quarta-feira, 1 de junho de 2011

COPA 2014: LUIZIANNE FAZ COBRANÇA A DILMA

Prefeita de Fortaleza participou de reunião com a presidente que pediu explicações sobre os atrasos nas obras

A prefeita Luizianne Lins afirmou que é preciso mais investimento em saúde e segurança pública



A prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), acompanhada de prefeitos e governadores das cidades que sediarão a Copa do Mundo de 2014, reuniu-se, ontem, em Brasília, com a presidente Dilma Roussef, que marcou o encontro para cobrar dos prefeitos explicações sobre as obras, que encontram-se atrasadas em praticamente todas as cidades. Entretanto, Dilma também recebeu cobranças. Os prefeitos pediram menos burocracia e que as câmaras temáticas que analisam as questões referentes às cidades-sedes agissem com mais presteza.
"Não defendo que não haja as iniciativas de controle, mas, por incrível que pareça, com a quantidade de burocracia e de órgãos fiscalizando, o processo fica mais demorado, chega até lá parar, e, lá na frente, é preciso acelerar e atropelar algumas etapas. O que era para ser correto acaba ficando ruim", declarou Luizianne Lins.
Ainda segundo Luizianne, Fortaleza está com suas obras adiantadas, o "estádio Presidente Vargas está em pleno funcionamento e totalmente modernizado" e que todos os projetos das obras do PAC da mobilidade, que no caso da cidade serão de alargamentos de vias de ônibus e algumas avenidas, estarão entregues até julho. Entretanto a prefeita ressaltou que são necessários mais investimentos em saúde e segurança pública.
A prefeita acrescentou que somente cinco das nove câmaras temáticas da Copa do Mundo estão em pleno funcionamento e que os prefeitos das cidades sedes querem explicações do governo federal sobre como estão os encaminhamentos das outras câmaras. "O governo já deu resposta sobre a questão da mobilidade urbana. Precisamos saber como ficam questões como segurança pública, saúde e meio ambiente e sustentabilidade", informou a prefeita.
O governo também informou aos governadores e prefeitos a decisão de conceder à iniciativa privada os aeroportos de Guarulhos (SP), Viracopos (SP) e Brasília (DF). As concessões serão feitas por meio de sociedades de propósito específico, constituídas por empresas privadas que se encarregarão da gestão desses aeroportos e pela Infraero, que terá participação até 49% em cada aeroporto.
Dilma decidiu que as obras de mobilidade urbana da Copa-2014 devem sair do papel até o fim do ano. As obras que não respeitarem esse prazo serão retiradas do planejamento do Mundial.
O governador em exercício, Domingos Filho (PMDB), representou Cid Gomes (PSB) na reunião, que, para ele, foi positiva.
Regime diferenciado
Um dos temas debatidos no encontro foi o Regime Diferenciado para Contratações para a Copa do Mundo e Olimpíadas, que agiliza as licitações e o governo federal tenta incluir em uma medida provisória que tramita no Congresso. O governo está com grande dificuldade de aprovar a proposta.
Um exemplo da dificuldade ocorreu ontem, quando a oposição conseguiu adiar a votação, na Comissão de Justiça da Câmara, do projeto de lei complementar do Executivo, autorizando a isenção do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza - ISSQN. O relatório, a favor da aprovação do projeto, é de autoria do deputado Danilo Forte (PMDB-CE).

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter