sexta-feira, 2 de setembro de 2011

DESVIO DE VERBAS: Acusados começam a ser interrogados

Promotores de Justiça iniciaram, ontem, a fase de interrogatório das 12 pessoas presas por ordem da Justiça

Os 12 presos na ´Operação Província II´, desencadeada anteontem pelas Polícias Civil e Federal e Ministério Público Estadual, começaram a ser ouvidos, ontem, na sede da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ).
Gestores públicos, ex-gestores e seus familiares, além de empresários, tiveram prisão temporária decretada pela Justiça e são acusados de participação num esquema de fraudes em licitações e desvio de verbas públicas envolvendo prefeituras do Interior.
Ontem, foram interrogados pelos promotores Ricardo Rocha, Luiz Alcântara e Eloílson Landim, da Procuradoria de Combate aos Crimes Contra a Administração Pública (Procap), os acusados Antônia Daniele Gomes Nunes, Francisco Ferreira Pinto, Francisco Reginaldo Rodrigues Nunes, Maria Aparecida Ferreira Pinto, Raimundo de Aguiar Gomes e Sidney Rodrigo Fortuna.
"Trata-se de um emaranhado de empresas que foram criadas para fraudar licitações em prefeituras municipais. Empresas familiares, uma em nome de um irmão, outra em nome de outro, de forma que a gente constata que é um grupo só destinado a desviar dinheiro público, sempre contando com o conluio dos servidores municipais", explicou o promotor Ricardo Rocha.
Segundo ele, em todas as cidades que foram alvos da investigação ficou constatado o envolvimento de secretários municipais e componentes de comissões de licitação. "Somente em São Benedito, Ibiapina e Tianguá, o ´rombo´ passa de R$ 30 milhões. Em Senador Pompeu, de R$17 milhões", ressaltou.
Os advogados dos acusados preferiram não dar declarações à Imprensa. "Vamos aguardar a conclusão dos depoimentos", disse o criminalista Leandro Vasques, que faz a defesa de alguns dos suspeitos detidos.
Esclarecimento
Já a defesa do empresário Raimundo Morais Filho, o ´Moraisinho´, um dos principais acusados das fraudes, esclareceu, ontem, que ele não aderiu à ´delação premiada´, conforme foi publicado ontem.

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter