel" entre os parlamentares e o presidente reeleito, como ocorreu com o Lula e Fernando Henrique Cardoso. A suspensão do "namoro" ganhou relevou com uma afirmação também hoje pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho. Ele creditou a derrota na Câmara como uma revanche por causa do resultado da eleição. "É uma vitória de Pirro, quando o Congresso, de maneira persistente, insistente, acabou criando um decreto legislativo que derrota o decreto da presidente", disse. "Nada mais anacrônico, contra os ventos da história, nada mais do que uma tentativa triste de se colocar contra uma vontade irreversível do povo brasileiro, que é de participação", emendou
A fala do ministro azedou a relação do governo. Logo na sequência da declaração, Renan acusou Carvalho de desconhecer o fato de que os conselhos são uma polêmica no Congresso desde que Dilma os sugeriu. "Mais uma vez o ministro Gilberto Carvalho não está sabendo nem do que está falando", disparou.

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter