quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Professores e Batalhão de Choque entram em confronto na Assembleia Legislativa

Clima ficou tenso na Assembleia Legislativa
Professores da rede estadual de ensino e policiais do Batalhão de Choque entraram em confronto na manhã desta quinta-feira, 29, na Assembleia Legislativa do Ceará, em Fortaleza. Os professores estariam tentado entrar na Casa quando foram impedidos pelos policiais.
O vereador João Alfredo (PSOL) informou, por meio de seu perfil no twitter, que soube pela sua assessoria que há policiais por todos os cantos, proibindo acesso às galerias. "Acabamos de saber que batalhão de choque está na assembleia legislativa.Houve quebra-quebra e alguns professores estão feridos", disse.
Segundo o presidente do sindicato Apeoc, Anízio Melo, a "orientação do sindicato é resistir". "Estamos dentro da FM da Assembleia esperando uma posição do parlamento ou do governo". Segundo Anízio, muitos professores foram feridos durante o confronto. "Estamos recebendo a OAB e dois comapnheiros que estavam detidos já foram liberados", disse.
Na noite desta quarta-feira (28), cerca de 300 professores estavam acampados na Assembleia Legistativa. A categoria está em greve desde o último 5 de agosto.

Nenhum comentário:

QUER NOS MANDAR UM E-MAIL?


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


TRASLATE

Flag Counter...

free counters

TWITTER

Sigua nós no Twitter