domingo, 8 de abril de 2012

Grécia ainda pode ir à falência e sair da zona do euro, diz Christine Lagarde

Diretora-gerente do FMI concedeu entrevista ao canal 'CBS'.
Ela também afirmou que 'ainda há remédios para serem tomados'.
A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, afirmou que não é certo que a Grécia consiga evitar a falência e que pode ser forçada a sair da União Europeia, apesar das medidas de austeridades impostas ao país.
“Ainda há remédios para serem tomados. E é isso que está acontecendo na maioria dos países do sul da zona do euro no momento, junto com a Irlanda”, disse Lagarde em entrevista ao programa “60 Minutes”, da rede CBS, que será transmitido neste domingo (8). O programa também entrevistou o ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schaeuble.
Em entrevista à BBC no fim de março, a chanceler alemã, Angela Merkel, considerou que seria catastrófico' permitir que a Grécia abandonasse a zona do euro, que se veria "incrivelmente fragilizada". "Tomamos a decisão de fazer parte de uma união monetária. É uma decisão não apenas monetária, mas também política", declarou Merkel.
A Grécia fechou dois planos de resgate financeiro com a União Europeia e o FMI. No fim de fevereiro, os ministros das Finanças da zona do euro aprovaram um novo pacote de resgate financeiro para o país com a finalidade de evitar o calote da dívida.
Em 6 de maio, a Grécia deve realizar as eleições após um acordo de swap de títulos, que busca reduzir sua grande dívida e permitir um resgate de 130 bilhões de euros. O empréstimo reduzirá a carga da dívida da Grécia e permitirá que o país permaneça na zona do euro, embora sob um grau de controle externo e fiscalização muito maior.
O segundo resgate grego permitirá à Atenas reduzir sua dívida dos atuais 160% para 117% de seu Produto Interno Bruto (PIB) em 2020, abaixo do percentual de 120,5% previsto inicialmente pelos parceiros internacionais. Os cálculos são da troika, formada pela Comissão Europeia, o Fundo Monetário Internacional e o Banco Central Europeu.

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter