sexta-feira, 29 de julho de 2011

SAÚDE PRECÁRIA: Santa Casa de Sobral enfrenta superlotação

Faltam recursos e sobram pacientes para serem atendidos na unidade de referência da Zona Norte do Estado
Os pacientes ficam amontoados. Não existe espaço suficiente e com comodidade para atender quem chega precisando de ajuda
A Santa Casa de Misericórdia de Sobral, instituição hospitalar filantrópica fundada em 1925, passa por uma difícil situação com sérias dificuldades de custeio. Faltam verbas para manter os 420 leitos e 7.800 atendimentos por mês. "São 22 mil internações por ano. Atendemos moradores de 65 Municípios da Zona Norte do Ceará e nenhuma prefeitura nos auxilia nesse atendimento, apenas a de Sobral. E muitos desses pacientes não têm perfil para a Santa Casa", revela o diretor da instituição, doutor João Martins.
Alguns minutos dentro da Santa Casa de Misericórdia de Sobral são suficientes para encontrar corredores cheios de pacientes em atendimento. As unidades de urgência, emergência e atendimento especializado estão com uma demanda maior do que a oferta. Essa é a realidade indicada pelo diretor da Santa Casa. Para ele, os problemas enfrentados pela instituição são os mesmos enfrentados por todos os hospitais brasileiros. "Há uma insatisfação geral na classe médica em todo o Brasil com os valores pagos pelos Sistema Único de Saúde", explica Martins.
A sala de recuperação mostra o gargalo enfrentado pelo hospital. Pacientes graves que já passaram por cirurgias e que foram estabilizados se amontoam na sala onde deveriam passar algumas horas, mas onde acabam passando dias. Não há vagas em leitos para a transferência desses pacientes com um acompanhamento mais adequado. "Fazemos medicina, hoje, com recursos de 20 anos atrás", lamenta o chefe da emergência adulta, Rodrigo Barreto.
Segundo o diretor da Santa Casa, das três macrorregiões do Estado, Sobral é a que mais necessitada de leitos. "Temos apenas 48% de leitos que deveríamos ter. Fortaleza tem 76,4% e o Cariri tem 101% de demanda assistida, precisamos de investimentos logo", desabafa Dr. João Martins, baseado em dados do Governo do Estado.
O alívio que poderia estar próximo ainda pode não ser a solução definitiva dos problemas de saúde da região norte cearense. A dificuldade de contratação de médicos, especialmente em algumas especialidade médicas, que hoje é enfrentada pela Santa Casa, também deve ser um desafio para o Governo do Estado quando inaugurar o Hospital Regional da Zona Norte, previsto para o início de 2012.
Lotação no setor de alta complexidade da Santa Casa de Misericórdia. Faltam mais espaço e leitos
Recursos
A Secretaria de Saúde do Estado afirmou repassar R$ 420 mil, mensalmente, para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral e o que valor está sendo pago normalmente. A unidade hospitalar recebe ainda recursos do Ministério da Saúde por procedimentos realizados e R$ 240 mil como incentivo para que a instituição receba residentes de Medicina e de Enfermagem da Universidade Federal do Ceará (UFC). A instituição recebe, também, cerca de R$ 80 mil de repasses da Prefeitura Municipal de Sobral. O montante não é suficiente, segundo o diretor da Santa Casa. "De cada R$ 100,00 que a Santa Casa gasta, apenas R$ 60,00 é reembolsado. Essa conta não tem jeito".
Uma das especialidades com maior déficit é a de cirurgião geral. A situação só não é mais grave porque a Santa Casa oferece residência médica para estudantes de Medicina da UFC, o que aumenta a quantidade de profissionais. Mas não existe nenhuma segurança de que, ao se formarem, esses profissionais ficarão no hospital. Outra especialidade que tem escassez de profissionais é a de anestesiologista. O repasse feito pelo SUS para esses médicos é muito baixo, mas o hospital conseguiu aumentar o valor pago dos procedimentos. No entanto, não está em dia, segundo disse o diretor. O atraso foi motivo de suspensões temporárias de cirurgias eletivas nos últimos dias. As cirurgias de urgência e emergência não foram interrompidas.
Doações
A Santa Casa busca novas formas de fazer receita. Uma parceria está sendo articulada e deve ser anunciada, oficialmente, nos próximos dias. Uma empresa especializada irá fazer telemarketing oferecendo a oportunidade de fazer doações.
MAIS INFORMAÇÕES
Santa Casa de Misericórdia do Município de Sobral
Rua Antônio Crisóstomo de Melo 919, Centro. Telefone: (88) 3112.0400

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter