quinta-feira, 28 de junho de 2012

Saiba os 192 municípios brasileiros que podem se tornar uma Cidade Digital

Oferta de internet sem fio para toda a população, órgãos públicos informatizados e aplicativos gerenciais para auxiliar os gestores nas áreas de saúde, educação, finanças e tributação. Esses são alguns dos benefícios do programa Cidades Digitais, que o governo federal pretende levar aos municípios brasileiros, para que seus gestores e seus cidadãos tirem o melhor proveito da tecnologia.
A seleção de municípios que vão participar do projeto já está sendo feita, a cargo do Ministério das Comunicações. Das 263 cidades que enviaram propostas, 192 foram habilitadas e participarão da segunda etapa do processo. O Ceará tem 13 candidatas a se tornar uma "cidade digital", com suas propostas habilitadas para a segunda fase. São os municípios de Araripe, Barreira, Brejo Santo, Crateús, Icapuí, Jaguaruana, Maracanaú, Milhã, Miraíma, Quixeramobim, São Gonçalo do Amarante, Varjota e Viçosa do Ceará. Os municípios cearenses estão entre as 105 cidades habilitadas localizadas na região Nordeste, a que mais enviou projetos ao programa do governo federal. As demais regiões tiveram 87 municípios pré-selecionados, sendo 34 do Sul, 29 do Sudeste, 18 do Norte e 6 do Centro-Oeste. Nesta nova fase de seleção, toda a documentação apresentada pelos gestores municipais será avaliada por uma comissão técnica, que deverá escolher os 80 municípios que serão contemplados.
Os projetos apresentados pelos municípios deverão implantar infraestrutura de conexão de rede entre os órgãos municipais e os equipamentos públicos locais, melhorando o acesso da comunidade aos serviços de governo. Está prevista, ainda, a instalação de pontos de acesso à internet para uso livre e gratuito em espaços de grande circulação, em locais definidos pelas próprias prefeituras.
A seleção de cidades para o programa segue critérios estabelecidos em edital. A preferência é por cidades com até 50 mil habitantes, das regiões Norte e Nordeste, com menor densidade domiciliar de acesso à banda larga e com menor Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal. Este índice acompanha o desempenho de todos os 5.564 municípios brasileiros em três áreas: educação, saúde, e emprego e renda. Outro critério de classificação será a indicação de equipe de servidores públicos permanente para o treinamento e gerenciamento do projeto. (DN)
Municípios na lista
1. Araripe
2. Barreira
3. Brejo Santo
4. Crateús
5.Icapuí
6. Jaguaruana
7. Maracanaú
8. Milhã
9. Miraíma
10. Quixeramobim
11. São Gonçalo do Amarante
12. Varjota
13. Viçosa do Ceará

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter