quarta-feira, 19 de outubro de 2011

COPA 2014: Festa Cearense

Fortaleza tem grande chance de receber o terceiro jogo do Brasil durante o Mundial. Abertura será em SP

Fifa divulga, oficialmente amanhã, o calendário da Copa das Confederações 2013 e do Mundial 2014. Torcida cearense pode ser presenteada com jogo da Seleção na Copa
A festa cearense na Copa 2014 pode ser bem maior do que qualquer torcedor sonhava. Informações ainda extraoficiais apontam a escolha de Fortaleza como sede de um jogo da Seleção Brasileira na primeira fase do Mundial. O Comitê Executivo da Fifa está reunido desde a última segunda-feira para definir o calendário da competição e, pelo que se diz nos bastidores, São Paulo terá a abertura, Rio de Janeiro a Final, Brasília receberia o segundo jogo do Brasil e a Capital cearense o terceiro.
O anuncio oficial acontece somente amanhã, mas fontes da CBF já afirmaram à imprensa que já existe o programa oficial de jogos da Copa. Foram 57 versões, para ser escolhida uma que conciliasse pontos como clima, distâncias, infraestrutura, política e dinheiro. O plano prevê a divisão do Brasil em áreas, horários diferentes para partidas - dependendo das zonas climáticas - e a tentativa de agrupar seleções participantes em regiões específicas. Vale lembrar que apenas a Arena Castelão, entre as sedes do Norte/Nordeste, tem capacidade de receber mais de 60 mil pessoas. São 67 mil torcedores.
Outros pleitos
Além desta provável boa notícia, Fortaleza também pleiteia receber outros jogos importantes como os da Copa das Confederações em 2013 e uma semifinal do Mundial. A Fifa procura mantém os detalhes em sigilo para evitar esvaziar o evento que acontece em Zurique, na Suíça.
Nas reuniões do início da semana, o Brasil insistiu em ter jogos em 12 cidades, número considerado exagerado até mesmo pela Fifa. A organização considerava que o número de sedes poderia ser inferior, o que ajudaria a concentrar o trabalho. Mas questões políticas fizeram a Copa se espalhar pelo País. Agora, o trabalho é para adequar um calendário esportivo a essa realidade continental.
Problema dos transportes
A ideia da Fifa é a dividir o País em áreas. Um dos motivos é o problema de transporte e aeroportos no Brasil, considerado pela um obstáculos para o deslocamento dos torcedores. As seleções ficarão concentradas em determinadas regiões, para evitar que milhares de torcedores tenham de se deslocar, por exemplo, de Porto Alegre a Manaus em poucos dias. "Os torcedores precisam chegar aos jogos", disse um funcionário da Fifa. Para definir as zonas, os critérios foram a distância, a temperatura e o fuso horário.
Clima
Outro obstáculo criado pela dimensão do Brasil é o clima. Três horários serão estabelecidos para os jogos. Nas cidades do Sul, como Porto Alegre e Curitiba, e até mesmo em São Paulo, o esforço da Fifa será o de ter partidas apenas durante o dia para evitar noites geladas do inverno. No Norte e Nordeste, o calendário prevê jogos durante a noite, justamente para evitar o calor de cidades como Fortaleza, Recife, Cuiabá ou Manaus.
Arena Castelão é o único estádio do Norte e Nordeste com capacidade de receber mais de 60 mil torcedores. São 67 mil lugares, o que faz da Capital cearense favorita para receber grandes jogos


Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter