quinta-feira, 19 de maio de 2011

CRIME HEDIONDO: OPERAÇÃO POLICIAL PRENDE PEDÓFILOS

No começo da manhã, os acusados chegaram presos na sede da Dececa. Uma fila foi formada e eles foram cadastrados. Em seguida, transferidos para os xadrezes da Delegacia de Capturas
Dez homens, acusados de abuso sexual contra crianças e adolescentes, tiveram a preventiva decretada pela Justiça


No Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, a Polícia do Ceará prendeu 10 homens, com idades entre 30 e 50 anos, de diferentes bairros de Fortaleza, condenados pela prática de crimes desta natureza.
Dentre os presos, estavam pais, tios, vizinhos, professores. Pessoas de confiança das crianças e de suas famílias, que geralmente estão ´acima de qualquer suspeita´.
A operação que resultou no cumprimento dos 10 mandados de prisão começou ainda na madrugada de ontem, por volta de 3 horas. "Nessa hora eu já estava acordada, me preparando para uma rápida reunião com os policiais que participariam da operação", contou a delegada Ivana Timbó, titular da Delegacia de Combate a Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), em Fortaleza. Tendo a frente os delegados Andrade Júnior e Jairo Pequeno, o trabalho envolveu mais de 30 policiais civis e militares.
Em pouco tempo foram cumpridos todos os mandados de prisão expedidos pela Justiça Estadual contra Márcio de Oliveira Martins (por atentado violento ao pudor, em 2006); Francisco Solano Botelho da Paz (por atentado violento ao pudor, em 2004); Vicente de Paulo Paulino Flor (por atentado violento ao pudor, em 2007); Raimundo Nonato do Nascimento (também por atentado violento ao pudor, em 2004); Francisco Helder Cordeiro de Sousa (por estupro de vulnerável, no ano passado); Antônio Damião Gomes dos Santos (por atentado violento ao pudor, em 2005); Marcos Aurélio Gomes Prado (por atentado violento ao pudor, em 2003); Luiz Ricarte da Costa Júnior (atentado violento ao pudor, em 2003); Sidney Rodrigues Barbosa e José Maurílio de Barros, cujos processos datam de 2009 e 2000, respectivamente.
Vítimas
Um dos presos é acusado de ter violentado as filhas de um e quatro anos de idade. Outro, abusou s da sobrinha de sete anos, a exemplo de um dos acusados, que abusou da sobrinha de 10. Alguns casos chamaram a atenção. Um deles, de um professor da sua vítima, uma garotinha de nove anos. Trata-se de Luiz Ricarte da Costa Júnior.

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter