terça-feira, 30 de junho de 2009

ROBERTO GURGEL É NOMEADO PROCURADOR GERAL DA REPUBLICA

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva escolheu, ontem, o cearense Roberto Monteiro Gurgel Santos, 54, para o cargo de procurador-geral da República. A decisão foi tomada em reunião com o advogado-geral da União, José Antonio Dias Toffoli. Atual vice-procurador-geral da República, Gurgel, que ainda precisa ser sabatinado no Senado e receber o apoio da maioria absoluta dos parlamentares daquela Casa, sucederá Antonio Fernando Souza, cujo mandato se encerrou no último domingo. A data da sabatina não está marcada e dependerá de acerto entre os partidos para evitar demora na sucessão do procurador-geral.

Candidato preferido por Antonio Fernando, Gurgel era o primeiro da lista tríplice encaminhada pela ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República). Segundo Toffoli, o governo optou pelo critério de escolher o mais votado. O mandato é de dois anos.Em votação da associação, Gurgel apareceu como favorito com 482 votos, seguido de Wagner Gonçalves (429 votos) e Ela Wiecko (314 votos). O voto não era obrigatório. Nas últimas três edições (2003, 2005 e 2007), Lula escolheu o primeiro da lista, respectivamente Cláudio Fontelles e Antonio Fernando (duas vezes), prestigiando a associação.Gurgel tinha o apoio do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Gilmar Mendes, e do ministro Nelson Jobim (Defesa). Wagner Gonçalves, no entanto, ganhou forças nos últimos dias, devido a um lobby liderado pela ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) e o chefe de gabinete da Presidência, Gilberto Carvalho. Ele também tinha o apoio de nomes como o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos.Lula escolhe Gurgel com a intenção de evitar futuras críticas de que mudou a posição por estar insatisfeito com a atuação da instituição. Seu antecessor, Fernando Henrique Cardoso, desconsiderou a lista ao nomear Geraldo Brindeiro. Perfil Nascido no Ceará e graduado em Direito na Universidade Federal do Rio de Janeiro, Roberto Gurgel é casado com a subprocuradora-geral Cláudia Sampaio Marques e tem dois filhos. Ele atuou como advogado no Rio e em Brasília, antes de ingressar no Ministério Público em 1982, por meio de concurso público. Gurgel presidiu a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) entre 1987 a 1987.

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter