sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Declaração de guerra: Cid repete crítica a senador petista

O senador José Pimentel encaminhou nota para esclarecer suas declarações que geraram a briga

Cid Gomes disse aos empresários jovens do Ceará que o senador José Pimentel não é nenhuma pessoa simples, justificando a sua resposta
"Leia o Diário do Nordeste de hoje (ontem) " disse o governador Cid Gomes para um jovem empresário que lhe perguntou sobre as declarações do senador José Pimentel, manchete deste jornal na última quarta-feira, sobre o fato de recursos da União terem retornados por falta de condições de aplicação no Estado, tanto na refinaria quanto no projeto Mina Casa, Minha Vida.
"A mim parece uma declaração de guerra" essas declarações do Pimentel, disse Cid, no encontro com os representantes da Associação dos Jovens Empresários do Ceará, antes de repetir o que havia dito no dia anterior. "Estou quase falando sozinho no meu partido (PSB), defendendo a manutenção da aliança com o PT ai vem uma declaração dessa que me parece uma declaração de guerra", enfatizou, lembrando a posição dos seus correligionários contra a aliança com a prefeita Luizianne Lins, para a disputa da Prefeitura, neste ano.
Repetindo que não há quem mais defenda o Governo Dilma e o Lula do que ele, Cid Gomes voltou a dizer que o senador "mentiu". "Pimentel não é nenhum simples. Ele é um senador da República. Para mim essa história dele "foi o limite".
Nota
Cid disse aos empresários que não gosta de briga, aceita críticas, pois tem a consciência que é um servidor público, principalmente se a crítica for de uma pessoa simples que "o Pimentel não é" e sabe que a realidade é diferente do que ele afirmou.
No mesmo momento em que o governador falava para os empresários jovens e repetia o que disse ao senador na ligação telefônica que fez na quarta-feira à tarde para Pimentel, na Assembleia Legislativa os deputados repercutiam a manchete do Diário do Nordeste com as declaração do governador.
Apesar de o líder do Governo, deputado Antônio Carlos (PT) dizer que foi um equívoco por parte de Pimentel, o senador, através de nota enviada à imprensa, reafirmou suas declarações. "Declarei o que é fato: existem recursos federais disponíveis que não foram utilizados. Esse não é apenas um problema local e reconheço que depende de vários fatores, muitas vezes complexos. A nossa intenção é agilizar os processos, contribuindo com o governo do Estado e as prefeituras na execução dos programas e metas, como sempre fizemos".
A nota diz ainda: "Reafirmo o meu apoio incondicional para que o povo cearense realize o sonho de ver a refinaria da Petrobras operando o quanto antes. Para isso, temos um projeto em andamento no Estado do Ceará, fruto da conjugação de forças que elegeu Cid Gomes duas vezes governador e reelegeu a prefeita de Fortaleza Luizianne Lins. Um projeto vitorioso, inovador e que tem levado o Estado do Ceará a um desenvolvimento acelerado".
Também acreditando que Pimentel se equivocou, o deputado Welington Landim (PSB), líder do bloco PT-PSB na Assembleia, explicou que o dinheiro para a refinaria vem da Petrobras e não da União, por isso assevera que nunca vai chegar aos cofres do Estado o dinheiro para o empreendimento. "É um dinheiro da Petrobras e não da União. E isso acaba essa polêmica". Em relação ao Programa Minha Casa, Minha Vida, o parlamentar explicou que ele está sendo executado nos municípios inscritos com até 50 mil habitantes, como havia afirmado o governador, no dia anterior.

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter