terça-feira, 24 de novembro de 2009

JOSÉ SERRA PARTICIPA DE ENCONTRO REGIONAL NO CEARÁ

Marco Penaforte diz que está ouvindo as lideranças do partido para definir que caminho seguir em 2010
Além do compromisso político com os aliados, o governador de São Paulo vai falar para o grupo de empresários do CIC.
Depois da visita do governador de Minas Gerais, Aécio Neves, outro pré-candidato do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) à Presidência da República, o governador de São Paulo, José Serra, estará no Ceará participando de encontro regional da agremiação (Ceará em Debate) na cidade de Canindé, na próxima sexta-feira (27). Antes do evento partidário, Serra, em Fortaleza, participa de debate na Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), promovido pelo Centro Industrial do Ceará (CIC). Também antes da vinda do governador José Serra, dois outros tucanos participaram dos eventos do Centro Industrial do Ceará: Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República e o senador Tasso Jereissati. A sétima edição do "Ceará em Debate", encontros temáticos que os tucanos cearenses vêm realizando, a fim demarcar sua posição no Estado para as eleições de 2010 ocorrerá na Quadra Paroquial, Rua Monsenhor João Cruz, nº 359 com uma motivação maior em razão da participação do governador do Estado de São Paulo, o tucano com maior destaque nas pesquisas que vêm ocorrendo sobre a eleição presidencial do próximo ano. Aécio Neves, governador de Minas Gerais é o segundo nome tucano dentre os presidenciáveis. Com Cid
A última vez que José Serra esteve no Ceará foi em março de 2008, onde participou de um seminário na Fiec sobre desenvolvimento e combate à pobreza e, em seguida, assinou com o governador Cid Gomes (PSB), no Palácio Iracema, um convênio de cooperação entre os governos dos estados de São Paulo e do Ceará para isenção de impostos em comercialização de alguns produtos entre estas unidades da Federação. Naquela ocasião, o paulista evitou falar sobre política, mesmo aquele ano sendo de disputa eleitoral. De acordo com o presidente estadual do Instituto Teotônio Vilela (ITV) no Ceará, o deputado federal Raimundo Matos, o encontro em Canindé foi justamente para adequar a agenda de José Serra no Estado, assim como foi feito com Aécio Neves, quando o mineiro aqui esteve no dia 20 de agosto último, cumprindo compromissos de Governo em Fortaleza, Beberibe e, por último, em Horizonte, participando do evento dos correligionários cearenses. "Estou convidando inclusive deputados federais de outros estados do Nordeste e o presidente do ITV Nacional, deputado federal Luiz Paulo Velloso Lucas (PSDB/ES), para mobilizarmos esse debate com a presença do nosso pré-candidato a presidente", ressaltou o deputado. Matos declarou que, depois deste encontro, a agremiação pretende ainda realizar mais três edições do Ceará em Debate até o fim deste ano. "Estamos ajustando as datas, queremos realizar os encontros da Região Norte e Inhamuns em 4 e 11 de dezembro". Capital
O último evento dos tucanos "será em Fortaleza, que estamos vendo a possibilidade deste ser no dia 18 de dezembro, mas não temos certeza pois o senador Tasso terá um outro evento no dia 19. Se não for em dezembro, o encontro da Capital ocorrerá em janeiro, coincidentemente em um período onde estaremos definindo nossas posições, se teremos ou não candidato ao Governo do Estado e, nacionalmente, qual dos governadores será o nosso nome para disputar a Presidência da República", colocou o deputado Raimundo Gomes de Matos que, recentemente, teve seu nome apontado como um dos prováveis candidatos do partido à sucessão do governador Cid. Diferenciado
O presidente estadual do PSDB, Marco Penaforte, explicou que a presença de José Serra dará ao Ceará em Debate um encontro diferenciado, onde os temas nacionais terão maiores destaques do que os locais. "Queremos discutir com o governador José Serra, ideias sobre o desenvolvimento para o Brasil", ressaltou, dizendo que o evento deve mobilizar ainda mais as lideranças tucanas do Ceará. Penaforte disse que vem recebendo na agremiação, todos os dias, dirigentes do PSDB para ouvir a posição deles sobre que rumo a legenda deve tomar em 2010. "Estamos nos preparando, ouvindo as lideranças para em janeiro decidirmos qual será nosso rumo, pois no mesmo mês o partido deve anunciar quem será o nosso candidato a presidente", ressaltou.

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter