domingo, 22 de maio de 2011

PSD E PSB UNIDOS NO CEARÁ: CID GOMES ACOMPANHA ESTRUTURAÇÃO DO PARTIDO

As divergências entre o PSB de Fortaleza com a direção estadual ficaram maiores após a ideia de um candidato próprio.
Chiquinho Feitosa foi convidado por Kassab para um jantar que aconteceu, no último dia 15, em São Paulo
As divergências entre o PSB de Fortaleza com a direção estadual ficaram maiores após a ideia de um candidato próprio
O PSD, no Ceará, vai estar sob a órbita do Governo do Estado. Há interesse do núcleo político central do grupo dos irmãos Cid, Ciro e Ivo Gomes, de tê-lo por perto, não apenas para acomodar situações de alguns apoiadores do Governo, incomodados hoje em razão da posição de suas agremiações, adversárias da administração estadual, bem como pelo fato de, senão em 2012, mas já em 2014, o PSD despontar como um dos grandes partidos brasileiros e poder satisfazer a interesses do grupo cearense, em eleições seguintes, tanto no campo estadual como no nacional.
O vice-governador Domingos Filho (PMDB), desaconselhado a assumir o PSD, no Ceará, pelo próprio governador, deu ciência de sua decisão de continuar onde está, no PMDB, ao próprio prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o articulador da recriação do partido. Como havíamos relatado neste espaço, Kassab queria Domingos comandando o PSD no Ceará, a exemplo de outros estados onde os vice-governadores são os responsáveis pela estruturação do grêmio.
No último domingo, dia 15, em São Paulo, o empresário Chiquinho Feitosa, presidente do DEM, no Ceará, atendeu a um convite de Kassab e participou de um jantar, onde estavam políticos ligados a este partido e a conversa toda girou em torno do PSD no Ceará. O governador Cid Gomes tomou conhecimento, antecipadamente desse encontro e na última semana foi inteirado dos detalhes da conversa. Cid e Kassab teriam conversado ao telefone, quando de sua última viagem a Brasília, por uma intermediação feita pelo ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra (PSB).
Fusão
Kassab transita bem tanto no DEM, embora de lá tenha saído e levado muitos companheiros, quanto no PSB, daí os comentários, já não mais existentes, de estar recriando o PSD para logo adiante fundi-lo ao PSB e por essa via acostar-se ao Governo da presidente Dilma (PT). Hoje a hipótese de fusão já não é difundida em razão da grande quantidade de adesão, sobretudo de deputados federais, tornando-o um dos partidos com expressiva representação na Câmara Federal.
Quem vai presidir o PSD no Ceará é que ainda não está definido. A ideia inicial é a da não indicação, para o comando, de um político sem mandato, embora já esteja sendo articulada a filiação de deputados estaduais e, pelo menos, um federal. O escolhido, porém, terá boas relações com Cid, Domingos Filho e Chiquinho Feitosa, autorizado por Kassab. A propósito, ontem, o governador deu carona para o empresário Chiquinho Feitosa até São Paulo, onde os dois iam participar de um evento social, sem compromissos políticos.
O distanciamento do PSB de Fortaleza da executiva estadual do partido, comandada pelo governador Cid Gomes, ficou mais alargado, nos últimos dias. A comunicação feita pela deputada Eliane Novais da decisão da direção municipal de indicar o seu nome para ser candidata à Prefeitura de Fortaleza, desagradou ao governador, não apenas quanto ao fato em si, como por se mostrar como um balão de ensaio para fortalecer a prefeita Luizianne Lins (PT), na condução da escolha do candidato à sua sucessão.
Nome
Cid tem afirmado, com insistência, ter interesse em apoiar um candidato do PT à Prefeitura da Capital. O seu próprio partido, à revelia desse objetivo, encetar movimento em favor de candidato próprio, se não é uma desautorização ao trabalho por ele desenvolvido em favor da manutenção da aliança que o elegeu e reelegeu Luizianne e a ele também, sem dúvida é artimanha para conquista de objetivos pessoais dos interessados na pretensa candidatura.
A rispidez com que Cid retrucou a ideia de candidato do PSB à Prefeitura de Fortaleza e as insinuações de gastos para promoções como eram feitas pelo partido, com a direção anterior, gerou expectativa para o encontro seguinte da executiva estadual, acontecida na última terça-feira. Mas os temas não voltaram à baila e a reunião, assim, transcorreu sem incidentes .

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter